Menina Romance

Ela está acostumada a ser a menina dos olhos de seu pai e o interesse mais profundo de sua mãe, mas seus pais também são casados e felizes e sempre interpretam para ela a história do seu romance. 3/mai/2020 - Explore a pasta 'Menina ecchi' de Ivan Perez no Pinterest. Veja mais ideias sobre Menina ecchi, Ecchi, Personagens de anime. Posts sobre Romance escritos por Thamires Maria. Oiii gentee! Hoje eu vim com mais um resenha que faz parte do Desafio Literário para vocês(não, não é o livro que eu coloquei na parte de “eu estou lendo”, porque eu tô meio parada nele, mas vai dar certo! kkk), eu sei que estou postando pouco(eu acho) mas é que volta às aulas é difícil, né? Aqui com certeza você irá se apaixonar pelos jogos mais românticos da internet. Venha se contagiar com o amor e viver diversas aventuras! Romantic definition is - consisting of or resembling a romance. How to use romantic in a sentence. A menina mimada Moderno. Capítulo 536 Eu não vou deixar que ela esqueça você Lan Ke Ke. Afeto Irresistível Da Esposa do CEO Romance. Capítulo 72 Diretor de ... Romance. Capítulo 553 Bi Anhua. Maior amor de todos Romance. Capítulo 673 Uma ... De um agridoce romance na Londres do tempo da grande guerra a uma relação tempestuosa na Nova Iorque contemporânea; da devoção a uma criança terna e carente a memórias esquecidas de um irmão perdido, o passado e o presente das famílias Ryan e Lisle estão unidos há um século. Cem longos anos de equívocos e segredos, paixões e ódios... Menina Creeper: Olá (Sou nova aqui, esse chat é de romance) Create Chatbot 🤖 Rebot.me is a service which basically allows you to create your own chatbot for free. Passarinha: romance inesquecível sobre menina com Autismo e Asperger. Por. Ana Leite - 14 de novembro de 2013. 1. 4092 “No mundo de Caitlin tudo é preto ou branco. As coisas são boas ou más. Qualquer coisa no meio do caminho é confusa. Essa é a máxima que o irmão mais velho de Caitlin sempre repetiu. Mas agora seu irmão Devon está ...

Não sei se sou gay

2020.09.30 09:03 bielfp Não sei se sou gay

Oi, tenho 17 desde de novo todos falavam que eu iria ser gay por ser meio afeminado, talvez seja pq eu nunca tive meu paí presente nem meus irmão só minha mãe e irmãs isso me fez não ser um hetero machista (amén) Quase todas as minhas amizades sempre foram meninas por elas serem mais sensíveis etc.... Nunca liguei pra isso de sexualidade até porque nunca me apaixonei de vdd. Hoje tenho 17 anos já tive muitas oportunidades de ficar com garotas mais sempre fui um pouco tímido e ficava nervoso, então eu coloquei na minha cabeça quê eu poderia ser gay por eu achar que as pessoas me olhassem assim e por eu me sentia diferente dos outros garotos mais pelos hábitos mesmo, tipo jogar futebol falavar sobre garotas etc....... O negócio é eu crio romance entre min e garotas mais eu não sinto atração que nem os outros garotas tipo tocando a mão olhando a bunda etc...
Me entendem?
Eu sou gay por não sentir tanta atração por garotas sem ter mesmo transado?
submitted by bielfp to u/bielfp [link] [comments]


2020.09.30 03:45 spiritofmnemoth É um ABSURDO bloquearem os posts com temática de bissexualidade ou LGBT no geral.

Eu já perdi a conta de quantos posts sinceros de meninos e meninas falando sobre a descoberta da própria sexualidade foram bloqueados nos últimos dias. Seria ridículo isso acontecer num subreddit chamado literalmente sexualidade, não é mesmo? Em teoria, sim. Só que acontece que os autores dos posts em questão são (em maioria) bissexuais, então pros moderadores tá tudo bem bloquear os comentários dos posts. NÃO ESTÁ TUDO BEM. Uma conversa sobre bissexualidade é simplesmente uma conversa sobre sexo e romance, assim como uma conversa entre héteros, não existe motivo (razoável) pra não quererem que estes posts sejam comentados e ganhem relevância no feed do sub. E o adm, no ato da censura, ainda diz cinicamente que "acho que vão te ajudar mais no arco_iris". Querido, arco_iris não é um sub de sexualidade, é simplesmente um sub LGBT, com os temas mais variados possíveis, geralmente notícias ou discussões sobre a sociedade, é tão apropriado postar algo sobre bissexualidade aqui quanto lá. Eu tenho certeza que os moderadores desse sub são um bando de cirandeiros que acham que estão sendo super inclusivos e legalzões ao fazerem isso, mas na verdade, vocês estam só desviando, escanteando as conversas LGBT pra um gueto virtual onde só nós mesmos habitam. E pra quê? Pra poupar os héteros de serem incomodados com a nossa existência? Pra não incomodar o joãozinho que só faz posts de niceguy e posts de "a minha pica de 37cm é pequena ou não"?
e só pra esclarecer, eu não tenho absolutamente nada contra o arco_iris
submitted by spiritofmnemoth to sexualidade [link] [comments]


2020.09.26 07:58 SpaceshipFive Mds ser bissexual é mto confuso aaaaaaaa

Eu finalmente entendi que sinto atração por ambos os sexos. Compreendi certos comportamentos que tinha durante a adolescência e infância quando me deparava com nudez feminina, demonstração de afeto entre garotas, etc. Claro que devido à forte repressão, nunca cheguei a desenvolver sentimentos ou romance com alguém do mesmo sexo. A paquera era limitada aos meninos e consequentemente os relacionamentos.
Atualmente estou num namoro de dois anos com um rapaz que amo muito, ele me aceitou e me acolheu quando comentei sobre a minha atração por mulheres e tem me apoiado muito. Mas ainda é péssima a sensação de saber que você limitou tanto suas vontades a ponto de não ter tido nenhuma experiência "profunda". Beijei uma menina uma vez, sem compromisso, só vontade.
Muita pouca gente sabe disso. Por enquanto, só falei pro meu namorado, uma amiga (que é bissexual e entende muito de todo o conflito interno que sinto) e minha psicóloga. Mas gostaria de um dia poder me manifestar, sabe? Dias atrás foi dia do orgulho bi e eu não pude fazer nada. Eu sinto que nunca vou conseguir dizer "sou bissexual" e se um dia isso acontecer, ninguém vai acreditar em mim e não vou ser levada à sério.
Eu não vou terminar meu relacionamento saudável só pra me envolver com garotas e provar minha bissexualidade. Não quero de jeito nenhum isso. Mas é tão estranho saber que eu sinto tesão e por alguém do mesmo sexo sem nunca ter tido nada muito profundo.
Mais estranha ainda é essa sensação de que provavelmente nunca vou ter essa experiência de me envolver com uma garota e finalmente dar vazão a essa vontade.
Faz sentido?
submitted by SpaceshipFive to arco_iris [link] [comments]


2020.09.13 00:43 maquinary Pergunta de um arromântico: pessoas apaixonadas ficam tão “atadas” assim a outra pessoa? Me veio esse questionamento enquanto eu assistia a um anime

Um anime me motivou a criar este tópico, mas você não precisa tê-lo visto para responder, basta entender o contexto porque esse é um questionamento universal.
Estou assistindo a esse anime chamado Kanojo, Okarishimasu (Rent-A-Girlfriend) que basicamente conta a história de um cara que contrata os serviços de uma namorada de aluguel. O protagonista, chamado Kazuya, se apaixona pela namorada de aluguel, cujo nome é Chizuru, mas no decorrer da história aparece outra menina chamada Ruka que se apaixona pelo protagonista. Ainda estou no nono episódio do anime, portanto não me importa o que venha a ser revelado mais a frente.
Apesar de ser arromântico, curto ver romances. O que me causou desconforto nesse anime foi (alerta de spoiler?) a forte rejeição do protagonista Kazuya em relação a Ruka em favor da Chizuru, que diz não amar o rapaz. Ela é muito atraente – não no nível da namorada de aluguel, mas não fica muito atrás – e verdadeiramente ama o rapaz enquanto o relacionamento com a Chizuru é muito incerto. Como expectadores, sabemos que a namorada de aluguel Chizuru tem sentimentos pelo Kazuya, mas o protagonista não tem esse conhecimento.
Sei lá, não consigo compreender o Kazuya. No lugar dele, eu firmaria um relacionamento com Ruka, ela é linda, está interessada em mim e aparentemente não possui nenhuns valores que sejam incompatíveis com os meus. Ruka é a escolha mais lógica.
.
Então é isso: pra você que é romântico (“romântico” no sentido de que não é arromântico) a insistência do protagonista dessa história na namorada de aluguel lhe parece natural?
submitted by maquinary to relacionamentos [link] [comments]


2020.09.12 05:41 maquinary Pergunta de um arromântico: pessoas apaixonadas ficam tão “atadas” assim a outra pessoa? Me veio esse questionamento enquanto eu assistia a um anime

Um anime me motivou a criar este tópico, mas você não precisa tê-lo visto para responder, basta entender o contexto porque esse é um questionamento universal.
Estou assistindo a esse anime chamado Kanojo, Okarishimasu (Rent-A-Girlfriend) que basicamente conta a história de um cara que contrata os serviços de uma namorada de aluguel. O protagonista Kazuya se apaixona pela namorada de aluguel Chizuru, mas no decorrer da história aparece outra menina chamada Ruka que se apaixona pelo protagonista. Ainda estou no nono episódio do anime, portanto não me importa o que venha a ser revelado mais a frente.
Apesar de ser arromântico, curto ver romances (embora eu me irrite bastante com a timidez excessiva dos personagens de anime, mas OK, é uma diferença cultural...). O que me causou desconforto nesse anime foi (alerta de spoiler?) a forte rejeição do protagonista Kazuya em relação a Ruka. Pô, ela é muito atraente – não no nível da namorada de aluguel, mas não fica muito atrás – e verdadeiramente ama o rapaz enquanto o relacionamento com a Chizuru é muito incerto. Sim, como expectadores nós sabemos que a namorada de aluguel Chizuru tem sentimentos pelo Kazuya, mas o protagonista não tem esse conhecimento.
Sei lá, não consigo compreender o Kazuya. No lugar dele, eu firmaria um relacionamento com Ruka, ela é linda, está interessada em mim e aparentemente não possui nenhuns valores que sejam incompatíveis com os meus. Ruka é a escolha mais lógica.
.
Então é isso: pra você que é romântico (“romântico” no sentido de que não é arromântico) a insistência do Kazuya na namorada de aluguel Chizuru lhe parece natural?
submitted by maquinary to sexualidade [link] [comments]


2020.09.11 16:54 SucoTostado Trauma de relacionamentos com pessoas de mente aberta

Seguinte,eu me considero uma pessoa muito mente aberta e livre de preconceitos,consequentemente eu tbm me relaciono amorosamente com meninas assim(sou homem)...nos meus 2 únicos namoro aconteceu o seguinte,ambas as namoradas queriam fazer "suruba",e eu não aceitei pq eu me sentiria traido,e elas questionavam pq eu sou assim "aí 2 mulheres é melhor pra vc" "mas como vc não gosta",mas no fim isso nunca aconteceu,tem também a questão de que elas queriam postar fotos sensuais e semi nuas na internet,que msm não tendo lógica eu ficaria triste se elas fizessem isso pois eu me sentiria insuficiente e traido...eu me sinto um merda pq cara...eu respeito isso,tô nem aí se a pessoa é poligamia ou gosta da liberdade sexual,só que pra um relacionemto eu não procuro isso,porém todas as mulheres com quem eu me atraio são assim,isso me impede de chegar nelas,pois sempre tenho gatilhos e eu acabo me isolando no final e me perguntando "quem sou eu" "será que eu sou o errado" "será que eu sou o escroto". Término isso dizendo o seguinte "É uma tragédia um romântico viver sem um verdadeiro romance,atualmente só estou vivendo de prazeres carnais e sensoriais que me distanciam mais ainda das pessoas"
submitted by SucoTostado to desabafos [link] [comments]


2020.09.10 00:07 cutiemango_lover Tenho 20 anos, ainda sou virgem, tenho medo de "perder", sou muito tímida e levei um fora que acabou comigo

Ta, n sei por onde começar, então só vou contar a história que fez minha confiança ir de 0 pra - 1.
Eu sempre tive a convicção que iria perder a virgindade com alguém q significasse algo pra mim, porque eu n quero que seja uma péssima experiência e pq acredito que, pra que seja boa, a pessoa tem q pelo menos se importar comigo. Sempre fui muito tímida, totalmente travada e, mesmo tendo plena convicção q sou hétero, só consigo me relacionar "bem" com homens se estiver bêbada. Com "bem" quero dizer simplesmente ter uma conversa normal, flertar normalmente, entende? Olhando nos olhos, conversando, trocando ideia naturalmente, essas coisas...Geralmente, fico muito insegura e receosa quando estou conhecendo alguém. Teve um dia, na faculdade, que um cara aleatório ficou me encarando. O campus é enorme e n conhecia essa pessoa, mas o achei bonito. Tentei segurar a vontade de rir, mas n deu, aí óbvio que ele entendeu isso como correspondência (e era mesmo). Dps de um tempo, coincidentemente nos encontramos de novo e começamos a ficar.
Ele era muito sem filtro (o total oposto de mim) e, por algum motivo, pouquíssimo tempo depois de nos conhecermos eu me sentia bem confortável com ele. Acho q era porque ela falava muita besteira. Eu só ria e ignorava, mas foi isso q fez com que eu 'destravasse' um pouco. O problema é que n parecia q ele me via com nenhum romance. Como posso explicar? Pra ele, eu era só uma gostosa, entendeu? Inclusive, sempre que ele ia me elogiar eram coisas do tipo "Nossa, fulana, você é muito gostosa" "Nossa, seu corpo é maravilhoso", etc. Teve um dia que eu me irritei e falei "Pq vc é assim? Eu n sou só gostosa! Tbm sou inteligente, engraçada e várias outras coisas. Vc toda vez só fala isso. " Isso me magoava pq eu queria q ele me visse da mesma forma q eu estava começando a ve-lo e não ficar falando daquele jeito idiota.
Quando ficávamos, ele sempre queria ir além e além e além. Muitas vezes eu deixava pq n queria q ele me achasse uma chata e tbm n sou nenhuma santa, mas geralmente era meio demais. A primeira vez q saímos fora da faculdade era pra ser pelo menos um pouco romântica, imagino; mas só q no meio da rua ele ficou querendo botar a mão por baixo da minha roupa. Tava de noite e o lugar era deserto, mas mesmo assim! Eu fiquei falando que não, que não queria e ele usava tudo q pudesse pra me convencer. Ficou lá falando maior tempão, me manipulando, fazendo mil promessas...Ele sempre fazia isso.
Teve um dia que estávamos juntos e realmente quase chegamos lá, até hj, foi o contato mais íntimo que já tive com alguém. O clima esquentou e de repente, já estávamos um em cima do outro, mas na hora, me deu medo dele me largar assim que eu fizesse o que ele queria e eu já gostava dele. Eu nunca me senti bem com nenhum outro cara, como me senti com ele. Sempre que algum garoto me tocava, a tendência era eu me esquivar, mas com ele tudo parecia muito certo. Só q nesse dia, por causa desse meu medo, mesmo estando lá, eu desisti bem na hora e disse q não queria passar do que já tínhamos feito até o momento (eu entendo que isso pode ser muito frustrante, até um vacilo da minha parte e me senti muito mal dps por ter negado tão em cima da hora assim, mas pelo desfecho da história, atualmente n me arrependo) Óbvio que ele tentou de tudo pra me convencer, até pq, já estávamos la ne. Mas eu disse q n queria, que n estava me sentindo confiante e que não adiantava insistir, eu n ia deixar. Depois de muita conversa, ele aceitou e, pelo menos pra mim, foi bom esse dia. Eu tentei viver o momento, pq de certa forma, lá no fundo eu já percebi q dps dessa ele n ia mais querer saber de mim. E foi isso mesmo. Ele n me procurou mais, começou a me evitar e ser um grosso, então, mesmo triste, parei de procurar tbm.
Aí do nada, ele me chamou pra sair de novo. Eu, q sou uma burra, aceitei (até pq, a essa altura já gostava dele) Saímos e, enquanto estávamos comendo e conversando, ele simplesmente começou a falar de outra menina!!! Eu fiquei perplexa enquanto ele falava que n estava mais falando com um amigo dele pq ele tentou ficar com a menina q ele ficava. Quando penso sobre esse dia, n consigo entender pq n levantei e fui embora ali mesmo, mas, por algum motivo, eu fiquei lá. Depois disso uma menina postou fotos marcando ele. Eu perguntei se ele estava namorando pq no dia anterior me implorou por nudes, fez tudo que era promessa, disse q gostava de mim e etc.. Ele disse q não e eu n acreditei e parei de falar com ele.
Vários meses depois, ele me mandou mensagem de novo. Fiquei toda animada, mas estava no estágio, então esperei até o final do expediente pra olhar. Sabe quando vc quer guardar algo bom pra depois, pra poder saborear melhor? Foi tipo isso. Fiz tudo q tinha que fazer e deixei pra olhar só na hora de sair. Pensei q ele iria me chamar pra nos vermos ou simplesmente querer saber de mim, já que há um bom tempo n nos víamos. Quando fui ver a mensagem, estava na rua e ele escreveu, assim, diretamente: "Ainda não comecei a namorar (com a outra garota*). Quer fazer uma loucura comigo antes?".
Eu vi aquilo e nem acreditei, comecei a chorar no meio da rua mesmo. Me senti um lixo, uma coisa. Um objeto completamente inútil. Eu nem sei descrever o sentimento, foi horrível. Tbm me senti muito tonta e humilhada por ter ficado feliz antes. Nem ia responder, mas respondi e disse pra ele nunca mais me procurar. Dps bloqueei. Só q no Facebook, vi q ele faz com a menina tudo q nunca fez comigo.
Tudo que eu praticamente implorava pra ele fazer (e ele nunca fez), com ela, ele faz de forma aparentemente espontânea. Fala coisas bonitas e é super carinhoso. Como eu, ela tbm é artista. Na conta de artes dela, ele elogia todos os trabalhos, cita mil qualidades e é um fofo. Eu sei que parece uma coisa super boba pra me desestabilizar tanto assim, mas a verdade é q isso acabou comigo. Me destruiu. Minha inseguranças aumentou e me senti incapaz de ser vista de maneira romântica. Agora, meu medo de me relacionar aumentou ainda mais, pq as chances de acontecer a mesma coisa são grandes. Eu me sinto indigna de um relacionamento e de alguém que goste de mim e acho q nunca mais vou encontrar alguém q me deixe confortável como essa pessoa me deixava e que nunca vou experimentar um sentimentos plenamente correspondido. Foi isso, desculpa o textão e desabafo, mas tava meio engasgado. Às vezes eu esqueço, mas quando me sinto mal comigo mesma, essa é uma das primeiras coisas q lembro e fico gastando minhas noites chorando por algo q n vai mudar... Parece q é só comigo, tipo um castigo, mas sei q n. Só q às vezes é difícil de enxergar...
submitted by cutiemango_lover to desabafos [link] [comments]


2020.09.04 21:06 Level-Account-7474 vivendo um paraíso e ao mesmo tempo um inferno

Antes de falar toda o meu "romance", eu deixo claro que dependo dos meus pais, não tenho dinheiro para nada, e também a história provavelmente vai ser clichê para vocês e longa, "sad but true".
Por volta de maio, eu começei a conversar com uma menina que é da umbanda, o terreiro dela é aqui perto da minha casa e sempre observava ela passar na frente da minha casa e achava/acho ela bonita, e pela primeira vez na vida tomei coragem e inicie uma conversar com uma menina(claro, no começo era online kkk pelo ins, mais ainda vale, pq não tinha coragem para nada), passando um tempo a gente decidiu se encontrar pessoalmente( nesta hora já tinha percebido que ela estava interessada em mim) então convidei ela para vim aqui na minha casa, a gente sentou na porta da rua e conversamos por horas( cerca de duas horas e meia).
Mais foi no dia do nosso primeiro encontro( como amigos ainda) que a minha família começou a infernizar minha vida, eles sabiam quem era é da onde era a menina( pq eles sabem todos os membros do terreiros aqui perto de casa, só para ficar falando mal, odioooooo), quando ela foi embora e eu entrei para dentro de casa e ocorreu uma confucao enorme, eles dizendo que eu estava indo para o caminho de satanás( não posso ir para o caminho de um ser que não existe, sim eu sou ateu, mais ainda não falei sobre meu ateísmo e minha família"cristão"), depôs disso ocorreu mais confucao, afinal, agora estou namorado essa menina, gosto muito dela.
OBS: meus pais só fazem discursos de ódio contra outras práticas espirituais dentro de casa, fora eles são as pessoas mais falsas possíveis.
mais o que mais me deixou triste foi anteontem que a minha namorada disse que estava no hora das nossas famílias se conhecerem, mais o que me deixa triste é saber que eles podem vim aqui( minha casa) e conhecer minha família, mais depôs meus pais vão cair encima eles falando várias barbaridades.
o que eu devo fazer? enrolo minha namorada ou conto toda a verdade?
submitted by Level-Account-7474 to desabafos [link] [comments]


2020.09.03 20:16 OrbitingMoon Minha visão de mundo sempre foi meio distorcida

Quando moleque eu era meio bagunceiro, fazia muita merda, às vezes puxava briga, mas não sabia me defender depois, mas mesmo assim eu tinha alguns amigos. Quando eu entrei na quarta série eu tinha engordado um pouco, e na minha sala tinha um repetente. Nossa relação inicialmente foi bem normal, mas eventualmente começamos a nos dar mal e ele começou a me bullynar. Da quarta até a oitava série, quase que todo dia, eu tinha que lidar com isso (escola pequena, só tinha uma turma por série), eu era muito triste na época; matava aula sempre que podia, porque lá tudo que me esperava era zoação e eventuais brigas (que eu sempre perdia). Eventualmente todo mundo cresceu e parou de fazer isso, e o bullying acabou.
Mas não foram só flores depois daquilo, é óbvio que aquilo fudeu comigo, durante aqueles anos eu tentei suicídio no mínimo umas duas vezes, e toda noite antes de dormir eu desejava que ou eu ou ele morressemos, porque eu não aguentava mais. Quando acabou, eu tinha uns 14 anos, estava no nono ano, nunca havia tido uma amiga mulher, nunca dormi na casa de um amigo, não sabia fazer amizades, não sabia sorrir, era tímido, não sabia conversar, não tinha nenhum amigo de fora da escola, e mesmo dentro dela, só tinha dois ou três amigos de infância. Eu basicamente ainda era tão socialmente desenvolvido quanto uma criança de 10 anos (talvez até menos).
Enfim, eu não ligava pra isso, eu podia fazer amizades virtuais, certo? Sim, e eu fiz alguns bons amigos, mas eventualmente eu perdia todos eles porque eu não tinha escrúpulos e falava demais, coisas pessoais, íntimas, enfim. Eu não sabia manter amizades, eu era "estranho" demais pra isso. Mas um cara, ainda assim, me suportava, ele era bastante compreensivo e me aturava, incentivava-me a estudar, conversar com meninas ou outras pessoas, mas eu não levava ele tão a sério, até que eu entrei no ensino médio. De repente eu percebi o quão inútil eu era, e como eu não sabia de nada que deveria ser senso comum (eu, com 15 anos, não sabia nem o que significava ficar com uma menina).
Eu pedi muitos e muitos conselhos para aquele meu amigo, e ele me ajudou bastante, eu fiz minha primeira amiga mulher graças a ele! Mas eu ainda era muito estranho, então com o tempo perdi tanto a amizade dele quanto a dela. Eu era bastante triste na época, tinha muitas inseguranças, mas ainda assim me esforçava o máximo que podia para fazer amigos. Foi, também, nessa época que eu fiz minha primeira melhor amiga, eu amava ela demais, uma vez brigamos e ficamos alguns meses afastados, fiquei deprimidíssimo por um tempo, considerei suicídio porque não tinha mais ninguém. Mas uma hora eu acabei melhorando e me tornei capaz de ser mais normal, conseguia conversar numa boa, já tinha alguns amigos, fazia novas amizades e tudo mais.
Ainda assim eu ainda tinha uma visão bastante distorcida do gênero feminino, ainda não tinha experiência nenhuma com nada remotamente sexual, inclusive, participava de fóruns de incels, acreditava fielmente na blackpill (tua aparência determina teu sucesso na vida), e mais um monte de besteiras que eu lia nos fóruns. Um dia, porém, uma menina chegou em mim (eu nunca havia visto ela na vida), e pediu pra ficar comigo, eu logicamente aceitei, estava desesperado por uma companheira e por ter essas experiências "normais" que todo jovem tinha. Ela me deu seu número de telefone e ficamos conversando pelas próximas semanas, e que semanas...
Aquela mulher acabou de verdade comigo, só reforçou as visões que eu tinha do gênero feminino que eu via na internet. Ela foi a pior mulher que eu poderia ter encontrado para ser com quem eu teria minhas primeiras experiências envolvendo pegação e afins. Ela era uma pessoa horrível, dizia ter nojo de velhos, falava muita merda pra mim, era burra, mas muito muito muito burra, já tinha 20 anos e não tinha nem terminado o fundamental. Ainda assim, eu não tinha mais ninguém na época, e embora eu não gostasse dela, ainda assim queria experienciar o que era a pegação, então quando começamos a trocar nudes, ignorando como ela abaixou minha autoestima na época porque eu não era superdotado como ela queria, eu sentia uma sensação de poder porque ela me mandava fotos dela sempre que eu queria, eu atribuia isso à minha aparência (sou bonitinho, e segundo os fóruns, era só disso que alguém precisa para ter sucesso na vida).
Eventualmente, meio enojado com ela, decidi que não queria mais ela na minha vida, e cortei contato, voltando a estar sozinho. O engraçado é que aquilo me "traumatizou", e eu me recusei a ficar com alguém depois daquilo, inclusive uma menina que era minha vizinha (pensando agora, se ela tivesse sido a primeira pessoa com quem eu fiquei, eu nunca teria passado por esse monte de merda). Eventualmente eu fiz alguns amigos (homens) e fui pra algumas festinhas pela primeira vez, foi bem bacana, passei mal na primeira vez bêbado), mas eu ainda não queria me envolver com mulheres por medo daquilo se repetir.
Com o tempo eu deixei a visão incel que eu tinha do mundo e da mulheres de lado, mas ainda assim eu tinha uma visão distorcida da vida real. Esse ano eu conheci uma menina pela internet, e ela vem me ajudando bastante com isso, ela é bem bacana, e vem me ajudando a superar o medo que eu tinha de tudo isso. Claro, ela, de certa forma, me decepcionou bastante, foi bem deprimente quando eu percebi que eu não vivo num filme de amor adolescente, sabe? Eu acreditava que encontraria uma menina inexperiente como eu, então namoraríamos e aprenderíamos tudo juntos, seríamos felizes para sempre! Embora ela more perto de mim, ainda é longinho então nunca nos vimos pessoalmente, então embora eu ainda seja bobão quando o assunto é pegação, pelo menos agora, graças a ela, estou disposto a mudar.
Inicialmente eu tinha um crushzinho por ela, porque ela parecia ser o modelo de menina perfeitinha que eu tanto desejava, mas ela é humana, assim como eu, tem defeitos, temos diferenças, e eu fico feliz por ter percebido isso. Eu, ainda não entendo direito como eu cheguei nessa conclusão, mas eu tinha a visão de que toda menina busca um romance enquanto todo cara só quer pegação, e foi um puta choque de realidade quando eu percebi que não era assim, até a menina que era super babaca comigo queria um namorado, ela não quer????
Finalizando, peço desculpas se a coesão do texto tenha ficado ruim (sempre foi meu ponto fraco na escrita de textos) ou se eu omiti algum detalhe importante sem querer. Foi um tempão, fiquei muito tempo vivendo de ilusão, achando que o mundo fosse como um conto de fadas, mas é bom poder saber que agora, depois de tudo isso, eu já não sou o moleque esquisito que eu era há alguns anos. Obrigado se você leu até aqui :)
submitted by OrbitingMoon to desabafos [link] [comments]


2020.08.16 07:36 AwfulSheep12 A NAMORADA DOIDA SEI LÁ ELA É DOIDA

Olá editores maravilhosos, chapas de papelão, felinos fabulosos, espectadores, plantas e aquele deus grego chamado luba
(starei usando pronomes neutros pra me referir a mim msm ok, só pra vcs n acharem q é erro de digitaçãokkkkkk)

Bom, la eu estava, começo de namoro com uma menina né. Super boiola super feliz e tal mas ela sempre foi mesmo surtada sabe... Vou chamar ela de Rainara pq sim . Bem, até ai td bem, ela só dava umas surtadas e gritava com meus amigos e eles falavam pra mim largar ela pq ela não era boa pra mim e ela me tratava mal e tals, nunca dei bola pra isso pq eu tenho um sério problema em me apegar nesse tipo de pessoa por isso sempre me f0d0 na vida :) Enfim, uma vez ela surtou, jogou livro e cadeira no professor e deu murro na parede, ficou putinha e tals nem sei pq (n somos da mesma sala então fiquei sabendo disso pelo meu primo) e ela me aparece no RECREIO com umas faixa na mão, qnd perguntei oq foi ela falou do negocio da parede, a menina arrebentou a mão na parede :) Acho que até ai ok, n foi nada sério. Uns dias dps ela começou a me tratar mal, a gnt tava desenhando e conversando na biblioteca da escola um dia e ela começou a berrar cmg falando q e sou horrível, um lixo e q n mereço ela e só faço ela se sentir mal sendo que eu nunca coloquei ela pra baixo, sempre ficava do lado dela e elogiava ela sempre q eu podia, eu era o tipo de namorade boiolinha que dava abraço e beijo sem motivo pq sou carente... Sempre dei o meu melhor pra ela ficar feliz e ela ja chegou até a me bater uma vez. Bom, terminamos dps de um tempo pq eu já tava cansade dela sendo tão abusiva cmg, não me deixava sair com meus amigos e qnd eu saia ela fala q eu n ligava pros sentimentos dela e n amava ela essas parada ai... Certo, segui os conselhos dos meus amigos e meu ultimo neuronio funcional e terminei com ela e ela deu um chilique hj ela ta com minha melhor amiga e elas tem um romance boiola que eu sempre quis (tipo trocar all star, assistir filme abraçadas e andar na chuva juntas) e to começando a achar q o problema é eu, ja contei essa história pra minha atual e ela disse que ela q tava errada mesmo e q fiz bem em cortar contato com ela...
Enfim, essa foi a história da louca que conheci na escola eu falava com ela de vez em quando antes da quarentena mas ai paramos de se falar pq eu bloqueei ela em tudo até do pensamento :)
Hoje tenho uma pessoa q gosta bastante de mim, me ama (eu acho neah) e se importa cmg.
Moral da história: Não taquem merda na parede e espera q vai dar certo, conheça a pessoa pq ela pode te machucar dependendo das tuas escolhas, não entrega o cu de graça não
é isso obg por ler vlw flw desculpa o textão 👉😎👉
submitted by AwfulSheep12 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.15 17:00 Surt3p Quanto deve ceder a um relacionamento?

Em 2016 eu conheci uma menina em um aplicativo de relacionamentos, (vamos chamar de Ruivinha) eu com 16 anos e ela me dizia que tinha 16 anos também e eu realmente gostei dela, ruiva, gente boa, dava atenção e engraçada. E depois de meses de conversas era fato que estávamos gostando um do outro, tanto pelas palavras quanto o tempo que dávamos um ao outro, e realmente gostei muito dela, e até que chegou um momento que os dois estavam meio 🔥 e a conversa foi realmente mudando de direção. Depois de muitas conversas e fotos +18 (ironia pq os dois eram menores mas ok kkk) estava um clima bom, e realmente queria a conhecer pessoalmente e tudo mais mas ela sempre dizia que a família era muito fechada e não a permitia sair, mas ela me atentava e mesmo assim tentávamos sair ou de um jeito se encontrar. E eu ocupado com curso Tecnico e colégio fui me afastando aos poucos para focar nos estudos, mas mesmo assim querendo realmente conhecer ela porque gostava. Até que um dia meio que tudo ficou confuso, quando ela mandou umas fotos repetidas +18 e com legenda diferente e tipo nem fazia sentido ela ter mandado aquilo para mim naquela hora. E então descobri que ela realmente tava meio brincando comigo e mais uns 5, e então descobri no mesmo dia que ela tinha 13 anos e iria fazer 14 e eu fiquei realmente confuso e preocupado (e não ela não tinha feição tão jovem e corpo de menina nova, e todas as redes sociais estavam mais velha e até por ligação a voz e vídeo o jeito dava a entender que era mais velha mesmo) e fiz umas das coisas que mais me arrependi na vida porque fiquei com ciúmes e com raiva, criei um Google drive do 0 upei as fotos dela e mandei com um link para a avó e a mãe dela falando o seguinte: “Eu gosto muito dela, nossas idades são diferentes e nada impede de no futuro realmente termos uma coisa séria com mais maturidade, mas eu realmente quero que vocês deem atenção porque ela está se expondo muito na internet e isso pode vazar e conhecendo bem sei que isso pode acabar mal.” A mãe dela me xingou e falou que eu era um cuzao a vó dela me pediu perdão não sei porque, e ficou preocupada e a menina me xingou muiiiito mas muito e no final tudo se acalmou. Passou se uns anos e ela me chamou de novo em meados do final de 2017 e eu tinha terminado o ensino médio e um relacionamento que tive também e eu e a Ruivinha viramos amigos realmente, ela tem muitos problemas psicológicos e eu sempre ajudei como amigo e tudo mais e realmente curtia a amizade nossa, até mesmo que nossas idades era meio diferentes mas ela me respeitava muito e o que tinha acontecido ficou para trás e virou uma amizade tranquila. Mas no final do ano de 2019 mudou muita coisa, ela tava com 16 anos e eu com 19 e ela deu muita moral, e eu me interessei por ela, tínhamos todos mudado muito e eu imaginei que estávamos mais maduros, e um belo dia ela me chamou para comprar material junto com ela, e eu fui na casa dela, conheci os avós que me amam até hoje e mandam figurinha todos os dias kkkkk, a mãe dela também que surpreendentemente gostou muito de mim, e foi um primeiro encontro totalmente diferente mas eu gostei da pessoa que eu encontrei, ela realmente tinha mudado muita coisa, e foi indo assim por vários finais de semana consecutivos, e estávamos em um relacionamento sem nada oficializado, eu conheci toda a família ajudava em o que era preciso, e gostava de estar inserido na família mas umas coisas do relacionamento me deixavam meio intrigado, tipo pela internet ela era muiito 🔥 e juntos ela era outra pessoa, ou o fato dela não gostar muito de beijos e também ter preguiça para qualquer coisa que envolva sair, não demonstrar afeto, ser meio seca as vezes e não termos muitos momentos casal, mas foi isso por 4 meses até o início da quarentena e nós brigarmos por um motivo fútil, estava a 2 anos desempregado apenas fazendo uns bicos, e eu fui contratado em um emprego booom, e eu fiquei feliz com isso que estava lutando a tempos e eu chamei ela para vir em casa comemorar cmg, comer uma pizza com minha família e tudo mais, e depois ver um filme a sós, um momento nosso, e ela me disse a seguinte frase “você só pensa em me comer” “só quer sexo” e eu sem entender nada, ouvi muiita merda (detalhe nunca tínhamos transado antes e eu sou super delicado com esse assunto até por nunca ter acontecido) até aquela história das fotos foi revivida e eu me explodi, cansei disso e terminei com raiva pq ela não sabia o que tava acontecendo comigo depois desse tempo todo saindo da depressão e ter conseguido arrumar um emprego e na hora de comemorar ela me dizer isso. Me magoou muito isso e até hoje não me desce, mas no outro dia parei para pensar e queria conversar disse que não queria terminar realmente mas queria que ela entendesse meu lado, e ela surtou que um dia eu termino no outro quero voltar, não voltamos mas ficou um clima de romance voltando, era apenas se encontrar que rolava algo, mas depois foi meses sem poder ver ela, sem ligação, momentos instável no relacionamento eu querendo ver ela mas nunca era possível e a desculpa de quarentena para mim e churrasco em família todos os finais de semana, mas eu tava conseguindo fazer ela vir em casa no meu aniversário pq realmente estava com sdds dela e é uma data bem especial, (minha família fez o teste para umas coisas e para que eu pudesse ir buscar ela no meu aniversário “dia que estou escrevendo que foi por água a abaixo qualquer animo para esse dia”) e uma semana antes do meu aniversário eu tentando reconquistar ela todos os dias, sendo quem sou e tentando ser bom para ela (muitas vezes fodendo com meu psicológico) e eu descubro que sou um brinquedo que ela usava para destrair e que não era nada mais e que mesmo ela dizendo uma coisa ela tava sentindo outra, e que eu tudo que eu tava fazendo por uma história de 4 anos foi em vão. Brigamos feio e depois que eu desisti de tudo e falei o que realmente tava sentindo e fiz ela se achar um monstro só mostrando coisas que ela fazia e nem se tocava disso, tem indiretas até hoje, eu surpreendentemente estou bem, tenho muitas saudades dos momentos bons mas prefiro meu bem estar mental.
submitted by Surt3p to desabafos [link] [comments]


2020.08.15 07:00 Surt3p Sou babaca por te ferrar e depois te amar?

Olá Luba, possível convidado, editores e turma minha história é meio longa: Em 2016 eu conheci uma menina em um aplicativo de relacionamentos, (vamos chamar de Ruivinha) eu com 16 anos e ela me dizia que tinha 16 anos também e eu realmente gostei dela, ruiva, gente boa, dava atenção e engraçada. E depois de meses de conversas era fato que estávamos gostando um do outro, tanto pelas palavras quanto o tempo que dávamos um ao outro, e realmente gostei muito dela, e até que chegou um momento que os dois estavam meio 🔥 e a conversa foi realmente mudando de direção. Depois de muitas conversas e fotos +18 (ironia pq os dois eram menores mas ok kkk) estava um clima bom, e realmente queria a conhecer pessoalmente e tudo mais mas ela sempre dizia que a família era muito fechada e não a permitia sair, mas ela me atentava e mesmo assim tentávamos sair ou de um jeito se encontrar. E eu ocupado com curso Tecnico e colégio fui me afastando aos poucos para focar nos estudos, mas mesmo assim querendo realmente conhecer ela porque gostava. Até que um dia meio que tudo ficou confuso, quando ela mandou umas fotos repetidas +18 e com legenda diferente e tipo nem fazia sentido ela ter mandado aquilo para mim naquela hora. E então descobri que ela realmente tava meio brincando comigo e mais uns 5, e então descobri no mesmo dia que ela tinha 13 anos e iria fazer 14 e eu fiquei realmente confuso e preocupado (e não ela não tinha feição tão jovem e corpo de menina nova, e todas as redes sociais estavam mais velha e até por ligação a voz e vídeo o jeito dava a entender que era mais velha mesmo) e fiz umas das coisas que mais me arrependi na vida porque fiquei com ciúmes e com raiva, criei um Google drive do 0 upei as fotos dela e mandei com um link para a avó e a mãe dela falando o seguinte: “Eu gosto muito dela, nossas idades são diferentes e nada impede de no futuro realmente termos uma coisa séria com mais maturidade, mas eu realmente quero que vocês deem atenção porque ela está se expondo muito na internet e isso pode vazar e conhecendo bem sei que isso pode acabar mal.” A mãe dela me xingou e falou que eu era um cuzao a vó dela me pediu perdão não sei porque, e ficou preocupada e a menina me xingou muiiiito mas muito e no final tudo se acalmou. Passou se uns anos e ela me chamou de novo em meados do final de 2017 e eu tinha terminado o ensino médio e um relacionamento que tive também e eu e a Ruivinha viramos amigos realmente, ela tem muitos problemas psicológicos e eu sempre ajudei como amigo e tudo mais e realmente curtia a amizade nossa, até mesmo que nossas idades era meio diferentes mas ela me respeitava muito e o que tinha acontecido ficou para trás e virou uma amizade tranquila. Mas no final do ano de 2019 mudou muita coisa, ela tava com 16 anos e eu com 19 e ela deu muita moral, e eu me interessei por ela, tínhamos todos mudado muito e eu imaginei que estávamos mais maduros, e um belo dia ela me chamou para comprar material junto com ela, e eu fui na casa dela, conheci os avós que me amam até hoje e mandam figurinha todos os dias kkkkk, a mãe dela também que surpreendentemente gostou muito de mim, e foi um primeiro encontro totalmente diferente mas eu gostei da pessoa que eu encontrei, ela realmente tinha mudado muita coisa, e foi indo assim por vários finais de semana consecutivos, e estávamos em um relacionamento sem nada oficializado, eu conheci toda a família ajudava em o que era preciso, e gostava de estar inserido na família mas umas coisas do relacionamento me deixavam meio intrigado, tipo pela internet ela era muiito 🔥 e juntos ela era outra pessoa, ou o fato dela não gostar muito de beijos e também ter preguiça para qualquer coisa que envolva sair, não demonstrar afeto, ser meio seca as vezes e não termos muitos momentos casal, mas foi isso por 4 meses até o início da quarentena e nós brigarmos por um motivo fútil, estava a 2 anos desempregado apenas fazendo uns bicos, e eu fui contratado em um emprego booom, e eu fiquei feliz com isso que estava lutando a tempos e eu chamei ela para vir em casa comemorar cmg, comer uma pizza com minha família e tudo mais, e depois ver um filme a sós, um momento nosso, e ela me disse a seguinte frase “você só pensa em me comer” “só quer sexo” e eu sem entender nada, ouvi muiita merda (detalhe nunca tínhamos transado antes e eu sou super delicado com esse assunto até por nunca ter acontecido) até aquela história das fotos foi revivida e eu me explodi, cansei disso e terminei com raiva pq ela não sabia o que tava acontecendo comigo depois desse tempo todo saindo da depressão e ter conseguido arrumar um emprego e na hora de comemorar ela me dizer isso. Me magoou muito isso e até hoje não me desce, mas no outro dia parei para pensar e queria conversar disse que não queria terminar realmente mas queria que ela entendesse meu lado, e ela surtou que um dia eu termino no outro quero voltar, não voltamos mas ficou um clima de romance voltando, era apenas se encontrar que rolava algo, mas depois foi meses sem poder ver ela, sem ligação, momentos instável no relacionamento eu querendo ver ela mas nunca era possível e a desculpa de quarentena para mim e churrasco em família todos os finais de semana, mas eu tava conseguindo fazer ela vir em casa no meu aniversário pq realmente estava com sdds dela e é uma data bem especial, (minha família fez o teste para umas coisas e para que eu pudesse ir buscar ela no meu aniversário “dia que estou escrevendo que foi por água a abaixo qualquer animo para esse dia”) e uma semana antes do meu aniversário eu tentando reconquistar ela todos os dias, sendo quem sou e tentando ser bom para ela (muitas vezes fodendo com meu psicológico) e eu descubro que sou um brinquedo que ela usava para destrair e que não era nada mais e que mesmo ela dizendo uma coisa ela tava sentindo outra, e que eu tudo que eu tava fazendo por uma história de 4 anos foi em vão. Brigamos feio e depois que eu desisti de tudo e falei o que realmente tava sentindo e fiz ela se achar um monstro só mostrando coisas que ela fazia e nem se tocava disso, tem indiretas até hoje, eu surpreendentemente estou bem, tenho muitas saudades dos momentos bons mas prefiro meu bem estar mental. Afinal apenas eu fui o Cuzao da história por tentar isso até o final e ter feito tanta merda?
submitted by Surt3p to TurmaFeira [link] [comments]


2020.08.03 15:18 geniunelime1148 Review da série "O Lar da srta Peregrine Para Crianças Peculiares" - Com Spoiler

Fala galera, nos últimos 2 dias eu li os 5 livros dessa série top, e queria comentar aqui com vcs. Vou falar o que achei de cada um dos 5 livros, comentando os principais aspectos de cada um. Se vc não leu os livros ainda, recomendo que vc pule esse post.
O primeiro livro "Crianças Peculiares" tem um ar de mistério e suspense no início, o que eu achei bem legal, e realmente bem escrito. Quando finalmente o mundo fantástico é introduzido, o livro muda o foco, que era o Abe, e passa a ser o orfanato em si. Em seguida, começa o romance mais estranho da literatura mundial, Emma e Jacob. Emma namorava o avô de Jacob, então desde o início esse romance não me agradou muito. O primeiro livro foi mais para apresentar o mundo e os personagens pros leitores, e deixar o início da aventura pro próximo livro.
O segundo livro começa e com uma missão definida: Salvar a senhora Peregrine e derrotar o Acólitos. Depois de corre-corre eles finalmente param na fenda do cachorro, que define o limite de tempo pra missão, 3 dias. O autor finalmente começa a explorar as habilidades das outras crianças, Hugh principalmente. A grande questão para mim é: Armas de fogo. Elas são extremamente eficazes nesse mundo, e eles tiveram inúmeras oportunidades de pegar armas dos Acólitos, mas nunca pegavam. Por que não? O final do livro é bem surpreendente, e mais um vez a ponte pra continuação é perfeita.
O terceiro e suposto último livro, é uma jornada quase solo do Jacob, para libertar quase todos os seus amigos, e salvar o mundo peculiar. O cénario para o último livro da jornada não poderia ser melhor: Uma londres distópica e cheia de criminosos de todos os tipos. Muitos personagens são introduzidos, mas o único que vou citar aqui é o Bertham, o irmão do Caul e da Srta Peregrine. Esse cara finalmente revela a verdadeira Plot da série e o plano dos acólitos. Também é revelada o "verdadeiro" poder do Jacob, controlar Étereos e ver as almas dos antigos peculiares. O livro tem um final fechadinho, apesar que era obvio que eventualmente o negócio de envelhecer seria "quebrado". Enfim, um excelente livro.
O quarto livro, que inicialmente não ia existir, começa exatamente da onde o outro parou. No começo vc tem a impressão que esse livro vai ser a vida de Abe na América, como caçador de Etéreos e resgatador de crianças peculiares. Com o passar do livro finalmente é revelado que existe um esquema maior por trás da Noor, a menina que eles resgatam. Mais uma vez, o foco passa pros Acólitos e o plano deles de salvar o Caul, que virou um monstro peculiar com poderes absurdamente fortes. Mais uma vez, um ótimo livro.
O último livro disponível, esse é o meu favorito. Começa o romance entre a Noor e Jacob, bem melhor que romance com a Emma, e eles embarcam em duas aventuras distintas: Derrotar os Acólitos de novo e encontrar a V. O plot twist do livro foi meio prevísivel, a V é uma Ymbrie. O final eu não foi meu favorito, já que deixa um suspense horrível pro próximo livro, que só deve sair em 1 ou 2 anos :(.
Considerando tudo, eu recomendo extremamente a leitura da série e eu gostei muito dela. E quem já leu aí? Gostou? Deixa a opinião de vcs aí.
submitted by geniunelime1148 to Livros [link] [comments]


2020.07.31 03:35 geniunelime1148 Uma Corte de Espinhos e Rosas - Review da série

Fala galera, nesses ultimos 4 dias eu li os 4 livros dessa série da Sarah j mass, e queria falar oq eu achei. (Sem Spoiler so no primeiro livro)
O primeiro livro, vamos concordar, é praticamente um romance, com pouca ação e a introdução ao mundo. Eu achei o começo meio lento e o romance na segunda metade do livro ficou uma merda, bem forçado msm, enquanto a ação aumentou do nada e com tudo. O enigma do livro, era obvio e clichê, além de não fazer tanto sentido né galera. Mesmo assim, eu achei o livro bom, e daria uma nota 8 para ele.
O segundo livro tem um começo bem contraditório ao final do primeiro, já que todo aquele romance entre Ferye e Tamlin desaparece e começa a desandar. Tb era obvio o "sequestro" do casamento, e qualquer pessoa com meio cerebro adivinhou que o Rhysand era o parceiro da Ferye. Houve a introduçao de vários personagens, o que foi bem legal, e o romance melhorou bastante com a troca do tamlin pelo Rhysand. O final foi meio broxante, mas a nota final é 9.
O terceiro livro, é o melhor ta ok. Vc pensa que vai ser uma merda pq o casal principal ta separado, mas eles se juntam logo, e dai só melhora. O Entalhador de Ossos é de longe o melhor personagem da triologia, e ele é muito bem explorado no livro. Também tinham algumas coisas obvias nesse livro, eis a lista: Tava na cara que Irmã mais nova era vidente ou algo do tipo, o pai das meninas era cotado para aparecer de qualquer jeito nesse livro (Quem some por 6 meses apenas a negocios?), O exército do Drakon tb era obvio que ia aparecer e era lógico que a menina iria olhar no ouroboros (Inclusive era melhor deixar em aberto o que ela viu, pq "ver a propria essencia" é broxante para krl). mesmo assim dou nota 10 pra esse livro, fazendo uma analise superficial talkei.
submitted by geniunelime1148 to Livros [link] [comments]


2020.07.29 19:03 Pokono- Recomendação de jogo para quarentena: Stardew Valley, e sua inclusividade LGBTs.

Eu sei que o jogo não é novo, lançou em 2016 então pode ser que muitos já jogaram, mas eu só comprei começo do mês e queria recomendar caso algum outro atrasado que nem eu não tenha jogado kkkkk.
É um jogo de simulação e RPG de fazenda, resumindo, mas são enormes as coisas pra fazer e vai muito além de apenas fazenda, é muito relaxante, um 10/10. Só 25 reais na Steam.
O jogo é inclusivo para a comunidade LGBT, eu fiquei bem surpreso com isso quando descobri, sendo que era de 2016 ainda, você pode se casar com personagens de mesmo gênero que o seu, e o jogo trata isso normalmente, os personagens em volta também. Deu para eu viver minha fantasia gay e isso me deixou muuuuito feliz e confortável.
Como você pode escolher ser homem ou mulher, se você considerar, tecnicamente todos os personagens que dá para casar seriam bi, pq todos casariam com você independente de vc escolher ser homem ou mulher, mas ignorando isso, existe 2 que são LGBT mesmo, uma das meninas, se você for um personagem mulher, durante o desenrolar da história dela, revela que tinha uma ex-namoradA (Digo isso pq se vc for homem, ela tinha ex-namoradO, mas só o fato de mudar o gênero do ex é bem legal). E outro personagem que quando vocês estão tendo seu romance, no finalzinho ele diz que tinha duvidas se você ficaria okay "gostando de um cara" se vc for homem também. Não vou falar quais são os personagens pra você descobrir sozinho hihi.
Mas o jogo também aborda um caso de homofobia, a única instância na vdd. Um dos personagens homem tem um familiar, que se você casar com ele, quando você falar com esse familiar, ele diz "Como pode dois homens se casando? Isso não é natural, urgh, talvez eu seja muito "tradicional" ", mas se você chegar ao nível de amizade máxima com ele, seu diálogo muda para "Tenho que admitir, eu achava que era estranho, dois homens juntos, mas vendo como você é uma pessoa tão boa e vocês dois se amam mudou a minha mente."
Quek quiser viver a própria fantasia gay, jogue kkkkkk.
submitted by Pokono- to arco_iris [link] [comments]


2020.07.24 13:51 lelolilu eu me assustei muito, n sei se é bom mas só postei

meu amigo me indicou um anime e me mandou uma fodo da protagonista fofinha, ele me falou o nome e tals mas ele ja tinha me indicado um outro anime q era ruim ent eu falei "é vc q gosta de harém n é?" (ele tem um irmão gêmeo q um gosta de harém e o outro ama) ele falou "sim mas nesse anime n tem" e eu q gosto muito de romance perguntei se avia romance no anime ele respondeu q sim, eu disse "oq? essa menina deve ter menos de 8 anos" ele respondeu "tem 3"
submitted by lelolilu to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.22 00:34 browndusky alguém se por favor pode me ajudar corrigir minha gramatica numa tese que fiz?

não sou português mas português foi umas das disciplinas que escolhi em universidade.
Eu falo bem português mas meu português escrito é totalmente lixo.(sei que não é muito professional com todas as palavras vulgares mas ya isto era eu a usar tudo que eu sei)
obg para me ajuderem!


“Colora minha vida com o caos de problemas” esta é uma linha duma canção de Smith que esta menina usou como uma citação no anuário em um filme sentimental de 2011, eu achei fixe esta citação, e por isso escrevi no meu caderno de rascunho e sonhei um dia alguém vindo pra minha vida e colorir-o com caos de problemas.
Eu sempre senti assim, sempre senti que preciso algo mais, a coisa comigo é que nunca me sinto satisfeito com que tenho.
E como muitos outros da minha idade, tentei preencher o vazio com atenção, drogas, animes e especialmente com o amor.
Eu faço parte daquela geração Nepalesa que assiste “3 idiots” e ouve canções românticas do McFlo e pense que não consegue ser feliz sem se apaixonar. Sabes de quem eu estou a falar sobre, aqueles rapazes que têm um exterior áspero mas no fundo eles têm um lado macio basicamente somos tsundere.
Fds nem fiquei triste depois de terminar com minha ex. Eu fiquei tipo olhe mais uma experiência, da próxima vez que eu estiver a namorar não vou cometer os mesmos erros.
Já terminei 3 vezes mas ainda não me sinto triste porque é fixe ter emoções.
A minha esposa podia me trair, levar metade dos meus bens, meu cão e meu filho Ramesh e eu vou ficar sem teto a pensar WHOA emoções são fixes.
Apaixonamento é uma treta que gente inventaram porque ficaram entediados.
“Colora minha vida com o caos de problemas” mas-mas porquê? Es estúpido?
Porque é que vocês querem alguém para foder a sua vida artisticamente?
Deve ser porque gostamos de altos e baixos do amor. Gostamos da montanha russa de emoções que o amor dá e sentimos vivos.
Amor é como bebidas alcoólicas ou bater punheta. Sentimos bem quando fazemos, mas depois de acabar fazer ou consumir nos arrependemos.
Se vocês não me acreditam, há centenas dos estudos detalhando como euforia do amor provoca a mesma sensação no cérebro como cocaine, seus viciados.
Nenhuma outra espécies faz isso coisinha de apaixonar. Os macacos não estão sentados na cama a pensar se é muito pegajoso mandar mensagem para aquela macaco com cú grande. Os macacos não precisam de pensar qual vestido é melhor para o encontro ou se preocupar com o cheiro, eles só fodem. É incrível, eles poderiam a estar comer banana um momento ou matando insetos e boom começam a foder. Eles não se dão mínimo se alguém está a ver ou tirar fotografias. Nós complicamos demais, porque é que é eu preciso de vestir bem e usar perfume e ela tem que dizer ela não costuma fazer isto.
Apaixonar-se não faz qualquer sentido biologicamente é uma nova emoção humana baseado completamente em egoísmo, ciumento e a insegurança.
Vocês malucos decidiram que amor significa pelo lei ficaremos juntos para sempre e se não o fizermos, leva metade do meu dinheiro. MAS PORQUÊ?
Não sou de coração frio porque acredito que amor é real. É algo que compartilhamos com nossa família, nossos amigos, nossos animais de estimação e com o mundo.
O amor torna-se para uma emoção possessiva especificamente humana quando vocês falam de encontrar aquela menina . “QUANDO OLHEI PARA OLHOS DELAS EU SABIA QUE EU IA PASSAR RESTO DA MINHA VIDA COM ELA”
A serio? Eu acho que há algo mal com tua cabeça mano.
Cair de cabeça totalmente cega numa relação é igual á tu projetar tuas inseguranças em outra pessoa. Não estás feliz com tua vida por isso começas a procurar isso em outra pessoa, e isto é insustentável, irreal e perigoso. Talvez não tens amigos, não gostas do teu trabalho, não gostas de ti mesmo ou talvez a tua mãe não te abraçou suficiente quando eras criança. E agora quando encontras uma gaja fixe que ri das tuas piadas, tu agarras nela como uma sanguessuga e tornas-te uma psicopata se ela até olha para alguém.
Isto é porque o amor é tão viciante quanto uma droga, os únicos dois tipos de pessoas que cortaria seus pneus e ameaçaria suicídio é uma viciante de drogas e uma puta louca chamada Verónica(karen).
Mas talvez eu sou sozinho e amargo porque tentei me se apaixonar mas nunca funcionou para mim.
Eu tenho certeza que acontece isto com toda gente.
Achas que gostas uma gaja mas depois de bater a punheta já não é o caso. Percebes que não estavas a pensar com a cabeça certa(é chamado post nut syndrome em ingles).
Agora estou no ponto em que estou aberto à idéia de amor, mas eu não consigo manter conversas com minas da minha idade, elas parecem a viver a vida em Instagram e acho que isto é um chatice. Como vocês não se cansam de usar o instagram depois de uma semana ou um mês? È realmente incrível.
Quando estão a falar de maquiagem, roupas e exes, pá não dou mínimo, a sério não dou mínimo.
Eu percebo que quando falo que não dou mínimo, estou a ser ignorante porque as pessoas se apaixonam alegremente e isso faz eles felizes, pá sou quero o mesmo sentimento, embora que eu saiba que o amor é basicamente cocaine para minha coração.
Eu acho que estou apenas amarga a ver todas essas pessoas juntos alegremente a fazer promessas que provavelmente não vão manter. Parece divertido não parece?
Romance é uma venda fácil. Todos nós gostamos quando o protagonista acaba junto com a menina e ambos ficam felizes para sempre. Gostamos de ver o final feliz. Gostamos de acreditar em "felizes para sempre".
Mas o amor romântico e o amor em geral é muito mais complicado do que fomos levados a acreditar nos filmes de Hollywood.
Não ouvimos que o amor às vezes seja desagradável ou até doloroso, ou que o amor precisa autodisciplina e uma certa quantidade de esforço sustentado ao longo de anos, décadas e uma vida inteira. Essas verdades não são emocionantes. Nem eles vendem bem. A dolorosa verdade do amor é que o verdadeiro trabalho de um relacionamento começa depois que a cortina se fecha e os créditos rolam.
Como a maioria das coisas na mídia, o retrato do amor na cultura pop é limitado ao destaque. Todas as complexidades da vida real em um relacionamento são varridas para dar lugar a títulos emocionantes, a separação injusta e, claro, o final feliz favorito de todos.
Quando somos apaixonados, não podemos imaginar que algo possa dar errado entre nós e nosso parceiro. Não conseguimos ver falhas delas , tudo o que vemos é potencial e possibilidade ilimitados.
Isto não é amor. Isso claramente é uma ilusão. E, como a maioria das ilusões, as coisas não terminam bem.
Eu acho que eu gosto de ideia de amor mas não tenho paciência nem quero comprometer minha liberdade para ela. Eu gosto quando estou o centro da atenção e não gosto quando sou eu que precisa de dar atenção. Sempre que estive num relacionamento a princípio, fico empolgado; mas depois de algum tempo, perco toda a paciência e a interessa.
Eu gosto de ideia de amor e é basicamente que este filme 500 days of summer satirizou.
Eu gosto como este filme criticou o conceito de amor.
A personagem principal decidiu que a menina Summer era sua alma gémea, porque eles ambos gostam da mesma música. Ele cresceu vendo filmes românticos com um fim clássico. E por isso ele pintou uma imagem na cabeça que a Summer era criada para ficar junto com ele mas não é realmente o caso no fim deste filme. O amor verdadeiro precisa de paciência, compromisso e atenção e isto parece búe complicado pá. Em vez disso eu prefiro ver porno e bater a punheta.
submitted by browndusky to portugueses [link] [comments]


2020.07.22 00:22 sonic_star_2 só queria amor verdadeiro bicho :c

sla, nos últimos dois dias eu tava raciocinando aq, refletindo sobre meus namoros e amizades, e sla cara, eu sinto q nunca fui amado de verdade mesmo por alguém, sla. Eu sempre gostei de algumas meninas, mas sempre era rejeitado, nunca dava em nada, e eu via elas gostando de outras pessoas e ficava sla tipo "Poxa, qq eu n tenho q eles tem? ;-;", mas eu nunca me preocupei muito com isso, só q de uns dias pra cá eu venho ficando meio triste por causa disso, ver os meus amigos com suas namoradas e ver q eles tão super felizes juntos, agora pouco mesmo eu vi o status no whatsapp da namorada de um amigo meu dela postando coisa dos dois, e tipo, os dois parecem se gostar muito, e isso é recorrente, não é só com eles, é com tipo, 80% dos meus colegas tlgd. Qnd eu vejo essas coisas eu fico ao mesmo tempo feliz e triste, feliz pq eu adoro amor, eu fico tranquilo e feliz por eles qnd eu vejo q as 2 pessoas se amam e combinam, eu fico feliz vendo meus amigos com as namoradas deles e vendo q a coisa tá fluindo bem, e tal (inclusive com casais de filme de romance eu sinto a msm coisa ;-; Sing Street é o apice até hj ;-;), só q ao msm tempo eu fico triste pq eu nunca achei uma "namorada como a deles", basicamente todos meus relacionamentos foram curtos e/ou uma bosta, só se salva no máximo uns 2, tanto por que não tinha química e tal entre a gnt, ou pq deu merda no namoro q tava indo tão bem (visto meus posts antigos), ou por que a garota não gostava realmente de mim. Sla, vendo tds meus amigos com as namoradas deles que realmente tem carinho por eles, são fofinhas, atenciosas, postam coisa sobre eles, e eu sempre senti falta disso nos meus relacionamentos... Eu só queria uma menina que quando eu tivesse triste chegasse e perguntasse se eu tava bem, uma garota que tem disposição, me chamasse pra fazer as coisas, tivesse o mesmo animo q eu tenho, pq sla, tds meus relacionamentos parece q eu tinha q conquistar a pessoa, inclusive qnd elas msm me pediam (q foram no máximo umas 2 vezes por sinal).
Eu só queria ter alguém que fosse carinhosa, que eu realmente gostasse, e que ela realmente gostasse de mim, que fizesse as mesmas coisas que as namoradas dos meus amigos fazem que eles se sentem especiais, pq eu sempre fui carinhoso com todas elas, mas o contrário eu nunca consegui experimentar, sla, nunca me senti amado de verdade com ngm. Meus pais falam q do jeito q eu sou bonito eu posso escolher qm eu quiser, mas eu sei q n é assim q funciona as coisas, pra mim é super difícil arranjar alguém... Inclusive uns 4 dias atrás eu conversei sobre me sentir meio estranho por esses dias, e ela falou q provavelmente é falta de alguém que gosta de mim, falta de uma namoradinha pra conversar e tal, lá no fundo até ela sabe vei q eu n consigo ngm ;-; e ninguém nunca gostou realmente de mim, tds estavam interessados em outras pessoas e tal, eu to chorando, desculpa, eu só queria alguém que me visse como especial, eu só queria completar a vida de alguém, igual os meus amigos, eu queria alguém que fizesse tanto por mim quanto eu faço pra ela, ou inclusive mais, sla, eu to falando com umas pessoas diferentes e tal, mas fica num chove-não-molha e sla, parece q se eu for ficar com alguma delas vai ser a msm coisa, Eu q vou ter q conquistar elas pra dps ficar nisso de sla, eu ter q agradar e dps de um tempo td acabar e ver q n era amor de verdade e tal. Só queria alguém q sla, n sou só eu que preciso ficar mandando coisa, inventando assunto, fazendo carinho, enquanto ela só recebe, eu queria uma namorada igual dos meus amigos, que é tão carinhosa quanto eles, e dá pra ver, eles n tem vergonha de andar de mão dada em público por exemplo, nem de assumir que se amam. A vontade que dá é de só desistir, apagar todos os meus contatos que eu to falando agora e só sumir, parar de tentar, meus amigos mais proximos pelo menos são quem deixa minha sanidade no chão, e enquanto eu tiver eles eu sei q eu vou ter um porto seguro, isso as vzs me leva a pensar q qnd eu to com eles eu não preciso de mais ninguém, eu me sinto completo com eles, eu sei que eles são meus amigos, mas sla, se eles fossem pessoas q eu gostasse, e compartilhassem do msm sentimento q o meu, e fossem garotas (pq eu sou hétero), seria a coisa mais perfeita do mundo. Por esses dias inclusive eu entrei no omegle de noite e uma garota gaúcha de 17 anos tava mt triste com o namorado dela pq ela desconfiava q tava sendo traida, e q ele tratava ela meio mal, até o ponto que ela me perguntou "Mano, me explica por favor, por que vocês, homens, não gostam de meninas chiclete? que perguntam como você tá, que pensam em ti toda hora e estão apaixonadas? meu namorado ameaça me deixar por isso", a única coisa que passou na minha cabeça na hora foi "COMO QUE UM FDP DESSES FAZ ISSO COM UMA MENINA SUPER GENTE FINA COMO ELA? KRL, TUDO ISSO Q ELA FALOU Q ELE ODIAVA É TUDO Q EU MAIS QUERIA, PQP". Aiai, vou pegar um lenço pra limpar minhas lágrimas ;-
submitted by sonic_star_2 to desabafos [link] [comments]


2020.07.18 08:30 rafaspbarbie A AMANTE.

Oi genty, povo tudo vocês, Lubisco, gatitas, editores, turma, galero, convidado não por que né QUARENTENA, mds to nervouser. Essa história é a história de como eu virei a amante de um cara. Como é uma história anônima, vou mudar os nomes tudo. Se preparem pois ela é looooonga
Bom, em meados de 2016, tinha voltado a estudar na Tijolinhos (nome fictício de uma escola particular em Brotas-SP) depois de repetir de ano e tal. Lá conheci a Joséfa, que virou minha melhor amiga pra vida (ou não, né?), e desse rolê todo boa parte foi culpa dela (TÔ DE OLHO JOSÉFA). Um lindo dia na escola, tava eu lá, com vontade de fazer pipi, ou só me olhar no espelho pra ver o quão bonitona eu tava, e quando tava descendo eu vi ELE, Pablo, na sua escadinha de técnico de Wi-Fi, skksksksksks ele era lindimais (bom, eu achava né) e daí eu passei por ele, trocamos olhares bem calientes, mas ficou por isso.
Logo de noite ele me adicionou no SNAP, sim, snapchat. E trocamos muita ideia, ele era muito inteligente e a gente combinava em muitos aspectos, tava xonadinha. Depois de uns dias conversando com ele, o mesmo apareceu na escola de novo, E DAÍ QUE COMEÇA A MERDA. Estava sentada com Joséfa e comentei:
Na hora eu mandei mensagem pra ele falando um monte de coisa, que era um absurdo ele namorar e falar comigo daquela forma, insinuando coisas, falando pra gente ficar e tal e que eu seria só amiga dele a partir daquilo, AHAM.
Daí entra a parte importante da Joséfa na história. A doida nada mais nada menos me chamou pra fazer vôlei com ela, e eu fui, tinha dois horários, o das kids e dos adultos, íamos nos dois. Fomos no primeiro horário, e partimos pro segundo logo em seguida. Então tava eu lá, linda e plena mexendo no celular e daí a anta da Joséfa começa a dar risada olhando pra longe, eis que me vem à imagem de quem? PABLO. Ela já sabia que ele fazia vôlei, acho que ela queria ver o circo pegar fogo, MESMO. Ele me cumprimentou todo sem graça, mas sempre trocando olhares comigo do tipo "te quero" e eu me segurando pra não pular nele ali mesmo. A gente continuou conversando normalmente, mas havia um flerte sim, mesmo que muito inocente.
Mais pra frente, decidi chamar ele pra conversar, falar pra ele que eu estava gostando dele de verdade, combinamos de conversar depois do vôlei e ele me daria uma carona até a casa dele. A conversa foi basicamente os dois se olhando na maior vontade, eu falando que gosto dele, ele retribuindo, mas também falei que não faria nada em respeito a namorada, AHAM². Durante a conversa teve troca de carícias, muitos abraços, carinhos e olhos nos olhos. Quando íamos pro estacionamento pegar a moto dele, ele me levou para um canto escuro e tentou me beijar, mas dei um abraço porquê não tava me dando por vencida. Quando subimos na moto, ele me disse que ia passar na casa dele pra pegar o carro pois seria mais confortável pros dois (o que ia ser mais confortável hein, Sr. Pablo?!), mas que não era pra me preocupar pois não teria ninguém em casa... MAS TINHA! A família toda dele tava lá, mãe, padrasto, irmãos.. entrei lá com a maior vergonha, ainda tive que ouvir do irmão "quem é essa menina estranha?" Fui pro QUARTO dele, sentei lá na cama e fiquei um tempo ali absorvendo tudo, enquanto ouvia ele falando com a mãe sobre mim, "apenas uma amiga"... sei (foi exatamente o que a mãe dele disse, não tínhamos muita credibilidade). Fomos pra minha casa e ele tentou me beijar de novo, mas não rolou, ainda achava que não daria o gostinho pra ele.
Continuamos conversando e tendo uma relação bem inocente, e era muito bom, confesso. A gente ainda ia no vôlei, ele me dava caronas, era bem discreto e bom, como aqueles romances dos anos 50 que não havia nem beijo, o sentimento se mostrava em outras demonstrações, no carinho, no toque, nas conversas, nos olhares e era bem assim, me vendo por fora da cena, veria uma garota com cabelos aos ventos sorrindo na garupa de uma moto abraçada em um cara que a fizesse sentir o amor, o vento, borboletas no estômago uma primeira vez.
Eu, Joséfa e Pablo descobrimos que teria uma chuva de meteoros na madrugada de quarta pra quinta, nos animamos muito pra ir, mas no fim iria só eu e ele... era o que eu achava, né? (Só pra constar, não havíamos beijado ainda.) Bom, ele me buscou em casa, fomos pra casa dele buscar cobertores e nisso ele me deu uma camiseta (que eu tenho ate hoje) de unicórnio. Com isso ele me disse que umas pessoas iam junto, fiquei meio assim, mas se não tinha problema pra ele, por que teria pra mim? Só que essas pessoas eram o que? A FAMÍLIA DELE. Primos, tios, tia avó (que aliás, gostou muito de mim) muitos deles achavam que eu era a namorada dele mesmo, pois estávamos muito próximos já. Durante a chuva eu só conseguia olhar pra ele, muitas das vezes ele me fazia olhar pras estrelas (não é atoa que eu o chamo de "Sr. das estrelas"), esperando algum meteoro cair, mas eu não vi nenhum. Enquanto estávamos lá, com a família dele, a gente se acariciava, ele me dava selinhos e eu juro que podia ser só isso pro resto dos meus dias com ele, pra mim estava perfeito. Fomos embora, levamos um dos tios dele pra casa, nisso ele me pergunta se eu queria ir embora já, obviamente disse que não.
Fomos para uma parte onde dava pra olhar bem as estrelas, mas naquele dia eu tava cansada de olhar pra elas. Nós paramos o carro e, naquele momento tudo parecia em câmera lenta, de olhar um para o outro, como tirar o cinto e até na hora do (finalmente) beijo. Sim, naquele momento eu virei A Amante. O beijo foi incrível, tudo se encaixou, foi o melhor beijo da minha vida até hoje, tínhamos química, minha pele se arrepiava só dele me tocar, era tudo como um conto de fadas, só que sem a parte do príncipe encantado.
Eu vivia com ele, vivia na casa dele, assistimos vários filmes, passamos por lugares incríveis, daqueles que faziam a gente suspirar e não querer parar de olhar. Cada vez mais eu me apaixonava, ele me fez sentir coisas que eu nunca senti, me fez ver coisas que eu nunca vi, me fez me maravilhar com as coisas simples, como estrelas. Mas eu sempre ouvia dele que ele sempre era o coitado, de como a Jurema (a tal da namorada) era ruim com ele, das vezes que ela traiu ele, das vezes que ela o tratou mal, mas mal sabia Jurema o que ele fazia também, mal sabia ela o quanto eu me sentia mal por isso. Sempre coloquei na minha cabeça que não tinha motivos para trair, mas que eu me conformei com a situação, achei que, dessa vez, tava tudo bem, até porquê eu tinha ele, né?
Como o tempo, tudo se passava, ele me fazia promessas, me prometia terminar com Jurema, que seríamos felizes, ja estava enjoada de ser rotulada como A Amante, não só por mim, mas por ele, por Joséfa também (que passou vários momentos de vela entre eu e Pablo). Numa dessas fui até na casa da avó dele, joguei truco com sua família, beijei ele na frente deles, (um deles lembra de mim até hoje, fala comigo como se eu fosse a ex oficial dele kkkk). Numa outra saímos com um dos seus amigos, nesse dia descobri que a nossa música era aquela lá, a tal da Cataflor do Tiago Iorc, aquela que toda vez que ouço lembro do dia em que eu ouvi pela primeira vez. Esse tal dia estávamos eu e Pablo em sua casa quando ele recebe uma ligação do seu amigo falando que ele queria vê-lo, Pablo falou que estava com uma "amiga" e esse amigo, o Gerson, disse que tudo bem eu ir junto. Entramos no carro, cumprimentei ele, e logo ligamos o som do carro ouvindo Tiago Iorc num tom bem doce, todos cantando e, no momento que esta começou a tocar, ele segurou a minha mão e disse:
-Ok.
Nisso começa a letra, não era atoa que eu me apaixonei, um cara que disse que me daria todas as flores no mundo mas que nenhuma delas chegava a ter a beleza que eu tinha, que a natureza tentou imitar 'tamanha' beleza mas que falhou, pois não tinha como ter algo tão bonito quanto. Como eu não me apaixonaria? Eu também não sei responder essa.
Logo após um tempo, comecei a cobrar o término dele e ele sempre me dizia que era muito difícil, pois era um relacionamento muito longo (3 anos). Pois bem, um mês depois disso ele terminou, viajou pra cidade dos primos dele, foi em várias festas, beijou várias meninas e depois que voltou, me buscou em casa, fomos pra um dos "nossos" lugares, ele sentou comigo e me contou tudo, das meninas, de quem ele teria ficado, como que ele estava amando ser solteiro e tudo mais. A ficha não tinha caído, ele realmente estava solteiro, não devia mais nada à ex, mas ao mesmo tempo parecia que ele não devia nada à mim também, que o cara que falava aquelas coisas, me fazia sentir aquelas coisas e falava que era apaixonado por mim havia sumido junto com o término dele. E. ISSO. DOEU. MUITO. Ficamos naquele dia, mas eu fiquei extremamente desconfortável, cheguei em casa e chorei por horas, do tipo "será que aquele cara nunca existiu?". Nos afastamos cada vez mais, e cada dia que passava a única oportunidade de ver ele, eu não via.
Teve uma festa, a Semáforo, foram todos meus amigos, me diverti pra caralho, dancei por bosta e por fim, ele estava lá, fiquei com ele várias vezes, fiquei com a Joséfa também (pela primeira vez), demos um beijo triplo, ficamos por maior tempão juntos, até subi no colo dele quando ele tava deitado no sofá kkkk, hoje em dia isso é de boas, mas na época muita gente me julgou. Depois disso nos afastamos de vez.
Umas semanas depois, estava na aula de artes, (na qual a professora era madrasta do Pablo) quando a professora diz:
Olhei pra Joséfa na hora e fiquei muda, aquilo partiu mais ainda meu coraçãozinho. Mas o que não era pra ser, não ia ser, não é?
Bom, gente, essa foi a minha história. O Pablo continua com a Múmia, mas não adianta ter uma aliança no dedo DE NOVO, e ainda olhar pra mim com a mesma cara de apaixonado de antes, vir me seguir nas redes e ainda dar em cima de mim, TÁ PABLO??? VÊ SE APRENDE A RESPEITAR A SUA MULHER, BEIJOS.
Um beijo no core de vocês, espero que tenham gostado, xau.
submitted by rafaspbarbie to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.16 16:29 fobygrassman ESPOSAS INSATISFEITAS SÃO MELHORES QUE GAROTAS DE PROGRAMA

ESPOSAS INSATISFEITAS SÃO MELHORES QUE GAROTAS DE PROGRAMA
Esposas infiéis são mais duradouras, limpas e autênticas do que garotas de programa
Esqueça garotas de programa transando nunca foi tão fácil! De uma dona de casa traidora real.
As mulheres casadas NÃO estão procurando relacionamentos, elas já estão nelas, estão procurando parceiros discretos e divertidos para reacender e explorar sua sexualidade.
As garotas de programa estão sempre procurando extrair mais dinheiro de você. Você nunca sabe com quem eles acabaram de fazer sexo e isso torna impossível também fazer sexo apaixonado com eles.
Quantas vezes você ficou com tesão e decidiu pedir uma garota de programa? Então, depois de ter um encontro decepcionante, lamento totalmente gastar tanto em ganhar pouco!
Sempre que você liga para uma garota de programa, está jogando. Jogando com sua saúde e com sua experiência.
Ela será parecida com as fotos dela?
A mesma garota das fotos vai aparecer?
Ela será anti-higiênica?
Ela será hostil?
Ela vai tratá-lo com um mau atendimento ao cliente?
Eu sei o que você está pensando,Eu sei o que você está pensando,
MAS AS MENINAS DE CHAMADA SÃO MUITO MAIS SIMPLES!
Não é verdade!
Sim, uma garota de programa fica a apenas uma ligação, mas toda vez que você a vê, paga. Você paga com dinheiro suado. Pense em quanto tempo você precisa trabalhar para pagar por uma garota de programa.
10 horas?
20 horas?
Portanto, nenhuma garota de programa não está a um telefonema de distância, elas têm +10 horas de trabalho E uma ligação de distância.
Além disso, as garotas de programa não se importam com você ou precisam de você.
Depois de conhecer uma esposa realmente insatisfeita e dar a ela a atenção que lhe falta, você experimentará a diferença entre uma garota de programa e uma mulher de verdade.
Esposas insatisfeitas são gratas por encontrar um homem que possa agradá-las!
As esposas infiéis têm todos os benefícios e nenhum dos problemas das garotas de programa:
Conhecer as preferências sexuais do seu parceiro = melhores experiências sexuais
O envio de mensagens maliciosas acelera sua semana de trabalho;)
Verdadeira paixão e emoção de ambos os parceiros!
Limpo, Seguro e Legal.
Não constantemente tentando manipular você.
A verdade é que as mulheres ficam excitadas quando estão se escondendo e tendo encontros secretos. Esposas insatisfeitas querem ser suas garotas de programa pessoais, mas elas precisam de um pouco de incentivo e você precisa incentivá-las de uma maneira elegante e elegante.
Você não pode tratar mal as esposas infiéis da maneira que pode com uma garota de programa, mas elas também não o tratam mal como uma garota de programa. Eles não vão contar o relógio quando estão com você.
Se você acha que encontrar uma mulher casada sozinha é ainda mais difícil, pense novamente.
Você não pode ser um idiota e acha que atrairá uma mulher casada para ser sua garota de programa pessoal.
De fato, existem dicas e truques para encontrar um o mais facilmente possível aqui >>
Siga estas etapas simples e você encontrará uma esposa insatisfeita e fará dela sua garota de programa pessoal em menos de uma semana.
VOCÊ PRECISA SE INSCREVER NO ASHLEY MADISON SE QUER ENCONTRAR MULHERES INFELIDAS
E lembre-se de que você pode repetir essas etapas e encontrar uma nova esposa traidora sempre que quiser!
  1. Tire uma boa foto de si mesmo. Não precisa incluir seu rosto, pode ser discreto. Muitos perfis em ashley madison não têm fotos de rosto públicas (geralmente em sua galeria de fotos particular). Esta imagem pode ser do seu corpo ou você de fato bem ajustado (sem o rosto).
  2. Escolha um nome de usuário atraente! Esta é a primeira coisa que as mulheres veem depois da sua foto. Escolha algo descritivo ou divertido.
  3. Destaque sua necessidade de discrição. Isso aliviará as preocupações das mulheres sobre sua própria discrição.
  4. Crie uma mensagem de introdução bem pensada que você possa enviar para muitas mulheres.
  5. Torne sua galeria privada irresistível. É aqui que você inclui suas melhores fotos.
  6. Configure uma data discreta!
Traindo esposas vs garotas de programa Todos nós procuramos garotas de programa no google. Mas existe uma enorme lacuna entre ponderar e pesquisar na web a sua garota de programa mais próxima. Existem vários, mas eles são extremamente estigmatizados - por razões óbvias. Garotas de programa não são para todos, mas o sexo certamente é. Por isso, seria melhor encontrar uma alternativa para garotas de programa. Criamos um substituto para as garotas de programa, para aquelas que estão interessadas em saber como a alternativa funciona. Espero que minha experiência e discernimento possam lhe dar uma ou duas coisas para questionar, e talvez até abrir você para garotas dispostas a dormir com você gratuitamente! Por que você deve procurar alternativas para escoltar serviços? Se você ouvir alguém se gabar de uma escolta, precisará sentar esse homem e ter um momento de clareza. Mas deixe esse argumento de lado, posso escrever um romance inteiro para você. Deixe-me começar com algumas dicas. As acompanhantes são desassociadas Não é incomum pagar por sexo, mas é ilegal na maioria dos países e ajuda uma indústria bastante cruel a tirar vantagem de membros da sociedade desprovidos de frustração. Acompanhantes NÃO GOSTAM DE VOCÊ Este é o meu argumento número um por não dormir com acompanhantes. Eles não teriam dormido com você se você não pagasse. Eles não gostam necessariamente do sexo ou querem vê-lo ligado. Geralmente é por isso que gosto de sexo - porque me excita vê-la gostosa e gostosa quando ela olha para mim. Acompanhantes não são higiênicos Os acompanhantes dormiram com toneladas de homens. Pense em quantos homens a garota de programa que você está vendo dormiu naquele DIA! Se você vir uma garota de programa ou uma acompanhante às 20h, provavelmente já dormiu com pelo menos dois homens antes daquele dia. Imagens falsas As acompanhantes raramente aparecem em suas fotos. Você tem sorte se a mesma mulher aparecer. Você pode dizer que isso também pode acontecer em um site de namoro ou em uma sala de bate-papo para adultos, mas eu diria que a probabilidade de ser "pescada" por uma mulher em um site de namoro é menor do que por uma garota de programa. A maioria das acompanhantes encontra-se com suas imagens. Com segurança Eles afirmam ser seguros e testados todos os dias, mas você nunca pode ter certeza. Isso significa que qualquer homem que não seja estúpido usará camisinha 100% das vezes que dorme com uma garota de programa ... e todos sabemos que preservativos não são divertidos.
submitted by fobygrassman to garotas_de_programa [link] [comments]


2020.07.16 06:15 isabellicom2l_ Eu sou babaca?

Bom e minnha primeira vez postando nesse aplicativo por isso me perdoem por qualquer erro.
Eu tenho duas histórias para contar, mas vou contar essa mais curtinha porquê estou com preguiça no momento.
Em 2016 quando tinha 12 anos comecei a gostar de um garoto pela primeira vez, vamos chamar ele de Pedrinho. Ele era um ano mais velho que eu. Eu estava no sexto ano e ele no oitavo (sim eu ja rodei de ano, mas isso não importa.) E nesse ano eu tinha começado a participar de um grupo de dança. E eu tinha um problema de não conseguir guardar esse sentimento pra mim então eu contei para umas cinco ou mais pessoas (foi o pior erro que já cometi) e em alguns dias toda escola estava sabendo. E eu contei para uma menina que fazia dança comigo que estudava na mesma turma que ele. Não demorou muito pra ele ficar sabendo disso.
Um dia não me lembro como eu consegui o número dele, daí a gente começou a conversar, e até que eu me declarei, mas felizmente ele gostava de mim também. E a gente começou a ficar e criar um romance até aí beleza. Até que depois de uns dois meses eu na estava conseguindo retribuir os sentimentos que ele sentia por mim. Daí eu começei a tentar me afastar um pouco dele porquê eu tinha muito medo de magoar as pessoas (ainda tenho).
Eu ja tinha alguns problemas problemas psicológicos, e eu tinha duas opçoes ou eu continuava com ele me machucando e talvez futuramente machucar muito ele também, ou cortar o mal pela raíz. Eu escolhi a segunda opção, mas daí quando eu falei pra ele, ele disse que no outro dia ia me pedir em namoro e já tinha comprado as coisas. Foi aí que eu quebrei comecei a pensar será que eu não demonstrei direito que eu não estava sentindo mais sentimentos por ele, krl eu fui muito burra.
Como eu ele também sofreu muito, mas concerteza ele mais que eu. As pessoas começeram a falar pra mim, "por que você fez isso com ele? você gostava dele até pouco tempo atrás? vocÊ não se decidi oque quer? ele gostava muito de ti."
Daí por um tempo ele continuo indo atrás de mim, e como eu não queria machucar mais ele tentava meu maxímo para evitar, mas talvez eu tenha feito errado.
E no final no ano passado eu comecei a gostar dele, sim eu sei eu sou uma idiota. E como eu sabia que não ia ser correspondida eu ja falei oque eu sentia de cara, e como eu esperava ele falou que ia pedir uma garota em namoro e tals. Daí mesmo eu não querendo eu fiquei bem pra baixo eu já tava passando por uma fase dificíl minha mãe tinha falecido e mais umas pequenas coisas que me deixaram mal. Perdi um mês de aula por quase ser internada, e ele sabia disso tudo. E ele começou a fazer que nem eu fiz no passado me evitar. Daí pessoas que estavam comigo na mesma epóca que eu fiz aquilo com ele começaram a falar, "tudo ta brincando né tu acha que ele vai gostar de ti, depois de tudo oque tu fez?" Eu mandei mensagem pra ele pra perguntar porquê que ele tava me evitando talvez seja o mesmo motivo meu do passado. Daí ele falou que não tava me evitando e mandou a seguinte mensagem. "tu está triste assim porquê tu quer". Ta daí chegou o verão chegou e eu tenho piscina de chão na minha casa, daí meio que ele se ofereceu para vir, (eu acho que tinha convindado ele antes de me declarar pra ele), e eu deixei ele vir daí uma amiga minha que eu tinha convidado foi lá buscar outra garota pra vir que eu nem conhecia, e eu falei tá. Daí aquela garota que era mais nova que eu queria ficar com ele no primeiro momento ele falou que não podia, mas depois de um tempo ele começou a dar em cima dela também. principalmente na hora do verdade ou desafio, daí tava anoitecendo e a gente foi levar essa menina pra casa dela. Eu tava bem magoada segurando as lagrimas dai na rua da casa eu falei que iria espera ali. Não estava conseguindo segurar as lagrimas. Dai depois eles voltaram, e quando ele foi embora ele falou depois me passa o número da tua amiga. e foi embora. Depois de um tempo eu consegui superar ele, mas ainda me sinto estranha quando vejo ele.
Quem foi babaca nessa história? Espero que não tenha sido entediante para vocês se quiserem depois trago minha outra história.
submitted by isabellicom2l_ to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.13 05:29 trouxa-apaixonada Como fui trouxa e não foi pouco..

Olá ! Luba, Editores, pessoas que podem ler se quiserem, bom, sem mais delongas, é que não sei se estou escrevendo no lugar certo, mas ok (primeira vez aqui)
Então tenho 23 anos, e ano passado, levei um SUPER pé na bunda do meu ex, vamos chamar ele de (Carls) para resumir eu fazia tudo por ele e mesmo assim levei um pé, porque afinal, não importa o que a gente faça nunca vai ser suficiente para quem não valoriza, ps: além dele vir no dia do meu aniversário me parabenizar e depois dizer que não gostava de mim, o que era super desnecessário, descobri que levei galha, mas aquilo foi triste, ele esfregou a atual na minha cara, mas superei, meses depois de superação, agora sim a história, um amigo de um amigo viu uma foto minha o (Lars) chamaremos assim, veio querendo me conquistar, e eu super resistente disse, olha eu não quero porque enfim, sai de um relacionamento e foi bem bosta, MAS como um bom BR que é, honrando o time do “não desisto nunca” esse jovem rapaz ficou em cima, marcamos da sair, fomos ao shopping (isso antes da pandemia) e olha foi bom, ele conquistou meu coração de donzela apaixonada. Bom tudo estava indo bem, se atentem ao estava, foram uns 6 meses de lance romance, mas comecei a perceber certas coisas, 1º ele não postava nada de fotos comigo, o que é estranho porque 6 meses é um relacionamento me faz pensar agora que era pros contatinhos deles não saberem coitadas, o que nos leva a 2ª coisa ele nunca falava de namoro, mas gostava do comodismo me deixando lá com ele falando de um futuro nosso HAHA!que piada me iludindo forte e 3º a manipulação.
Vejam bem, conforme o tempo foi passando ele foi dizendo coisas absurdas, coisas que meus amigos falavam corta esse cara, ele não te respeita, mas eu estava lá firme e forte seguindo meu coração e quando chegava e falava que não dava mais ele dizia (eu posso mudar) por favor, essa frase merece toda a ironia quando lida, e eu acreditava, até que um dia, discutimos por um negócio bobo, e ele mudou, começou a demorar para responder, não falava comigo por horas e só mandava boa noite ou bom dia (como se eu fosse agenda) ENTÃO SURTEI, falei tudo, disse que ele estava estranho e tinha mudado, mais foi um big texto que dava 3 cartolinas CHEIAS, para receber a resposta de duas linhas dizendo o que ?? Não vou responder pois não tem o que dizer, bom depois disso como uma ótima agenda que eu deveria ser para ele, recebi um boa noite, depois disso nunca mais nós nos falamos, não sei como ele está, mas é como dizem, o silêncio também fala não é mexxmo.
Fui trouxa dele porque quando me apaixono fico assim uma trouxa mais que ja sou, quero animar a pessoa e saber que está bem enfim, quero também poder estar presente, mas esse foi um “amor” que começou antes da quarentena e depois dela durou pouco porém o suficiente para ver que eu estava amarrando meu cavalo na cerca errada, histérica e que um belo dia poderia me bater. Para as meninas e meninos, lembrem-se as vezes estamos só regando flores mortas cuidado com quem se racionam. Beijos. Estou superando E Luba ele falou mal do seu canal quando mostrei os NICE GUYS, oseja ele é um nice guy. Obrigada a todos e BEIIIIJOS.
submitted by trouxa-apaixonada to TurmaFeira [link] [comments]


OS 10 MELHORES FILMES DE ROMANCE ADOLESCENTE #1 - YouTube menina cantando ' Romance desapego'. - YouTube Théo Medon - MENINA ( Official Music Video ) - YouTube A Garota dos Meus Sonhos , Romance Filme Completo - YouTube TOP 5 MELHORES DORAMAS COM MENINAS VESTIDAS DE MENINO #2 ... ROMANCE DESAPEGADO - CONDE DO FORRÓ (CLIPE OFICIAL) - YouTube OS 10 MELHORES FILMES DE ROMANCE ADOLESCENTE - #2 - YouTube A Garota (2018) Romance/Drama Completo Dublado Filme 7 Animes Onde o Cara Fica com Uma Menina POPULAR! - YouTube Gusttavo Lima - Menina (Videoclipe) - YouTube

Passarinha: romance inesquecível sobre menina com Autismo ...

  1. OS 10 MELHORES FILMES DE ROMANCE ADOLESCENTE #1 - YouTube
  2. menina cantando ' Romance desapego'. - YouTube
  3. Théo Medon - MENINA ( Official Music Video ) - YouTube
  4. A Garota dos Meus Sonhos , Romance Filme Completo - YouTube
  5. TOP 5 MELHORES DORAMAS COM MENINAS VESTIDAS DE MENINO #2 ...
  6. ROMANCE DESAPEGADO - CONDE DO FORRÓ (CLIPE OFICIAL) - YouTube
  7. OS 10 MELHORES FILMES DE ROMANCE ADOLESCENTE - #2 - YouTube
  8. A Garota (2018) Romance/Drama Completo Dublado Filme
  9. 7 Animes Onde o Cara Fica com Uma Menina POPULAR! - YouTube
  10. Gusttavo Lima - Menina (Videoclipe) - YouTube

DESCUBRA como Emagrecer até 8Kg emApenas 14 Dias de Forma Simples e Saudável com DETOX:100% GARANTIDO! Atenção: Tudo de Forma NATURAL , Sem passar Fome e Sem... Oi, sumidos! Então, hoje o assunto do vídeo são aqueles doramas com um tema bem maluco que muito provavelmente não daria certo na vida real hahaha Doramas co... menina canta muito. 💕💕Gostou do vídeo ? Se sim se inscreva no canal e acionar o sininho 🔔🔔 para não perder nenhum vídeo novo 💕💕♡ Deixa aquele Like 👍 E compartilhem com os amigos... Aqui ponho filmes que eu recomendo super assistir ^-^ Tomara que gostem do vídeo! E se gostaram deixe aquele joinha pra ajudar o canal cada vez mais ! Coment... Animes onde o protagonista se relaciona com a garota popular, eu queria colocar alguns protagonistas do gênero feminino, mas eu acabei deixando para o próxim... Acessem Assinem e divulguem o nosso Canal. Os melhores filmes voce encontra aqui. Se inscreva no novo canal - https://www.youtube.com/c/GSilvaVideoclipes @gustavo.sgsantos @gustavosilva.yt @topsertanejobrasil Muito Obrigado ;D - Inscreva-se no canal : https://www.youtube.com/c/CondedoForróoficial - Ative as notificações Escute nas plataformas digitais: https://ffm.to/romancedesapeg... Meu primeiro clipe da minha primeira música autoral! Curtam muito! Agradecimento: Colégio Estrela Sírius Participação Especial: Melissa Nóbrega Elenco: Dudu ...