Para encontrar o amor

Sinais de que você está pronto para encontrar o grande amor 1. Você é uma pessoa verdadeira. Se você deseja que alguém o ame em todos os momentos, os bons e os ruins, primeiro você deve ser assim com a outra pessoa. Conheça seus próprios desejos, para então estar pronto para conviver bem com o outro. Simpatias para Amor Nesta categoria vai encontrar simpatias para amor poderosas. Muito eficazes! Simpatias para Saúde Se você sofre com problemas de saúde tem de experimentar estas simpatias para a saúde. Têm testemunhos! Simpatias para Sorte Se você tem problemas de sorte tem de experimentar estas simpatias para a sorte. Arrume emprego, ganhe na lotaria e muito mais. Como Encontrar Amor. O amor é uma coisa tão elusiva que parece que a busca para encontrá-lo não termina nunca. Sabemos que ele existe, porque já vimos outras pessoas o desfrutando, mas o caminho é tão obscuro que a tentação para desistir e... Faça a sua inscrição gratuita e descubra como é fácil encontrar o amor da sua vida no site de relacionamentos Amor Online. Tudo o que precisa fazer é perder uns breves minutos ao preencher o seu perfil, colocar uma foto atraente, definir aquilo que procura nesta rede social de encontros amorosos: Encontros íntimos, namoro sério, amor verdadeiro, encontros sexuais, amizade... Entretanto, continuam existindo dicas importantes para encontrar um amor que dure. Confira em seguida. Dicas para encontrar o amor e o parceiro certo 1. Conheça a si mesma. Já todo o mundo falou que o homem perfeito não existe, porque o que é perfeito para uma mulher não será perfeito para outra. O primeiro passo é se conhecer a você mesma. Salmos para o amor em 2021. De um modo geral, os Salmos de Davi funcionam como um anúncio sobre o amor de Deus. Mesmo que categorizados como Salmos de lamentações, de fé, de liturgia e outros, todos enaltecem a misericórdia e a sabedoria divina, que nunca nos desempara. PARA SABER QUANDO ENCONTRAR O AMOR Marcial Salaverry Certamente não é uma tarefa fácil, saber quando se encontra o chamado amor da vida, e vamos entender que sempre que se for falar de amor, há que se lembrar de um de seus maiores cultores, o sempre vivo Poetinha, nosso inesquecível Vinícius de Morais que inclusive deu a receita de como ... Elas querem encontrar o amor, mas muitas vezes não estão dispostas a ter encontros, a fim de encontrá-lo. Isso aumenta a dificuldade de encontrar amor. 5) Elas querem um parceiro comprometido. Uma alma antiga quer uma relação em constante evolução. Ela sabe que o amor precisa ser constantemente nutrido. Acredite que o primeiro impacto será positivo, e terá muito mais probabilidade de conseguir obter bons resultados na procura do amor. Estas são apenas 5 dicas base para conseguir encontrar o amor online, contudo, tenha sempre em conta que deve procurar pessoas que tenham as características que procura para um relacionamento a longo prazo. O que peço é apenas uma chance de encontrar o amor verdadeiro, aquele que se vive com prazer e alegria, não importa se a vida está dura ou não. Peço a todos vocês, queridas entidades da mais profunda luz, que me abram os caminhos para que eu encontre alguém que me ame e mereça meu amor.

Tô bem, mas sou solitário

2020.10.01 01:24 Professor_Helpful Tô bem, mas sou solitário

Acho que vai ser longo.
Começo em uma hora positiva: estou em um bom momento da minha vida. Trabalho com algo que gosto bastante, vou fazer uma pós graduação em uma área de meu interesse, pago minhas contas e moro sozinho. Eu tenho alguns hobbies como música, alguns jogos, e principalmente gosto de cinema. Sou daquelas pessoas que falam do enquadramento e das metáforas de uma cena, mas também animo a assistir blockbusters, só depende da companhia.
Aí acaba a nota positiva.
Eu já me relacionei com várias pessoas, e recentemente, com a ajuda de um amigo, percebi o perfil que atraio. Eu não me valorizava, deixava as pessoas fazerem o que quisessem comigo, e até criava justificativas “ah, ela está cansada hoje, tudo bem” - eu dizia pra mim mesmo. Mas foi assim com várias pessoas, até eu descobrir o amor próprio (depois de 29 anos de existência por aqui)
Passado essa introdução, o meu real desabafo é que tenho medo de não encontrar alguém. Parece drama adolescente, mas é algo que me entristece de verdade. Eu gosto muito da minha companhia, e super me daria bem com alguém como eu, mas tem um porém importante. Além de descobrir o respeito e amor próprios, eu descobri e entendi que sou assexual - que é um termo geral num espectro, mas resumidamente no meu caso, não tenho interesse por sexo. Não tenho repulsa à ideia, e já fiz, só não gosto mesmo. E não foi por “não encontrar a pessoa certa”, foi só porque realmente não é algo que me interessa. E isso é um deal breaker pra muitas pessoas. Como é uma descoberta recente, eu nem sabia o que dizer quando chegava nesses assuntos, já que se é esperado que um homem esteja sempre querendo sexo.
Para finalizar, recentemente conheci uma garota e contei para ela que eu era ace. Ela achou legal, disse que estava tudo bem, e eu fiquei bem feliz e me senti aceito. Achei que dessa vez daria certo. Não deu. Ela desapareceu do nada, eu procurei, ela desconversou e simplesmente ignorou. Nós já nos conhecíamos há 5 meses antes de nos encontrarmos. O mais curioso é que, como disse no início, esse tipo de coisa acontece muito. Esse tipo de gente aparece muito na minha vida. Eu só queria alguém para compartilhar meus hobbies - de uma forma diferente da que já faço com os amigos.
É isso. Agradeço por lerem até aqui, e mandem mensagens positivas se puderem :)
submitted by Professor_Helpful to desabafos [link] [comments]


2020.09.30 22:19 oscarsantosrus Recuperando a autoestima após a traição dela. Recomeçando a vida. Abertura para um novo relacionamento.

A minha situação levou ao menos a uma dedução, ninguém é confiável!
Eu, 44 anos (mas todos comentam que tenho cara de 30 e poucos), depois de pouco mais de uma década de casamento com ela, 42 anos (também aparenta ser um pouco mais jovem), não dá para acreditar que a mesma poderia fazer isso (foi em 2019). Tínhamos um bom padrão de vida, nada tão top, mas melhor que muitos casais na nossa faixa e alguns amigos, bons empregos, ríamos e tínhamos tudo aquilo que um casal com o tempo de relacionamento poderia ter, brincadeiras, assuntos, responsabilidades, mas sim, perdemos algumas coisas com o passar do tempo. O sexo foi diminuindo (não eu, sempre corri atrás dela), problemas foram surgindo, deixamos de conversar mais, mas no final sempre saíamos vitoriosos.Sempre estive ao lado dela, e ela alguém que chegou na minha cidade/estado sozinha, saem expectativa alguma, sem amigos, uma pessoa para quem eu sempre me doei, talvez isso não tenha sido amor suficiente, não sei, e olha que passamos por muita coisa complicada.
Sempre fui dedicado, prestativo, ajudador, carinhoso, parceiro, amigo, e esses atributos estão em mim, eu sei, já me falaram por conta dessa situação, não mudarei isso à próxima sortuda que surgir, mas recomeçar tudo de novo, encontrar alguém, o flerte, as fases, e talvez não dê em nada, difícil pra mim ouvir um não. Tenho no pacote várias falhas também, sei que não converso tanto quanto poderia , ou fui perdendo para com ela isso (um ponto que eu sei que tenho que melhorar), mesmo alguns assuntos eu evitava conversar, vergonha talvez, um tipo de receio de não ir de encontro a ela, criar conflito, é até estranho isso um casal.
Eu poderia te-la traído, mas nunca nem passou pela cabeça e nem houve alguma mulher próxima, falo por um período de distanciamento que houve por uns 5 anos devido a trabalho. Sempre fui fiel e tenho caráter, mas da parte dela nunca imaginei, nunca passou pela cabeça, que ela falharia de forma tão ruim. Eu só queria dela amor, fidelidade e dedicação como esposa.
Será que há mulheres atrás de alguém com um perfil assim? Fico na dúvida. Tinha que ser mais fácil as pessoas se conectarem. Até entrei no Tinder, recebi matches interessantes, mas depois sumiam, uma outra aparecia para conversar, mas eu ficava com receio do próximo passo. O que está escrito no perfil poderia não ser a realidade ou não espelhar o mínimo que eu precisasse saber.
Meu objetivo não é sair para sexo, é uma relação de conhecimento, amizade, diversão estendendo para algo futuro se rolar, sexo sim, faz parte do ser humano, do prazer, da relação. Casar? Minha situação me fez uma pessoa muito triste quanto a acreditar nisso, mesmo tendo sido instituída por Deus (que eu creio e sigo), mas sim, evoluindo aí pode-se pensar em morar junto ou algo de papel passado.
O pior é ela não ter aceitado o erro e tentar se justificar, até mesmo perante a família dela. Pirou totalmente a cabeça, passou a viver num mundo completamente diferente de antes.
Tenso demais isso, pior ainda é saber que foi trocado por alguém infiel (casado também), pobre, pé-rapado, sem expectativa (esse sim). Sem denegrir nos comentários, somos adultos, já passamos da fase de adolescência. E ouvir ainda coisas do tipo "nunca te amei", "você é um bom marido" e outros blablas, mas falar sobre não querer mais.
É meio que um desabafo, simplifiquei bastante como foi minha situação no passado recente, mas meu coração não está preso mais a isso, e nem a recaídas, pelo contrário, não sei e nem quero saber da vida dela, quero viver a minha como passei a viver melhor.
Caso alguém queira trocar idéia fora dos comentários pode mandar mensagens privadas que lerei.
submitted by oscarsantosrus to desabafos [link] [comments]


2020.09.30 21:42 oscarsantosrus Recuperando a autoestima após a traição dela. Recomeçando a vida. Abertura para um novo relacionamento.

A minha situação levou ao menos a uma dedução, ninguém é confiável!
Eu, 44 anos (mas todos comentam que tenho cara de 30 e poucos), depois de pouco mais de uma década de casamento com ela, 42 anos (também aparenta ser um pouco mais jovem), não dá para acreditar que a mesma poderia fazer isso (foi em 2019). Tínhamos um bom padrão de vida, nada tão top, mas melhor que muitos casais na nossa faixa e alguns amigos, bons empregos, ríamos e tínhamos tudo aquilo que um casal com o tempo de relacionamento poderia ter, brincadeiras, assuntos, responsabilidades, mas sim, perdemos algumas coisas com o passar do tempo. O sexo foi diminuindo (não eu, sempre corri atrás dela), problemas foram surgindo, deixamos de conversar mais, mas no final sempre saíamos vitoriosos. Sempre estive ao lado dela, e ela alguém que chegou na minha cidade/estado sozinha, saem expectativa alguma, sem amigos, uma pessoa para quem eu sempre me doei, talvez isso não tenha sido amor suficiente, não sei, e olha que passamos por muita coisa complicada.
Sempre fui dedicado, prestativo, ajudador, carinhoso, parceiro, amigo, e esses atributos estão em mim, eu sei, já me falaram por conta dessa situação, não mudarei isso à próxima sortuda que surgir, mas recomeçar tudo de novo, encontrar alguém, o flerte, as fases, e talvez não dê em nada, difícil pra mim ouvir um não. Tenho no pacote várias falhas também, sei que não converso tanto quanto poderia , ou fui perdendo para com ela isso (um ponto que eu sei que tenho que melhorar), mesmo alguns assuntos eu evitava conversar, vergonha talvez, um tipo de receio de não ir de encontro a ela, criar conflito, é até estranho isso um casal.
Eu poderia te-la traído, mas nunca nem passou pela cabeça e nem houve alguma mulher próxima, falo por um período de distanciamento que houve por uns 5 anos devido a trabalho. Sempre fui fiel e tenho caráter, mas da parte dela nunca imaginei, nunca passou pela cabeça, que ela falharia de forma tão ruim. Eu só queria dela amor, fidelidade e dedicação como esposa.
Será que há mulheres atrás de alguém com um perfil assim? Fico na dúvida. Tinha que ser mais fácil as pessoas se conectarem. Até entrei no Tinder, recebi matches interessantes, mas depois sumiam, uma outra aparecia para conversar, mas eu ficava com receio do próximo passo. O que está escrito no perfil poderia não ser a realidade ou não espelhar o mínimo que eu precisasse saber.
Meu objetivo não é sair para sexo, é uma relação de conhecimento, amizade, diversão estendendo para algo futuro se rolar, sexo sim, faz parte do ser humano, do prazer, da relação. Casar? Minha situação me fez uma pessoa muito triste quanto a acreditar nisso, mesmo tendo sido instituída por Deus (que eu creio e sigo), mas sim, evoluindo aí pode-se pensar em morar junto ou algo de papel passado.
O pior é ela não ter aceitado o erro e tentar se justificar, até mesmo perante a família dela. Pirou totalmente a cabeça, passou a viver num mundo completamente diferente de antes.
Tenso demais isso, pior ainda é saber que foi trocado por alguém infiel (casado também), pobre, pé-rapado, sem expectativa (esse sim). Sem denegrir nos comentários, somos adultos, já passamos da fase de adolescência. E ouvir ainda coisas do tipo "nunca te amei", "você é um bom marido" e outros blablas, mas falar sobre não querer mais.
É meio que um desabafo, simplifiquei bastante como foi minha situação no passado recente, mas meu coração não está preso mais a isso, e nem a recaídas, pelo contrário, não sei e nem quero saber da vida dela, quero viver a minha como passei a viver melhor.
Caso alguém queira trocar idéia fora dos comentários pode mandar mensagens privadas que lerei.
submitted by oscarsantosrus to relacionamentos [link] [comments]


2020.09.30 21:06 pla-to Escritor a beira do colapso

Olá, Brasil
hoje venho lhes apresentar meu dilema. Gostaria de saber se os senhores podem me auxiliar, pedindo desculpas antes mesmo de começar a me explicar, tendo em vista o tamanho do post que abaixo segue. Para quem possuir a paciência e a resignação de ler até o final, só me faz possível agradecer e lhe estender um virtual e fraternal abraço.
tl;dr>! sou bipolar e gosto de escrever, não tenho um puto no bolso pq anos de estudos de filosofia e literatura me tornaram incapaz de conviver de maneira adequada nessa sociedade doente, peço que avaliem meu trabalho para que eu saiba se há futuro para mim na escrita e, também, que me ajudem com conselhos profissionais, doações ou de qualquer outra forma para que eu possa sair da cidade em que resido e busque um lar em São Paulo.!<
Vamos lá:
Me chamo Dillon Hagar (meu pseudônimo literário) e tenho ~30 anos. Sou formado em direito e administração com pós em direito penal e processual penal, não que isso me seja muito relevante sobre quem sou, acredito estar mais relacionado com minha história.
Venho de uma família brasileira típica: meu pai e minha mãe são pessoas honestas que sempre trabalharam (muito) para buscar oferecer o melhor para meu irmão e eu. Apesar da extrema formalidade que compele o viver dos dois, sei por fato e história o quanto eles nos amam. Meu pai sempre foi um cara absurdamente estourado e - até recentemente - acreditei que isso era apenas seu jeito de ser, afinal o cara já engoliu alguns sapos da vida (principalmente de sua falecida mãe).
Talvez pelo fato de ser tão estourado, permiti por muito tempo que minhas escolhas fossem feitas por mim, afrontar seus nervosismos só me gerava ainda mais ansiedade. Sempre me foi difícil o necessário pisar em ovos com ele, já que somos pessoas absolutamente distintas. Seu ideal de justiça é através da imposição da violência enquanto sou apenas um advogado que valoriza o debate, defende as garantias e direitos individuais e conhece um pouco das mazelas do nosso maravilhoso Brasil.
Fiz uma faculdade (duas, se prezar pela especificidade) que me habilitaram em uma profissão que não tinha e nem tenho a menor intenção de exercer. Sou advogado inscrito na OAB/SP, porém tudo que gostaria de fazer é rasgar minha carteira e escrever... Mas tudo bem, quem não é advogado hoje, não é mesmo?! Está ai a primeira vaidade formal que meus pais têm sobre mim que não faço questão.
Tenho um irmão mais velho (programador) que, com muito trabalho e talento, conquistou seu lugar ao sol nesse caótico mundo e foi morar em outro país, longe do julgamento dos velhos.
Para o caçula, restou apenas buscar se adequar a sociedade de uma cidade do interior paulista (~180k habitantes, ~450km da capital) e tentar ganhar algum dinheiro, porém, como fazemos isso quando não há oportunidades e se é um desarticulado?
Aos melhores empregos, não possuo a experiência. Para os demais, sou mais qualificado do que deveria. Sou um monstro em pele de homem, vagando por uma cidade que não parece ter o interesse de recepcionar o diferente.
Veja bem, estimado leitor. Sei o que sou e, acredito que aqui, seja o momento ideal para dizer o bestial ser que lhes redige este biográfico texto. Minha sinceridade é inata, não posso me mostrar por menos, não me sentiria bem comigo mesmo se não soubessem quem realmente é aquele que lhes pede algo.
Há alguns anos - graças a uma maravilhosa ex-namorada psicóloga - contrariado pelos meus pais que sempre viram saúde mental como tabu, decidi buscar ajuda profissional para tratar o vazio existencial que existe/ia dentro de meu peito. Após 6~8 anos de terapia e pelo menos outros 6 de clínica psiquiátrica, me deparei com o diagnóstico de um distúrbio de personalidade, "Transtorno de bipolaridade tipo 2", dizem os médicos. Como gosto de informalidades, prefiro chamar apenas de "meus demônios".
"Meus demônios" por muito tempo foram seres antagônicos dentro de mim, me aterrorizavam madrugadas a dentro, cochichando terríveis segredos em meus ouvidos. "Nunca serás o suficiente", "aqueles que dizem te amar riem de ti", "se tens medo de monstros olhe bem para dentro de si: tu és o monstro de quem teme". Nada legal, não?!
Medicação e terapia me tornaram inteiros, ao menos o suficiente para que tomasse as forças necessárias para meu "salto de fé", me fazendo no começo do ano finalmente deixar o ninho e buscar continuar somente com a força de minhas próprias pernas. A felicidade e a esperança, como bem sabem do ano de 2020, talvez tenham sido mal colocadas.
Surpreendentemente, mesmo com as coisas nesse plano de existência estarem indo em vertiginoso declínio, me encontro de certa forma bem e feliz comigo mesmo. "Meus demônios" agora são seres integrados em minha convivência e, com a força do estudo da filosofia (valeu Platão, estoicos, Nietzsche e demais) e outros literatos, descobri que não deveria mais temer minha patologia. Aprendi que ela sou eu e eu sou ela, essa "bipolaridade" que me faz navegar tão rapidamente entre humores é tão somente parte de quem sou. Se antes terapia e remédios eram minha cura, hoje digo com propriedade que aprendi ser minha própria mirtazapina. Se antes chorar de manhã e sorrir de tarde eram um problema, hoje aprecio o fato de lacrimejar enquanto escuto Avril Lavigne (que mulher!), mais tarde me abraçar ao som de Dream Theater e me odiar durante as madrugadas com Witchcraft ou Void King. Música, filmes e livros: ai está minha eterna companhia.
Pois bem, caríssimos estranhos. Sou o que sou e não lhes nego! Talvez esse seja o maior trunfo do anonimato: a possibilidade de ser quem quiser ser sem o prejuízo de julgamentos. Espero que minha sinceridade não lhes seja ofensiva ao decoro, para os que até aqui chegarem agradeço de coração sua insistência.
Ok, ok, divago! Vamos voltar ao ponto central e motivo desse texto: Não tenho amigos e não tenho emprego. O primeiro se deve ao fato de que sou quem sou: aprendi a duras verdades que em uma cidade deste tamanho existem mais pessoas dispostas a lhe julgar do que entender. Geralmente fogem quando confesso ser bipolar ou quando descobrem que não tenho medo de estar em contato com meus sentimentos. Que coisa não?! Em pensar que o que todos buscavam era verdadeira conexão e honestidade nas relações. Mas tudo bem, quem lhes redige sabe que sua intensidade pode ser exigente demais da disponibilidade dos outros, procuro não julgar os que me negam.
Já para falta de emprego talvez seja uma consequência lógica do primeiro: Em entrevistas de emprego costumo ser brutalmente honesto com meu empregador (afinal não é o que pedem?), ainda há pouco me perguntaram qual o meu salário ideal, quando respondi minha quantia, balançaram a cabeça em sinal negativo e disseram que era incompatível. Quem sabe não tenha sido o mais inteligente de minha parte dizer que "talvez o senhor não devesse fazer perguntas que não lhe agradam a resposta, achei que me perguntavas o que eu queria, não que buscasse adivinhações". Sim, sou este tipo de ser. Novamente perdão se lhes ofendo, reafirmo não ser minha intenção. Convido-lhes para uma reflexão, amado desconhecido: poderia eu, sendo quem sou, responder diferentemente?
Pois bem, venho fazendo o que todo jovem advogado têm feito: ofereço serviços jurídicos a preços módicos (que costumeiramente adapto aos meus clientes como forma de lhes ajudar). Sou criminalista mas somente atendo um seleto tipo de criminosos: àqueles a quem se não oferecido um serviço jurídico, muito provavelmente seriam engolidos pela máquina punitiva do Estado e integrados ainda mais a criminalidade. Não advogo para partidos criminosos e muito menos para criminosos de carreira, minha intenção é ajudar e não livrar-lhes de culpa. Talvez percebam aqui os motivos de porque não me restar dinheiro...
A fim de dedicar ainda mais honestidade à este texto, digo-lhes que tenho sim uma amiga. Uma sócia-comparsa, somos advogados e trabalhamos juntos coletando moedas enquanto tentamos ajudar, um pássaro de asa quebrada por vez.
Novamente divago, perdão. Ao ponto então: bem, como já devem tê-lo percebido, meu negócio é a escrita. Amo escrever, estudo latim por hobby, leio dostoievisk por esporte. Escrevo poemas, poesias, cartas, o que quiser. Dedico aos meus amigos e conhecidos aquilo que posso oferecer: no meu caso é o que coletei em meus 30 anos de existência. Você tem um problema amoroso? Ótimo! Sou teu brother e lhe farei uma carta ou um poema para que sares o coração, ó jovem apaixonado! Lhe incomoda a ansiedade saber que em breve terá que defender seu TCC? Maneiro, meu parceiro! Dedicarei à ti minha próxima carta sobre como deve se lembrar que em outra época, também já se apavoraste com o vestibular mas, ainda assim sobreviveste. Aproveito para lhes endereçar esta pergunta: Como se sentiriam se alguém lhes dedicasse uma carta sobre um problema que você confessou ter? Enfim, acho que pegaram o fio da meada.
Atendendo ao meu cósmico chamado, neste mês de setembro (setembro amarelo, lembro), silenciei meus demônios e passei a publicar alguns de meus textos, cartas e poemas em meu facebook particular. Alguns receberam mais likes que outros, alguns nenhum. Devo dizer que me dói saber que minha escrita às vezes não é apreciada.
Ao verem uma suculenta oportunidade, meus "dêmos" foram atiçados e voltaram a sussurrar. A minha vantagem é que neste momento, estando um bocado mais forte que antes, pensei que talvez não devesse eu ceder a régua que me mede à mão de pessoas que porventura não são verdadeiramente amigas. Improvável mas possível...
Sem dinheiro, sem perspectiva e sem companheiros, resto sozinho vivendo em um apartamento quase de favor com um conhecido. Gostaria de me mudar para São Paulo e conhecer todas aquelas pessoas estimulantes que pertencem àquele maravilhoso lugar, porém, como, se não disponho de condições nem para minha terapia e psiquiatra? Às vezes sinto que minto para as duas quando digo que estou bem, em ordem de fazer diminuir o número de sessões e medicamentos que preciso despender. Mando meu amor para as duas: não fosse por elas e os descontos absurdos que me proporcionam (na terapia, pago menos da metade; na psiquiatra, 1/3), talvez eu não estivesse me sentindo tão radiante. Não é lindo quando profissionais se despem de sua autoridade e tocam outro humano apenas como um humano?
Pois bem, venho até este maravilhoso sitio eletrônico e lhes peço: sejam meus juízes! Convido-lhes ao meu julgamento e de meu trabalho. Serei eu um bom escritor? Existe um ofício por trás destra escrita? Poderia eu tudo abandonar e - quem sabe finalmente - me encontrar alinhado e instrumentalizado pelo senhor universo através da bela e indescritível energia cósmica enquanto escrevo? Acredito que o tempo e os senhores podem me dizer...
Encaminho o link de meu tumblr (tumblr pra escritor br, ok, isso é ainda de se analisar), nele encontrarão algumas de minhas escritas publicadas nesse mês de setembro. Caso a paciência e a boa vontade acompanhem os senhores e senhoras, peço gentilmente que leiam, avaliem e sentenciem neste post o que considerarem pertinente. Caso estejam cansados de minha presença e queiram buscar apenas o poema mais lido, acredito que tenha sido este.
Para aqueles que realmente creem no valor de meu trabalho, também anexo um link para doação em paypal, onde aceito qualquer valor que puderem me ceder. Por ora, fica desabilitado a possibilidade de subscreverem em assinatura as doações, antes avaliarei se há futuro para mim nesse negócio de escrita.
E para você, que precisa de alguém que lhe escreva uma carta, um poema, uma poesia, ou que tenha, sabia ou queira um empregado escritoredatofaz tudo, sabia que recebo pedidos por email ( DillonHagarF ARROBA gmail PONTO com ) ou até mesmo através desse post ou direct.
Há aqueles que me chamarão de tolo por acreditar na bondade de estranhos na internet, devo lhes dizer que não me importo. Somente atendo minha própria natureza assim como acredito que cada um deve atender a própria. Estejam todos abençoados e em paz: aos que me ajudarem, mais, aos que me ignorarem, em igual proporção.
Por fim, agradeço todos que chegaram até aqui. Vocês são seres maravilhosos e o dom de sua curiosidade proporcionou a um desconhecido na internet um momento de felicidade. Um profundo e sincero obrigado! Sintam-se amados até mesmo por quem lhes desconhece!
submitted by pla-to to brasil [link] [comments]


2020.09.29 20:17 jacd03 ¿Es posible sacar adelante a México a base de habilidades digitales?

Yo creo que sí, les expongo unos simples números.
Este no es uno mas esos threads de siempre tipo "ahh el desempleo/bajos salarios en México yo me voy" pesimistas y altamente individualistas, ni los ultra mamadores de "jaja gano 250k al extranjero, me vale verga lo que pase acá" que no comparten su experiencia o la ruta par que otros más puedan lograrlo, tengo mucho amor por mi comunidad y por ende la economía local de mi ciudad, etc. por lo que siempre estoy en busca de mejorar las oportunidades de la gente a mi al rededor.
Empecemos por definir que una Micro-empresa tiene hasta 10 empleados y en México facturan hasta 4 MDP al año y las ¨Pequeñas tienen hasta 50 empleados facturando hasta 100 MDP. ambas en conjunto tienen el 75% y 13% de los empleos que se generan en México. por ahí leí que incluso 66% de las empresas no llegan ni al millón de pesos en facturación en sus primeros 2 años. según cifras de Bancomext.
$4,000,000.00 / 10 empleados = $400,000.00 pesos de ingresos al año por cada empleado en cifras simples ( sin reducirla costos de ventas, gastos operativos, etc) ¿por que nos sorprende que las empresas paguen mal si ni si quiera tienen la capacidad de generarse buenos ingresos para ellas mismas?
Toma a las mismas 10 personas y enséñales habilidades digitales (desde MKT, diseño web, programación, data analyst, financial analyst, Estrategia de ventas, etc.) en fin todos los roles que actualmente pueden encontrar en portales de trabajos remotos y que tienen demanda global los rangos de sueldos van desde $35,000 USD a poco mas de $100,000 USD para posiciones remotas, para ejemplo agarremos los peores salarios y comparemos.
10 empleados de PYMES mexicanas vs 10 individuos que ya sea como freelance o en agencia, realizan estos trabajos a mercados mejores pagados.
$4,000,000 de VENTAS vs $8,600,000 de INGRESOS ojo a la pyme habría que restarle aun los costos del producto, mientras que a los servicios si acaso algunos gastos operativos, oficinas, licencias, capacitaciones, etc. pero siempre tienes mejor margen de utilidad que un negocio tradicional legal. ¿te imaginas que esto sucediera a escala mayor en tu ciudad? que la orientación de las escuelas no fuera sacar otro Licenciado mas al mercado laboral, otro emprendedor de comida, otro mentalidad de tiburón y se preocupara por que tengas un nivel de ingles optimo y las habilidades mas demandadas... ¿por que esto no se da? y si somos conscientes de ello ¿por que espera a las instituciones públicas cuando todo puede venir de los privados?
El segundo punto es que no solo es menos dinero el generado por la PYME, también su distribución, por esos empleos si a caso pagar $1,000,000.00 de pesos a sus empleados en su conjunto, mientras que en el otro todos tienen la misma distribución. Mayor riqueza y mejor distribución de la misma en tu comunidad.
En lugar de poner a 10 taqueros a competir por surtirle el mismo taco a la misma persona, tendrías 1 taquero sirviendole tacos a 10 personas con buen poder adquisitivo. (se que es demasiado simplista, pero como decía uno de mis mejores maestro de economía, la economía de una localidad es simple si te enfocas en las personas y se vuelve compleja a medida que involucras instituciones, gobierno y dinámicas de mercado) por lo que creo que este ejemplo es valido.
Siento que el ambiente "emprendedor" de México es sumamente toxico, esta lleno de fakers, vende humo o incluso peor, gente que lo ha logrado y no comparte como su comunidad como también podrían lograr algo similar.
Al mexicano le han hecho pensar que solo se sale adelante a base de inversión extranjera, de vender los recursos, del turismo (que no es algo más que una casualidad geográfica) que pedo ¿nuestro cerebro no vale? ¿la educación enfocada a la generación de valor real? esperando a que por fin llegue un político que mágicamente nos lleve al primer mundo.
Aprender estas habilidades > emprender otra PYME tradicional (si eres joven y tienes esta inquietud te animo a que primero explores el primer camino)
Atracción de mejores salarios a la zona y generación de talento > Atracción de capitales extranjeros (si ya se que las cosas grandes sin imposibles sin ellos, pero la primera atrae a la segunda cuando el gobierno no pone las bases)
Nada de lo que pongo es nuevo, ni iluminado, incluso en este foro es cultura general y bien sabido, pero pareciera que el resto esta paralizado o lo ignora completamente.
¿que opinan? ¿conocen proyectos con este enfoque, con o sin lucro? ¿digo puras mamadas?
En fin, una disculpa por el orden del post y no tener un TLDR.
submitted by jacd03 to mexico [link] [comments]


2020.09.29 09:14 OjosRojosporlavida UNA NOCHE MAS

No puedo dejar de pensar que en estos 3 años estuve dando mi vida, mis sueños a una mujer con la cual creia era el amor de mi vida...mi futura esposa, la madre de mis hijos veo que al final de todo no me amaba tanto como yo creia pues termino por hacer y volver con personas que yo sabia que la jodian pero ella se hacia la desorientada.... mi vida no ah sido la misma desde que mataron a Alvaro...ya nada me preocupa ..nada me importa...estoy fumando cosas toxicas que una y mil veces eh botado jurando que jamas volveria a hacerlo..cada vez mas me hundo silenciosamente, no se cuanto tiempo soportare esto...estoy muy deprimido...y todo el dia solo me pongo una mascara de normalidad...al pensar que mis problemas son basura alado de la gente que pasa necesidades basicas, me hace pensar en lo afortunado que soy ...y lo mucho que me quejo...creo que simplemente en verdad queria algo con ella ..si queria mi familia con ella......pero eso ya es algo que nisiquiera imagino pueda pasar...pues ya ah estado con otro hombre ...sea por despecho...ganas...gusto ....ya no es la niña que a los 18 conoci.....hasta cumplir los 21.....pensaba que me entendia que era la mujer ideal para mi....el dia que te mataron Alvaro llore muy desconsoladamente...pues eres mi hermano aunque no haya sido el mejor de los amigos....siempre de considere un igual....ese dia...11 de agosto del 2019...justo ese maldito dia...es el dia de su cumpleaños.....ella me abrazo prometiendome que todo estaria bien.....y yo le crei.....el 11 de agosto del 2020 no estaba al 100% estaba deprimido y al hablar con ella me preguntaba xq estaba asi....que si ando con cara de culo mejor no vaya.....no puedo permitir que te falten el respeto de esa manera...aunque ya no estes con vida....peor aun....la.misma mujer que me vio llorar como un niño por la muerte de un ser querido......lo trato como si hubiera sido alguna tonteria......
No tengo un sentido en la vida.....me pregunto si algun dia podre encontrar mi camino en este mundo o si podre algun dia ser verdaderamente feliz...con una mujer que me ame..como yo a ella
submitted by OjosRojosporlavida to u/OjosRojosporlavida [link] [comments]


2020.09.29 07:33 demasiadamenteeu Envelheço na cidade

Há algumas semanas foi meu aniversário e a única pessoa, fora da família, que se lembrou foi uma antiga amiga. Não sei se apenas amiga, pois não sei se é correto chamar assim a única mulher que amei. Mas é o que sempre, e apenas, fomos: amigos. Não esperava pela mensagem. Já tentei me afastar dela várias vezes, e da última achei que fosse definitivo. Ela nunca se interessou por mim de outro modo para além da amizade, então a única forma que consegui encontrar para respeitá-la foi com silêncio e distância. E ela me enviar um e-mail, com alguns bons e belos parágrafos, me parabenizando pelo dia de fazer anos, não me ajudou em nada. Respondi uns dois dias depois, fui seco e frio. Uma semana após isso acabei sonhando com ela e tendo uma fraqueza imensa pelo passado. Acabei enviando-a outro e-mail, pedindo como ela estava, tentando retomar alguma forma de contato. Ela respondeu com entusiasmo, trocamos alguns e-mails e ficou por isso. Me sinto absolutamente fraco e patético. Deveria ter persistido no silêncio, já que palavras, com ela, nunca me levaram a lugar algum senão à frustração. Não sei como ou por quê, continuo a amando. Já está muito para além de um amor simplesmente físico ou costumeiro. Apenas reside em mim uma ideia clara de que não serei capaz de amar outra mulher. Até hoje foi a única com quem pude ser sincero, a única que é mais inteligente do que eu, a única que, de alguma maneira, demonstrou amor, carinho e preocupação comigo. Em momento difíceis, como agora, eu só gostaria de estar com ela, e tenho a sensação de que tudo ficaria bem. Ela foi sempre tudo que quis ao lado. Tudo na vida seria mais fácil, teria sentido, pois o faria por ela. Por hoje, já não faço mais nada direito. Estou absolutamente desanimado com minhas escolhas profissionais e com minha falta de vontade em ser bem sucedido. Não tenho nenhuma perspectiva de felicidade, ou nada que realmente queira - além da ideia impossível de estar com ela.
submitted by demasiadamenteeu to desabafos [link] [comments]


2020.09.29 07:27 damvaz4 Amor

Desde el viernes que fui a salir a meditar, pude pasar la crisis sobre el amor(o al menos encontré alguna respuesta satisfactoria para mi). Llegue a una conclusión en que no puedo definir de manera general del significado del amor, esto se debe por las personas, cada uno tiene una manera de mostrar afecto, donde la mayoría puede coincidir en algunas cosas, pero no va a variar en mucho. En mi corta vida, puedo dar algunas cosas que en la mayoría de las personas pasa cuando se trata de amor: dependencia, posesión y sufrimiento. Cuando una persona está en una relación, sufre mas de lo que disfruta y esto se debe de lo que se entiende del amor por parte de las personas. Estoy consciente que cada persona tiene una forma de amar a una persona y para que ese afecto sea reciproco o aceptado, considero que se debe encontrar a una persona que ame de forma similar, pero no lo veo eficiente o muy bueno, habrá mas entendimiento pero en algún punto se aburrirán porque son similares. Sobre la crisis que tuve, me di cuenta de que no soy capaz de definir el amor, así que trate darle un significado o definición para mí. El amor es mostrar afecto sin apegarse a la persona. El amor es disfrutar de cada momento. El amor es apreciar a la otra persona y respetarla. El amor es crecer en conjunto y vivir plenamente. El amor es amarte a ti mismo y amar a la otra persona. El amor es amar sin dudas. El amor es ser feliz con la otra persona. El amor puede serlo todo, pero nada a la vez. Puede ser algo complicado mi definición, pero no trato de hacerlo general porque a partir de ahí empieza los conflictos. Definir algo es darlo por hecho como una verdad general.
submitted by damvaz4 to u/damvaz4 [link] [comments]


2020.09.28 04:33 imnotgoodatlifeyet Necesito una programa nueva para mirar sin romancia. ¿Surgenencias?

Español no es mi primer idioma. Estudié español para años en escuela pero terminé mis clases y Necesito seguir practicar. Mi problema más grande es que me choca casi todos de las programas que he encontrado. Me choca cuentas sobre amor y románicas, y casi todos programas en español tienen cuentas sobre amor. (No creo que programas mexicanas tienen la misma diversidad de temas que programas estadounidenses) ayúdame encontrar una programa buena (con subtitulos. A veces tengo problemas con entender acentos varios y necesito leer los subtitulos) (otro observación es que los subtitulos casi nunca dicen la misma cosa que dicen los personajes)
submitted by imnotgoodatlifeyet to AskRedditespanol [link] [comments]


2020.09.26 12:16 smunevar52 La perra de mi novia arruinó mi vida pero después yo arruinó la de ella

Bueno esto sucedió hace unas semanas yo tenía una novia se llamaba Laura era muy cariñosa conmigo y con los demás bueno después de unos días descubrí por medio de un amigo que ella me estaba engañando con un drogadicto eso me hiso enojar bastante pero a la vez me entristeció saber el echo de que me estaba engañando apresar de que yo le daba todo mi amor y tiempo bueno después de unas semanas recibo una noticia que me hiso pensar suicidarme y bueno la noticia era que mi hermano había muerto (el era una mi héroe de pequeño y aún lo sigue siendo) resulta que el drogadicto con el que me había estado engañando mi novia le dió un disparo ya que ella le dijo que hiciera eso para hacerme sufrir aún más de lo que ya lo hacía bueno transcurren unos meses y recibo una demanda por violación y maltrato tal parece la perra de mi novia me había demandado yo al enterarme de esto me quedé con cara de WTF pero bueno después esa misma tarde mi tío me dijo que mi padre había muerto por un paro cardíaco esto me hizo explotar aún más y después la hermana de mi mamá me dice que ella tiene covid y que está en el hospital y que está muy grave al parecer unos tipos con covid se le acercaron y le tosieron encima esto hace que mi decisión de suicidarme se confirme pero luego recuerdo que mi hermano un día antes de su muerte me dijo "aunque todo salga mal recuerda yo estare para ti porque eres mi hermano y te quiero y quiero que salgas adelante porque eres especial para mi" recordar esas palabras me entristeció mucho más ya que el era con quién compartí la mayor parte de mi infancia luego voy a juicio por la demanda y el juez después de no encontrar pruebas me declara inocente luego de unos días decido que era hora de que mi novia pagara por lo que hizo y entonces así comenzó mi venganza: compartí con todos sus compañeros de trabajo una foto de ella con el drogadicto teniendo sexo al parecer esto no le gusto a su jefe(ya que también la compartí en Facebook) y la despido luego hize que perdiera su casa poniéndole quejas falsas al de la renta después compré unos perros agresivos(aunque no tanto porque tampoco quería matarla bueno si quería pero estaría en la cárcel) luego hago que los perros la ataquen después hize lo mismo que le hizo a mi madre y no solo a ella si no a toda su familia y ahora está muy grave mi madre ya se recupero y por último hago que se quede en coma. Si se que dirás qué estoy enfermo pero la verdad se lo merecía después de lo que me hizo me hizo perder a mi hermano a mi padre(olvide mencionar que le dió un paro porque ella contrato a unos tipos para que golpearan a mi padre y pues estaban vestidos como demonios entonces mi padre se asusto mucho y le dió el paro ahora después de que se recupere el covid y del coma irá a la cárcel y estará allí durante 80 años y tambien a todos los cómplices de sus planes.
submitted by smunevar52 to padresconderecho [link] [comments]


2020.09.26 03:46 amyciax Me sinto sufocada...

Bom, estou escrevendo pois preciso desabafar e não tenho ninguém e nem confio em alguém. Já faz 1 ano que me sinto inútil, puta, boba etc.. Meu problema é o amor, só me machuca. Tudo começou há exatamente 1 ano e 9 meses, me apaixonei pelo motorista de ônibus que passava perto de onde eu estudava, ele sempre me encarava me retrovisor...Um dia teve um evento na escola em que eu estudava e eu fui falar com ele para perguntar horário e daí começamos a conversar e ficar cada vez mais próximos, o tempo foi passando e eu queria algo a mais, porém nunca comentei nada, uns 6 meses depois eu descobri que ela tinha esposa, quando eu descobri foi um "choque" tão grande e eu chorei muito, mas muito mesmo...Depois disso nunca mais fui a mesma, eu fui me encontrar com ele depois de 1 semana, perguntei a ele sobre sua esposa e ele tentou se explicar de todas ás formas, disse várias coisas fofas, conseguiu me manipular, e eu desculpei ele... Ele me pediu em namoro e eu aceitei, ele era muito ciumento comigo, eu não podia falar de outros meninos, elogiar, conversar com outros meninos que ele já mandava eu me respeitar falava que isso era coisa de puta, várias coisas do gênero e cada vez eu me sentia mal, sufocada por não poder contar dele pros meus amigos/família e magoada por ele querer me controlar e me esconder de quase todos, mas eu não conseguia me afastar dele, sempre que tentava dava errado e eu voltava para ele. Quando foi um tempo depois ele trocou de linha e eu não encontrei mais ele, conversávamos apenas por mensagem, um dia a mulher dele me ligou várias vezes de madrugada e várias mensagens me xingando de tudo que é nome, eu me senti muito pior do que eu já estava, ela me contou que ele disse que eu era só uma rapariga dele, depois ele tentou se explicar para mim e reclamou que eu mandei os print da minha conversa com ele para ela, acreditei nele mais uma vez e lá vou eu de novo, mas para o alivio de algumas pessoas e meu também, eu não fiquei com ele consegui ver a burrice que eu estava fazendo. Com o tempo fui me recuperando, passou 2 meses e eu ainda amava ele, tentei outros caras, mas não rolava. Eu comecei a esquecer ele depois de ter conhecido um menino da barbearia aqui perto onde moro, faz um tempinho que eu conheço ele, mas só tínhamos conversado quando fui cortar o cabelo lá. Começamos a ficar próximos e aí nós ficamos, mas foi muito rápido, ele queria me encontrar na casa dele, mas enrolei ele e nem fui... Quando foi na outra semana, eu desconfiei que ele tinha namorada pq ele se preocupava dms com as pessoas que iria me ver, então eu ignorei esse fato e fui lá para barbearia perguntar se ele tinha namorada, mas quando cheguei lá, perdi a coragem de perguntar, então ficamos dnv no banheiro, ele queria algo a mais, mas não facilitei para ele, depois quando já estava perto das 19hrs, fui embora cheguei em casa e fui pesquisar o instagram dele, e tinha lá na bio dele o @ dela e essa menina eu vi ela pessoalmente uma vez quando fui lá, na hora que vi eu fiquei chocada não acreditei que estava acontecendo tudo dnv, eu entrei em desespero e chorei muitoo, eu acho que eu gosto dele, mas vou tentar de tudo para não cair no papinho dele.. Eu estou tão magoada, pq sempre são pessoas que já estão em relacionamentos? Pq todos os homens só tem segundas intenções comigo? Eu não aguento mais... Pode parecer drama, mas isso me machuca muito e me faz muito mal, eu sou bastante ansiosa e emotiva, acho que isso pode me levar para uma depressão...
submitted by amyciax to desabafos [link] [comments]


2020.09.26 01:53 altovaliriano Descriptografando a Carta Rosa

Texto original: https://cantuse.wordpress.com/2014/09/30/the-pink-lette
Autor: Cantuse
Partes traduzidas: 1) A Estrada Para Vila Acidentada, 2) Uma Aliança de Gigantes e Reis, 3) Despindo o Homem Encapuzado, 4) Confronto nas Criptas, 5) Tendências Suicidas
---------------------------------------------------
OBS: Esta é a última parte que traduziremos por agora.
---------------------------------------------------

O MANIFESTO : VOLUME II, CAPÍTULO VII

Não há como negar que resolver o mistério da Carta Rosa é uma imbróglio complicado. Já existem dezenas de teorias.
Resolver esse mistério tem sido um dos grandes objetivos do Manifesto desde o início, e acho que fiz um bom trabalho de construção progressiva até este ponto.
NOTA: O ideal era que você tivesse lido todos os ensaios até este ponto, mas se você insiste em ler assim, eu sugiro que pelo menos você leia Confronto nas Criptas e Tendências Suicidas primeiro.
Vamos direto ao assunto. Neste ensaio, estou apresentando os seguintes argumentos.
À luz das muitas teorias anteriores estabelecidas aqui no Manifesto, podemos desenvolver um entendimento muito convincente da chamada Carta Rosa e do que ela realmente diz.
[...]

A CARTA ROSA

Esta seção é apenas uma recapitulação da carta, seu texto e as várias outras características que possui.
Coloco esta seção aqui como uma referência fácil durante a leitura deste ensaio.

O texto

Seu falso rei está morto, bastardo. Ele e toda sua tropa foram esmagados em sete dias de batalha. Estou com a espada mágica dele. Conte isso para a puta vermelha.
Os amigos de seu falso rei estão mortos. Suas cabeças estão sobre as muralhas de Winterfell. Venha vê-las, bastardo. Seu falso rei morreu, e o mesmo acontecerá com você. Você disse ao mundo que queimou o Rei-para-lá-da-Muralha. Em vez disso, você o enviou para Winterfell, para roubar minha noiva.
Terei minha noiva de volta. Se quer Mance Rayder de volta, venha buscá-lo. Eu o tenho em uma jaula, para que todo o Norte possa ver, a prova de suas mentiras. A jaula é fria, mas fiz um manto quente para ele, com as peles das seis putas que o seguiram até Winterfell.
Quero minha noiva de volta. Quero a rainha do falso rei. Quero a filha deles e a bruxa vermelha. Quero sua princesa selvagem. Quero seu pequeno príncipe, o bebê selvagem. Quero meu Fedor. Mande-os para mim, bastardo, e não incomodarei você e seus corvos negros. Fique com eles, e eu arrancarei seu coração bastardo e o comerei.
Estava assinado:
Ramsay Bolton
Legítimo Senhor de Winterfel
(ADWD, Jon XIII)

A descrição da carta

Bastardo, era a única palavra escrita do lado de fora do pergaminho. Nada de Lorde Snow ou Jon Snow ou Senhor Comandante. Simplesmente Bastardo. E a carta estava selada com um pelote duro de cera rosa.
Estava certo em vir imediatamente – Jon falou. Está certo em ter medo.
(ADWD, Jon XIII)

DIFICILMENTE O BASTARDO

Acho que já fiz um argumento convincente de que Mance Rayder está disfarçado de Ramsay Bolton (veja o Confronto nas Criptas).
Mas tenho certeza de que os leitores apreciariam pelo menos uma rápida avaliação das muitas outras razões pelas quais não acredito que a carta possa ser de Ramsay.
Especificamente, esta seção está identificando maneiras pelas quais a carta é incoerente com o que sabemos sobre Ramsay. Não acredito que nada disso por si só desqualifique Ramsay como autor, mas coletivamente elas geram grandes dúvidas.
Se minuciosas listas de evidências o aborrecem, pule para a próxima seção.

Falta o botão

Todas as cartas anteriores de Ramsay foram seladas com "botões" bem formados de cera:
Empurrou o pergaminho, como se não pudesse esperar para se ver livre dele. Estava firmemente enrolado e selado com um botão de cera dura rosa.
(ADWD, A noiva rebelde)
Clydas estendeu o pergaminho adiante. Estava firmemente enrolado e selado, com um botão de cera rosa dura.
(ADWD, Jon VI)
A Carta Rosa é lacrada com "pelote duro de cera rosa", uma discrepância notável.

Cabeças na Muralha

Enfiar cabeças em lanças parece um tanto incoerente com o estilo pessoal de Ramsay e com os maneirismos de Bolton observados a esse respeito: esfolar ou enforcar.

Sem pele ou sangue

Um dos artifícios mais conhecidos de Ramsay é o envio de mensagens escritas com sangue e com pedaços de pele anexados.
Não há menção de sangue usado como tinta, nem está implícito, como ocorre em outras cartas que parecem ser dele. Definitivamente, não há menção a um pedaço de pele, o que é estranho, considerando que Ramsay afirma ter Mance Rayder e todas as seis esposas de lança ... certamente uma delas poderia fornecer um pouco de pele.

Como Ramsay saberia?

Por que Ramsay pede Theon a Jon ?
Se Theon foi entregue a Stannis, e Stannis tinha toda a intenção de matá-lo, por que Ramsay acreditaria que Theon está agora com Jon?
Nem mesmo Mance Rayder saberia disso.
Além disso, “Arya” foi entregue a Stannis também, via Mors Papa-Corvos.
Por que ele acreditaria que Arya está com Jon?
Se todo a hoste de Stannis foi realmente destruída, você deve se perguntar onde Ramsay ficou sabendo destes detalhes, principalmente com relação a Theon.
É uma suposição sensata pensar que Stannis pode enviar "Arya" de volta a Castelo Negro (na verdade, foi o que Stannis faz), mas mesmo uma formação primária em inteligência [militar] torna óbvio que Theon seria de grande valor estratégico em uma batalha contra Winterfell, mas em nenhum outro lugar.
Uma pessoa pode então arguir que isso só pode significar que o corpo de Theon não foi descoberto entre os mortos. No entanto, dadas as condições meteorológicas, essa provavelmente é uma tarefa impossível de realizar. Portanto, Ramsay não teria nenhuma base e nenhuma confiança para pensar que Jon tinha Theon em absoluto.

ENDEREÇADO À MULHER VERMELHA

No início deste ensaio, declarei que a Carta Rosa se destinava especialmente a Melisandre. Preciso lhes dar as evidências. Tanto aquelas dedutivas (ou razoáveis), quanto aquelas que estão implícitas ou que foram estabelecidas daquele jeito inteligente e sutil que Martin faz com frequência.

Missão de Mance

Como já estabeleci no Manifesto, a missão de Mance baseava-se em saber onde seria o casamento de Arya.
Assim, quando Jon recebeu seu convite de casamento, Mance deveria partir para Vila Acidentada.
Jon acidentalmente recebeu o convite enquanto estava no pátio de treinamento, lutando com Mance disfarçado de Camisa de Chocalho. Assim, Mance foi capaz de simplesmente ouvir o local. Mas não podemos presumir que Mance e Melisandre apostaram tudo em terem a sorte de ouvir qual seria o local.
Uma dedução simples conclui que Mance era capaz e estava determinado a ler as cartas no quarto de Jon até que surgisse a localização.
NOTA: Se esta explicação parece insuficiente, eu apresento o argumento por completo em um ensaio anterior A estrada para Vila Acidentada.
Isso também significa que o convite não era realmente para Jon, mas sim para Melisandre e Mance, como um 'gatilho' para o início de sua missão. Novamente, eu explico a base para essas conclusões no ensaio mencionado acima.
Isso estabelece o precedente de que as mensagens enviadas para Castelo Negro podem, de fato, ter a intenção de se comunicar secretamente com Melisandre.

Ratos Cinzentos

Aqui há um exemplo de Martin possivelmente invocando um dispositivo que é sua marca registrada: enterrar recursos de enredo relevantes para uma história em outra, geralmente via metáforas ou alegorias inteligentes.
Três citações devem ser suficientes para você entender (em negrito, para dar ênfase nas partes principais):
Três deles entraram juntos pela porta do senhor, atrás do palanque; um alto, um gordo e um muito jovem, mas, em suas túnicas e correntes, eram três ervilhas cinza de uma vagem negra.
(ADWD, O Príncipe de Winterfell)
:::
Se eu fosse rainha, a primeira coisa que faria seria matar todos esses ratos cinzentos. Eles correm por todos os lados, vivendo dos restos de seus senhores, tagarelando uns com os outros, sussurrando no ouvido de seus mestres. Mas quem são os mestres e quem são os servos, realmente? Todo grande senhor tem seu meistre, todo senhor menor deseja ter um. Se você não tem um meistre, dizem que você é de pouca importância. Esses ratos cinzentos leem e escrevem nossas cartas, principalmente para aqueles senhores que não conseguem ler eles mesmos, e quem diz com certeza que eles não estão torcendo as palavras para seus próprios fins? Que bem eles fazem, eu lhe pergunto.
(ADWD, O Príncipe de Winterfell)
:::
Lorde Snow. – A voz era de Melisandre.
A surpresa o fez afastar-se dela.
Senhora Melisandre. – Deu um passo para trás. – Confundi você com outra pessoa.À noite, todas as vestes são cinza. E subitamente a dela era vermelha.
(ADWD, Jon VI)
A noção de que todos os mantos são cinza parece equivocada: Melisandre equivale a um meistre .
O que é verdade em muitos sentidos: ela é definitivamente uma conselheira de Stannis e 'sussurra' em seu ouvido. E talvez o mais notável seja o fato de que muitos questionam quem realmente está no comando: Stannis ou sua mulher vermelha?
Quando você vê esses paralelos, a alusão a ela usar vestes cinzas tem uma conexão forte e interessante com o conceito de cartas em que alguém está 'torcendo as palavras'.
Afinal, eu dei argumentos convincentes de que o convite de casamento de Jon era para Mance e Melisandre e foi enviado por Mors Papa-Corvos. Alguém contestaria a noção muito razoável de que outras cartas seriam igualmente confidenciais?
Outra coisa engraçada sobre essa ideia é que Melisandre literalmente distorce as palavras para seus próprios propósitos:
O som ecoou estranhamente pelos cantos do quarto e se torceu como um verme dentro dos ouvidos deles. O selvagem ouviu uma palavra, o corvo, outra. Nenhuma delas era palavra que saíra dos lábios dela.
(ADWD, Melisandre)

Uma bela truta gorda

Há um outro elemento temático que sugere que as cartas podem possuir conteúdos secretos, uma característica interessante atribuída a duas cartas diferentes em As crônicas de gelo e fogo.
A primeira carta é a de Walder Frey, enviada a Tywin após o Casamento Vermelho:
O pai estendeu um rolo de pergaminho para ele. Alguém o alisara, mas ainda tentava se enrolar. “A Roslin pegou uma bela truta gorda”, dizia a mensagem. “Os irmãos ofereceram-lhe um par de pele de lobo como presente de casamento.” Tyrion virou o pergaminho para inspecionar o selo quebrado. A cera era cinza-prateada, e impressas nela encontravam-se as torres gêmeas da Casa Frey.
O Senhor da Travessia imagina que está sendo poético? Ou será que isso pretende nos confundir? – Tyrion fungou. – A truta deve ser Edmure Tully, as peles…
(ASOS, Tyrion V)
A segunda é a carta ostensiva que Stannis escreveu a Jon Snow enquanto estava em Bosque Profundo. Não vou citar a carta (é um texto imenso), apenas um elemento da descrição:
No momento em que Jon colocou a carta de lado, o pergaminho se enrolou novamente, como se ansioso para proteger seus segredos. Não estava seguro sobre como se sentia a respeito do que acabara de ler.
(ADWD, Jon VII)
O que estou tentando apontar aqui é que a primeira mensagem de Walder Frey definitivamente tinha uma mensagem inteligentemente escondida. E por alguma razão, Martin decidiu mostrar que a carta 'queria' enrolar-se novamente.
A segunda mensagem também quer enrolar-se e, se você a ler com atenção, há um grande número de coisas que são totalmente incorretas ou atípicas em relação a Stannis nela. Cavaleiros homens de ferro? Execução por enforcamento?
Já tomei a liberdade de esquadrinhar tortuosamente os livros e não consigo encontrar de pronto outros exemplos em que as cartas foram personificadas dessa maneira.
Junto com os pontos anteriores, este não reforçaria a ideia de que Melisandre (e Mance por um tempo) está recebendo mensagens camufladas enquanto está em Castelo Negro?

Carta de Lysa

Outra indicação de que tais 'cartas codificadas' não são incomuns é que uma das primeiras cartas que vimos nos livros era uma: a que Catelyn recebe de Lysa.
Seus olhos moveram-se sobre as palavras. A princípio pareceu não encontrar nenhum sentido. Mas depois se recordou.
Lysa não deixou nada ao acaso. Quando éramos meninas, tínhamos uma língua privada.
(AGOT, Catelyn II)
* * \*
Deve ser apontado que isso também faz sentido de uma perspectiva puramente lógica. Como já argui veementemente que Stannis, Mance e Melisandre conspiraram juntos, faria sentido que todas as partes precisassem ser capazes de se comunicar de uma forma que protegesse a referida conspiração.
Nesse ponto, tal tipo de carta constitui a opção mais adequada, como mostram as cartas de Walder Frey e Lysa Tully.
Esse tipo de proteção de carta – enterrar uma mensagem secreta em outra mensagem, de modo que não possa ser detectada – é conhecido como esteganografia.
A Dança dos Dragões faz de tudo para educar os leitores de que nem sempre se pode confiar nos meistres com segredos: ouvimos isso de Wyman Manderly e Barbrey Dustin. No entanto, se um rei ou outro oficial escrever suas cartas com mensagens secretas esteganográficas, os verdadeiros detalhes serão ocultados até mesmo dos meistres. Na verdade, foi exatamente isso que observamos na carta de Walder Frey a Tywin Lannister.
Meu objetivo final neste ensaio é convencê-lo de que a Carta Rosa é uma mensagem esteganográfica de Mance Rayder para Melisandre. A forma como foi escrita esconde seus segredos de qualquer meistre (ou Jon Snow) que tente interpretá-la.
A principal desvantagem de tentar decifrar qualquer mensagem esteganográfica é esta:
Por que eles não encontraram nada? Talvez eles não tenham procurado o suficiente. Mas há um dilema aqui, o dilema que capacita a esteganografia. Você nunca sabe se há uma mensagem oculta. Você pode pesquisar e pesquisar, e quando não encontrar nada, você pode apenas concluir “talvez eu não procurei com atenção”, mas talvez não haja nada para encontrar.
ESTRANHOS HORIZONTES, ESTEGANOGRAFIA: COMO ENVIAR UMA MENSAGEM SECRETA
Isso significa que a única maneira real de provar a você que Mance escreveu a Carta Rosa é se eu conseguir encontrar uma tradução irresistivelmente convincente de qualquer conteúdo secreto que ela possa ter.
E mesmo assim você pode argumentar que não é verdade. Embora eu espere que você não diga isso quando terminar este ensaio.

Querida Melisandre

Além de todos os pontos acima, Melisandre consegue tornar tudo ainda mais explícito. Antes da chegada da Carta Rosa, Melisandre diz:
Todas as suas perguntas serão respondidas. Olhe para os céus, Lorde Snow. E, quandotiver suas respostas, envie para mim. O inverno está quase sobre nós. Sou sua única esperança.
(ADWD, Jon XIII)
Isso parece enfaticamente dizer a Jon que ela quer vê-lo depois que a carta chegar.
Observe como ela está lá quando Jon decide ler a carta em voz alta no Salão dos Escudos. Eu sei que isso parece um detalhe trivial, mas considere que ela não apareceu antes do início da reunião e que ela desapareceu quase imediatamente após Jon terminar.
Isso está relacionado à principal preocupação que a vemos expressar em sua conversa com Jon antes da chegada da carta: abandonar a caminhada para resgatar os que estavam em Durolar.
Mas por que?
Este é um ponto que revelarei mais tarde no Manifesto. Por enquanto, deve bastar saber que Melisandre queria ver ou ouvir o conteúdo dessa carta.

VERNÁCULO SELVAGEM

Nas próximas duas seções, demonstrarei por que a Carta Rosa foi escrita por Mance. Esta primeira seção consiste em detalhes o que vemos no texto, a linguagem usada e assim por diante.
Em particular, existem frases que são bastante específicas para Mance (ou que excluem Ramsay), e também detalhes que são específicos para a conspiração Mance-Melisandre.
Se minuciosas listas de evidências o aborrecem, pule para a próxima seção.

“Falso Rei”

Esta frase é especificamente o que Melisandre usa para se referir a Mance Rayder, ela o chama de falso rei duas vezes. Quase não aparece em nenhum outro lugar em A Dança dos Dragões , a exceção sendo uma instância onde Wyman Manderly declara Stannis um falso rei.

“Corvos Negros”

Os selvagens são as únicas pessoas que usam os termos corvo ou corvo negro em um sentido depreciativo.
A única exceção a isso é Jon Snow (o que é interessante), quando ele está tentando convencer o povo livre.

“Princesa Selvagem” e “Pequeno Príncipe”

O termo princesa selvagem abunda na Muralha, uma invenção dos irmãos negros que então se espalhou entre os homens da rainha.
O pequeno príncipe foi especificamente apresentado na Muralha, primeiro por Melisandre e depois por Goiva:
Melisandre tocou o rubi em seu pescoço. – Goiva está amamentando o filho de Dalla, além do seu próprio. Parece cruel separar nosso pequeno príncipe de seu irmão de leite, senhor.
(ADWD, Jon I)
Faça o mesmo, senhor. – Goiva não parecia ter nenhuma pressa em subir na carroça. – Faça o mesmo pelo outro. Encontre uma ama de leite para ele, como disse que faria. Prometeu-me isso. O menino... o menino de Dalla... o principezinho, quero dizer... encontre uma boa mulher pra ele, pra que ele cresça grande e forte.
(ADWD, Jon II)
Embora uma pessoa possa pensar que Melisandre está sugerindo de maneira sutil que sabe sobre a troca do bebê, isso não fica claro. O trecho sobre Goiva certamente deixa isso explícito.
O verdadeiro ponto aqui é que a terminologia aqui só foi vista antes na Muralha. Além disso, uma vez que nem Val nem o filho de Mance são verdadeiramente da realeza, não faz muito sentido que Mance ou qualquer uma das esposas de lança digam que são, mesmo que sob tortura.

Para que todo o Norte possa ver

O autor afirma que tem Mance Rayder em uma jaula para que todo o Norte possa ver.
Mance disse algo muito semelhante a Jon anteriormente:
Ele queimou o homem que tinha que queimar, para todo mundo ver. Fazemos o que temos que fazer, Snow. Até mesmo reis.
(ADWD, Jon VI)

INCLINAÇÃO PARA A SAGACIDADE

Além dos vários atributos já citados que favorecem Mance como autor, há um que se sobressai a todos:

Disfarçado de Camisa de Chocalho

Observe:
Vou patrulhar para você, bastardo – Camisa de Chocalho declarou. – Darei conselhos sábios, ou cantarei canções bonitas, o que preferir. Até lutarei por você. Só não me peça para usar esse seu manto.
(ADWD, Jon IV)
É muito difícil negar que esta não seria uma grande alusão ao próprio Mance em quase todos os detalhes. É tão certeiro que estou surpreso de que Melisandre ou Stannis não o tenham repreendido ou o mandado calar a boca.
Stannis queimou o homem errado.
Não. – O selvagem sorriu para ele com a boca cheia de dentes marrons e quebrados. – Ele queimou o homem que tinha que queimar, para todo mundo ver. Fazemos o que temos que fazer, Snow. Até mesmo reis.
(ADWD, Jon VI)
Esta é uma maneira inteligente de sugerir que Stannis queimou o Camisa de Chocalho verdadeiro no lugar de Mance, apenas porque o mundo precisava ver Mance morrer, não porque os crimes de Mance justificassem a execução.
Eu poderia visitar você tão facilmente, meu senhor. Aqueles guardas em sua porta são uma piada de mau gosto. Um homem que escalou a Muralha meia centena de vezes pode subir em uma janela com bastante facilidade. Mas o que de bom viria de sua morte? Os corvos apenas escolheriam alguém pior.
(ADWD, Melisandre)
Como observei em outro ponto do texto, muito provavelmente se esperava que Mance subisse aos aposentos de Jon e lesse suas cartas, se assim fosse necessário para descobrir o local do casamento. Portanto, esta passagem parece ser uma dica engraçada de que ele pode ter estado nos aposentos de Jon, sem nunca tê-lo matado.

Disfarçado de Abel

O apelido de Mance por si só é uma pista inteligente, mas ele dá um passo além em muitos aspectos ao se passar por Abel.
Perto do palanque, Abel arranhava seu alaúde e cantava Belas donzelas do verão. Ele se chama de bardo. Na verdade, é mais um cafetão.
(ADWD, O Príncipe de Winterfell)
Aparentemente, muito pouco se sabe sobre a música. No entanto, um exame cuidadoso de um capítulo em A Tormenta de Espadas revela o primeiro verso da música (pelo menos na minha opinião):
– Vou à Vila Gaivota ver a bela donzela, ei-ou, ei-ou...
Co’a ponta da espada roubarei um beijo dela, ei-ou, ei-ou.
Será o meu amor, descansando sob a tela, ei-ou, ei-ou.
(ASOS, Arya II)
Uma escolha de música inteligente considerando sua inspiração em Bael, o lendário ladrão de filhas que se escondeu nas criptas Stark.
O mesmo poderia ser dito sobre a deturpação de “A Mulher do Dornês” quando ele mudou a letra para ser sobre a “filha de um nortenho”.
Além disso, há ocasiões em que ele toca uma música “triste e suave”, que já demonstrei ser um sinal para as esposas de lança.

UMA TRADUÇÃO LINHA-A-LINHA

Essa é a parte essencial do texto. Vou percorrer toda a Carta Rosa e explicar o que ela realmente diz. Lembre-se de que você deve ter chegado a este ponto no Manifesto tendo lido os textos anteriores, o que significaria que você já assumiu as seguintes premissas (ou pelo menos suspendeu sua descrença sobre elas):
Há apenas uma nova suposição que eu gostaria de fazer, uma bem sensata:
Mance saber esse único detalhe fornece uma pista impressionante para decifrar a Carta Rosa.
Agora vamos lá...

Primeiro parágrafo

Seu falso rei está morto, bastardo.
Isso significa que Stannis fingiu sua morte.
Ele e toda sua tropa foram esmagados em sete dias de batalha.
Isso diz mais ou menos a mesma coisa. Eu acredito que diz ainda mais, mas vou guardar para mais tarde.
Estou com a espada mágica dele.
Como parte da simulação de sua morte, a Luminífera de Stannis será levada para "Ramsay". Isso permite que os Boltons concluam que Stannis está morto, apesar haver uma quantidade limitada de outras evidências sobre isso.
Conte isso para a puta vermelha.
Literalmente, isso está instruindo Jon a contar a Melisandre. É muito interessante que Melisandre tenha implorado a Jon para 'envia-a para mim' depois de ler a carta, e o autor da carta está sugerindo exatamente a mesma coisa.
Coletivamente, o primeiro parágrafo parece um resumo dos principais detalhes: está dizendo que Stannis fingiu sua morte, provavelmente ganhou a batalha, mas que os Boltons estão convencidos da própria vitória. É muita informação de inteligência transmitida em um único parágrafo.
A linha sobre a espada é o que eu acredito ser um sinal a Melisandre para que começasse quaisquer próximos passos que ela tenha em mente (que serão discutidos posteriormente neste Manifesto).

Segundo parágrafo

Os amigos do seu falso rei estão mortos.
Isso significa que os aliados de Stannis também estão fingindo morte. Muito provavelmente, isso significa as tropas daqueles que viajam com Stannis. Por exemplo, Mors Papa-Corvos e seu bando de meninos verdes.
Suas cabeças estão sobre as muralhas de Winterfell.
Usar 'sobre' no sentido de estar perto de algo, isso significa que Mors está nas redondezas de Winterfell.
Venha vê-los, bastardo.
Esta é uma das várias provocações da carta, embora implique que Jon deveria viajar para Winterfell.
Seu falso rei mentiu, e você também. Você disse ao mundo que queimou o Rei-para-lá-da-Muralha.
[na versão brasileira, a frase começa com “Seu falso rei morreu, e o mesmo acontecerá com você”, uma tradução errada do texto original]
Este é o início do anúncio de que Mance Rayder está vivo. A parte em que o autor diz 'Você disse ao mundo' é muito semelhante ao que Mance disse a Jon: “Ele queimou o homem que tinha que queimar, para todo mundo ver. Fazemos o que temos que fazer, Snow. Até mesmo reis.” (ADWD, Jon VI)
Em vez disso, você o enviou para Winterfell, para roubar minha noiva.
Isso informa Jon e Melisandre que Mance terminou em Winterfell. Isso é importante porque, se você se lembra, Mance partiu originalmente para Vila Acidentada. Esta linha, portanto, confirma para onde Mance foi. Também revela que o autor conhecia a missão de Mance.
No todo, o parágrafo parece sugerir que Jon ou alguém precisa se juntar a Mors do lado de fora de Winterfell.
Este parágrafo declara ainda que Jon quebrou seus votos ajudando Stannis e Mance na tentativa de roubar Arya Stark. Isso é interessante porque Jon de fato não queria fazer isso, ele apenas queria resgatar Arya na estrada, presumindo que ela já tivesse escapado. O fato de a carta declarar esses detalhes mostra um esforço calculado para minar a honra e a legitimidade de Jon.

Terceiro parágrafo

Terei minha noiva de volta.
Isso nos diz claramente que “Arya” foi resgatada.
Se quer Mance Rayder de volta, venha buscá-lo. Eu o tenho em uma jaula, para que todo o Norte possa ver, a prova de suas mentiras.
Isso requer uma perspicaz (porém, simples) interpretação da falsa execução do próprio Mance.
Se assumirmos que minha teoria no Confronto nas Criptas está correta, duas observações podem ser feitas:
O acréscimo de ' prova de suas mentiras ' indica que Ramsay não está sob a magia de disfarce e, portanto, caso ele seja encontrado, isso arruinaria o truque.
Tudo isso somado, a implicação da frase dupla:
A jaula é fria, mas fiz um manto quente para ele, com as peles das seis putas que o seguiram até Winterfell.
Esta é uma referência à maneira como Melisandre disse que as seduções [glamors] funcionam: vestindo-se a sombra de outra pessoa como capa. Também parece uma possível alusão a usar a pele de outra pessoa, de acordo com o conto de Bael, o Bardo.
Na íntegra, o terceiro parágrafo parece deixar uma mensagem de que Mance conseguiu se disfarçar de Ramsay, que Ramsay está vivo como um prisioneiro nas criptas e que ninguém parece saber disso. Também pode significar que nenhuma das esposas de lança traiu seu segredo.

Quarto parágrafo

Ao contrário dos parágrafos anteriores, acredito que o quarto parágrafo é direcionado diretamente a Jon Snow. Melisandre pode saber o segredo por trás de seu conteúdo, mas este parágrafo foi elaborado para ter um efeito específico sobre Lorde Snow.
Quero minha noiva de volta. Quero a rainha do falso rei. Quero a filha deles e a bruxa vermelha. Quero sua princesa selvagem. Quero seu pequeno príncipe, o bebê selvagem. Quero meu Fedor.
Essas frases apresentam uma lista de demandas, muitas das quais Jon não tem capacidade de cumprir. Ele não tem permissão para enviar Selyse, Shireen, Melisandre, Val ou o filho de Mance para Winterfell.
Além disso, ele não tem ideia de quem é Fedor.
E independentemente da identidade de Ramsay (o real ou o disfarçado), ambos saberiam que Jon não tem ideia de quem é Fedor.
Esses pedidos colocaram Jon em uma posição tênue. A carta declara abertamente que Jon violou seus juramentos à Patrulha da Noite, participou de uma mentira quando colaborou para resgatar Arya usando Mance, o que também beneficiou a causa de Stannis.
Mande-os para mim, bastardo, e não incomodarei você e seus corvos negros. Fique com eles, e eu arrancarei seu coração bastardo e o comerei.
Esta ameaça sugere fortemente que Jon precisa cooperar ou ele será atacado. Considerando que os Boltons são aliados dos Lannisters, é razoável concluir que os Boltons também usariam a oportunidade para destruir as forças de Stannis em Castelo Negro e fazer muitos reféns.
A carta deixa claro: o envolvimento de Jon com Mance e Stannis resultou em uma ameaça à Muralha, à Patrulha da Noite e à família de Stannis e ao assento de poder.
Jon é então forçado a um dilema:
Em ambos os casos, ele está ferrado e proscrito como um violador de juramentos.
Então, por que Mance enviaria uma linguagem tão provocativa para Jon e Melisandre?
A resposta deriva de vários fatos, alguns dos quais serão discutidos posteriormente no Manifesto. Mas a resposta simples é esta:
O que posso dizer neste momento é que Mance, Melisandre e Stannis sabem que Jon estava disposto a violar seus votos quando era necessário servir à Patrulha da Noite (e por extensão aos sete reinos).
Forçando Jon a se tornar um violador de juramentos, Melisandre e Stannis são capazes de usá-lo de outras maneiras, particularmente de maneiras que não envolvem sua permanência na Patrulha.
Com que propósito Stannis e Melisandre usariam Jon Snow, o violador de juramentos?
Infelizmente para Jon, ele mesmo forneceu a Stannis o motivo para 'roubá-lo' da Patrulha da Noite.
Explicar melhor isso é um dos pontos principais do Volume III do Manifesto.

CONCLUSÕES

A carta como um todo parece ser coerente com as teorias que descrevi até agora, particularmente com o resultado do ‘confronto nas criptas’.
Como discuto nos apêndices, também é coerente com algumas interpretações reveladoras das visões de Melisandre.
Obviamente Melisandre acreditava que a Carta Rosa responderia às perguntas de Jon sobre Stannis, Arya e Mance, e a carta o fez. Ela pensou que isso o obrigaria a confiar nela.
Embora a Carta Rosa tenha respondido suas perguntas, ele ignorou tanto a carta quanto Melisandre quando se recusou a procurá-la e agiu por conta própria. Acredito que isso se deva em grande parte ao fato de ele não perceber que havia segredos no texto; ele entendeu a carta pelo significado literal.
Existem algumas grandes questões que permanecem abertas:
Além disso, parece que Melisandre queria um ou ambos das seguintes coisas:

IMPLICAÇÕES

As perguntas e conclusões que podemos fazer parecem sugerir que chegamos a um beco sem saída. De fato, se continuarmos a tentar entender as coisas pelo ângulo de Mance Rayder, será.
Se dermos um passo para trás e começarmos a investigar algumas das outras pistas, preocupações e mistérios em A Dança dos Dragões, surgem novas ideias que nos levam de volta a Mance e Stannis.
Para aguçar seu apetite, aqui estão as questões importantes, antes de avançarmos para o próximo volume do Manifesto:
Essas e outras perguntas são respondidas no próximo volume do Manifesto, ‘O Reino irá Tremer’.
E, finalmente, para terminar com algum floreio, aqui está uma passagem de A Dança dos Dragões:
O Donzela Tímida movia-se pela neblina como um homem cego tateando seu caminho em um salão desconhecido.
(ADWD, Tyrion V)
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


2020.09.24 13:57 Logical-Bad634 Nuevos creyentes: encontrar su propósito con Dios

Para los nuevos creyentes, encontrar su lugar en el esquema de las cosas es extremadamente difícil. Desde el principio se nos enseña que para encontrar a Dios debemos constantemente llenar nuestra vida con todo lo que Jesús. Esto puede volverse abrumador rápidamente. Peor aún es cuando sentimos que estamos empezando a ganar impulso, alguien viene y nos dice cuánto más debemos hacer si queremos ser realmente buenos cristianos. Esto hace que mucha gente pierda la fe. Nos resulta tan difícil mantenernos al día con todo lo que sucede a nuestro alrededor que perdemos fuerza y ​​finalmente comenzamos a pensar que ser cristianos es demasiado trabajo. Aquí hay algunos consejos para ayudar a los creyentes, tanto nuevos como experimentados, a reavivar su amor por Dios y abrirse camino en este mundo. El desarrollo espiritual de cada oyente
Cuando venimos a Jesús por primera vez, generalmente comienza a través de un amigo o miembro de la familia que nos testifica o mediante un sermón de la iglesia que realmente toca nuestro corazón. A medida que comenzamos a hacer amigos en nuestra iglesia, todos transmiten sus opiniones sobre lo que es un buen cristiano y lo que no es. A veces estas palabras vienen directamente de la boca del pastor y otras veces son opiniones personales. Sin embargo, una cosa es segura; No faltan consejos sobre cómo acercarse a Dios.
Al construir su relación con Dios, no tenga miedo de apagar las voces de las personas que lo rodean. Simplemente baje el volumen o presione el botón de silencio y escuche ... El plan de Dios para cada uno de nosotros es único y solo Él sabe cuál es ese propósito. Deje que Él le hable y le diga dónde debe ir y qué debe hacer. La Biblia está llena de historias de personas tocadas por el Espíritu Santo y guiadas en nuevas direcciones. Muchas veces estas personas fueron menospreciadas por no seguir a la multitud, pero muchas resultaron ser algunas de las personas más influyentes de la Biblia. Moisés, Noé, el apóstol Pablo y muchos más fueron guiados directamente por Dios, ¡e incluso ellos se mostraron escépticos sobre el camino que tenían por delante! Deja que Dios te diga cómo adorarlo y deja que los demás expresen sus quejas todo lo que quieran. Desarrolla tus recursos espirituales
No todo el mundo está destinado a ser pastor, obispo, líder de la iglesia o teólogo. Algunos de los mejores cristianos de la historia vivieron vidas sencillas. Por supuesto que no fueron tema de historias ni se embarcaron en grandes aventuras, pero amaban al Señor y lo servían con todo su corazón. Los que aman juzgar a los demás tienden a olvidar las enseñanzas de la Biblia. Mateo 6: 5 dice: "Y cuando oren, no sean como los hipócritas, porque a ellos les encanta orar parados en las sinagogas y en las esquinas de las calles para ser vistos por los demás. En verdad les digo que han recibido su recompensa en su totalidad . " A muchos cristianos les encanta ser vistos en la iglesia, en el estudio de la Biblia y en cualquier otro evento de la iglesia, y les encanta juzgar a otros que no logran mantener su alto nivel de compromiso cuando oras, oras en soledad al Señor y no defiendes tu estado en la iglesia.
Si tu camino es un camino de modestia, acéptalo de todo corazón. Si Dios te ha elegido como promedio, alégrate y alégrate en ello. Cuando nosotros, como cristianos, tratamos de obligar a las personas a que se ajusten a un molde establecido por la iglesia y envueltos en versículos selectos de la Biblia, ¡alienamos a las personas que quieren amar a Jesús con todo su corazón! Permítales amar a Jesús de la manera que él crea conveniente y enfóquese en la viga en su propio ojo. Difundiendo un mensaje de salvación
Tantas personas con intenciones positivas han hecho tanto daño a la naturaleza frágil de los nuevos creyentes. Predicamos constantemente, citamos versículos sin descanso y culpamos a las personas a un estilo de vida en el que se sienten completamente incómodas. Debemos recordar que construir una relación con Dios es único para cada individuo. Es un camino que caminamos con el señor y no todos llevan en la misma dirección. Debemos recordar las partes más sagradas de ser cristiano, la honestidad, la integridad, el amor, el perdón, etc. En ninguna parte dice que debe memorizar las Escrituras, orar durante horas o asistir a todas las funciones de la iglesia para ser amado por el Señor.
Visit Here - El papel de la fe en el crecimiento espiritual
submitted by Logical-Bad634 to u/Logical-Bad634 [link] [comments]


2020.09.24 09:50 DavsGreeleq Ayuda para encontrar un libro.

¡Hola! necesito su ayuda para encontrar un libro, la chica que me gusta me contó la historia del primer libro que leyó y lo mucho que le gustaba, como sorpresa yo quiero encontrar el libro para comprarlo y regalárselo el día que me le declare, ella no recuerda muchos datos, solo lo siguiente. La portada del era amarilla, era pequeño y gordito, trataba de una niña que emprendía un viaje e iba sola, en su camino se encuentro unos peces voladores, esto transcurría en el campo y ella llegaba a una casa o un castillo. esa es toda la información del libro que tengo, les agradecería si me ayudan. seguiré buscando en nombre del amor. <3
submitted by DavsGreeleq to libros [link] [comments]


2020.09.23 04:35 hopeicee_ Cartoon Network ya no ✨sirve✨ (una crítica con amor)

Imaginemos que tienes de visita a tu primo pequeño; no sabes con qué entretenerlo, está calmado pero hablando mucho y fregandote el pelo. ¿Todo normal, verdad? Pero ya te aburres de aguantartelo y decides prender la televisión porque ya te tiene hasta la coronilla. Le pones tu programa favorito del 2010, esperanzado o esperanzada de que estén pasando Hora de Aventura o Un Show Más; joyitas, la verdad. Pero te encuentras la mierda más grande con una proximidad de 7 temporadas, Los Jóvenes Titanes En Acción. Una poronga de 7 temporadas que se supone es el proyecto más grande de Cartoon Network, pero como ya dije... TREMENDA PORONGA DE PROGRAMA-
Este fue un ejemplo basado en hechos reales. Yo decidí buscar lo que seguía en el cronograma pero eran otras dos horas de ese programa y mi primo ya se iba. Yo quiera pasar más rato con el pero como no hay cable en mi casa... :'/
El tema principal de esta crítica es más que nada Los Jóvenes Titanes en Acción. No sé quién tuvo el MALDITO descaro de hacer un reboot de una de las mejores series del 2000 y hacerlo mierda pensando que era un buen plan. Para nada lo es. Esto ya no es gracioso, CN.
Primero que nada, yo sé que este programa tiene mucho gente pero la gente es pequeña, chiquita y sin mente. Siendo el público de mente cerrada, niños sin nada que hacer por 2 horas y perversos viendo cómo la misma serie sexualiza y ridiculiza a los personajes.
Ese es otro punto, los temas cegantes. (Así lo voy a llamar JSJSJ) Los temas cegantes, según yo, son esas cosas que un pequeño lo puede ver gracioso o entretenido pero si lo miramos desde otro punto de vista está políticamente mal. Cómo dije en el párrafo de arriba, la misma serie sexualiza y ridiculiza a sus propios personajes, dejando al fandom sin nada, sin contenido y que esa misma gente se empieze a arriesgar para encontrar links de lo que sería 💓 esto 💓 pero en un pasado.
Otra cosa que quería hablar era sobre los horarios.
Si, yo sé que Cartoon Network se supone que tiene que ser un canal para niños pequeños que se comen los mocos pero nunca fue así. Los televidentes en promedio son niños de 7 hasta los 16 pero los horarios de la madrugada y tarde después del almuerzo. ¿Razón? Mob psycho 100, Steven Universe, Dragón Ball Z y súper (repetidos pero vale la pena), Pokémon, los cortos de Villanos, repetición de lo mejor de la vieja época, el mundo de Craig y DC súper heros girls. Sé que me faltan más pero estas están en un horario correcto, poco convencional pero correcto.
La cosa es... De todas están series que valen la pena y tienen mucho futuro y de las que van a dar luz verde, ¿Adivinen a cual se traga el 75% de la programación? Exacto, persona extraña, estás en lo cierto. Gracias a Los Jóvenes Titanes en Acción casi ninguna de estas series se a dado a ver, por ejemplo Cats, esos cortos argentos que si dan risa si es que captas el chiste. ESO SI DA RISA.
Están que se me salen las venas de lo enojadísima que estoy con esta generación de Cartoon Network. Es una casi completa mierda.
Para terminar rápido...
En conclusión, hagamos notar nuestra presencia y que CN ponga contenido de verdad, no esa cosa lavacerebros.
Con mucho amor, @hope_icee 🤠🤝
submitted by hopeicee_ to espanol [link] [comments]


2020.09.21 01:47 DanielDLR14 ¿Cómo hago para que me dejé de gustar mi mejor amiga?

Pues supongo que este es un caso comun..... Ella y yo nos conocemos desde hace 4 años y medio por medio de un juego de cel, aún no la he visto en persona por que vivimos muy retirados ambos. Los 2 siempre hemos estado uno para el otro ya sean en los buenos y malos momentos de la vida y la forma en que ella me apoyaba no la sentía con ninguna chica anteriormente y pues me fui enamorando poco a poco. Ella es una chica muy sencilla y yo como adolescente de 18 pues el tener dinero es muy difícil y más en estos tiempos. Ella siempre me han comprendido en cuanto a esa situación y eso me gustó mucho ir que es difícil encontrar una chica que e quiera sin importar lo que tengas o no. hasta que un día me decidí a decirle mis sentimientos pero me dijo que sólo veía como un hermano, sentí como si me atravesaban con una lanza y como se me entregaba la garganta de la tristeza ya que no soy un fracaso en eso del amor y siempre me han rechazado las chicas, por no tener dinero y lucir bien y pensar en eso me puso peor ya que que me hace pensar que ella piense en que no soy como esos chicos supuestos y con dinero, no digo que lo piense pero no quisiera preguntarle por temor a que piense que ella es de ese tipo de chicas y hacerla sentir mal... Nunca dejaría de hablarle ni molestarme con ella por que es una tontería y he visto que por mi mismo caso muchos de han dejado hasta de hablar, es sólo que no se como manejar esto ya que ella me gusta muchisimo , nunca me había sentido tan enamorado de una chica en toda mi vida. El hecho de tener que buscar a otra chica y empezar de 0 me pone mal. Ayúdame chicos ):
submitted by DanielDLR14 to AskRedditespanol [link] [comments]


2020.09.18 19:13 SnowLothbrok Problemas de Adulto en la sociedad actual... Necesito una opinión o consejo

Tengo 26 años, vivo solo en mi departamento que compré cuando me case con una chica presiosa pero me engaño muchas veces y se fue de mi vida, ella me odia y me hecha la culpa aunque yo no le hice nada, en la actualidae no tengo novia y mis amigos ya están casados incluso con hijos o con una relación, últimamente los evito porque hablan mucho de su relación y les va bien y me hace sentir mal y con ganas de regresar con mi ex esposa, a mi no me va tan mal pero no tengo pareja y realmente no se como encontrar un nuevo amor, nunca tuve problemas con chicas, pero la verdad es que siento desperdicie mis oportunidades, mi trabajo me consume la mayoría del tiempo y solo trabajo en un lugar donde todos sobrepasan los 35 años, quisiera encontrar el amor pero siento que ya perdí algo de valor para una relación nueva ya que estuve casado, realmente no me falta nada, tengo salud y todo... Me preocupa quedarme soltero toda mi vida aunque día a día me voy dando a la idea de quedarme solo... Siempre eh sido una persona muy adelantada en mentalidad en relación de mi edad, quisiera encontrar una mujer tan solo para sentirme apoyado emocionalmente, ya que soy muy sensible y mujeres asi personas así no encuentro en un bar o en conciertos, en. Mi generación ya están casados todos o llevan una vida muy alocada y quiero a alguien que sea madura pero ya no se donde pueda conocer a alguien así, en las redes sociales es lo mismo... Que me aconsejarían hacer? Ademas soy dibujante, mucho viviendo solo me hizo reflexionar en muchos aspectos de mi vida y ahora que estoy tranquilo conmigo mismo parece que no puedo socializar, no existe el tiempo, ni puedo llegar a armonizar con las chicas que la mayoría solo piensan en lo material y en lo superficial. ¿Que debería hacer con esta necesidad de pareja? Ya casi cumplo los 27 y saben me gustaría tener una hija en el futuro.
submitted by SnowLothbrok to espanol [link] [comments]


2020.09.18 05:55 Natsugarxx ¿Tienen o tuvieron alguna vez metas casi imposibles?

Yo deseaba dos cosas, o bueno realmente todavía no perdí la esperanza.
Lo primero es el trabajo, a mí daba hueva ver a la gente "común" (es sólo una forma de clasificar, por favor no lo tomen a mal) y con trabajos comunes, por ejemplo: maestros, peluqueros, mecánicos, etc. Lo que es bastante normal realmente, y no me puedo imaginar dedicándome a eso, lo juro por Dios. Yo desde muy chica deseaba ser actríz, actríz de Hollywood, pero obvio eso sería o en todo caso es casi imposible realmente. Juro por Dios que voy a luchar para conseguirlo aunque sé que será dificil y mi apariencia realmente mucho no ayuda y existe mucha competencia en esa ciudad en específico que hasta y podría bajarme el autoestima y hará que me eche atrás, pero ese no es el caso ahora. Y lo segundo, conseguir a esa persona y se que sonara cliché y cañón pero encontrar al "amor de mi vida" todos los días me pregunto, ¿Que estará haciendo el hombre con el que algún día me voy a casar? ¿Donde estará? Ojalá este bien y que también piense en mi como yo en el. Y lo tercero, la libertad absoluta, no quiero ser esclava de mi propia vida si es que se me cumplen todas estas cosas ni de la fama, ni de mi esposo (bueno de el si) y libre de todo, hacer todo lo que disfruto sin ningún tipo de impedimento.
submitted by Natsugarxx to AskRedditespanol [link] [comments]


2020.09.18 00:35 Baron009 Foi um erro ?

Cara, tenho 17 anos de idade, estou estudando para entrar em uma boa universidade federal em um curso que eu amo e etc... mas eu acho que eu poderia ter algo mais e este algo mais é o amor ou não !. De fato, até o mês passado eu vivia pensando se algum dia eu iria encontrar alguém bacana para sla ao menos ficar, mas este tipo de pensamento estava me consumindo de uma forma muito grande (chorava todos os dias, me causava um vazio imenso e me travava de certa forma) até que chegou um dia que eu não aguentava mais sofrer por não ter ninguém em minha vida e resolvi (não sei como eu fiz) que daquele em dia em diante não iria mais me apaixonar. Gostaria de saber se na opinião de vocês eu tomei uma decisão muito precipitada (Considerando claro que eu tenho 17 anos e tenho muito a viver) ou foi uma boa decisão ?
submitted by Baron009 to desabafos [link] [comments]


2020.09.17 22:57 Sespez 2 años viviendo con una Karen, el comienzo de un infierno

Cast: Yo, mi hermano, la Karen, Abuela
Personajes secundarios: Mamá y Papá

Bueno, esta historia es algo bastante larga, trataré de contar los detalles mas importantes y no desviarme tanto.

Cuando mi hermano y yo teníamos 17 años estábamos a punto de empezar la Universidad y estabamos bastante desesperanzados, pues las carreras que queríamos solo se podían estudiar fuera de la ciudad y mis padres no podían costearse estudios foráneos, así que las opciones que nos daban era que mi hermano estudiase Comunicación y yo Arquitectura (como si eso fuese mas barato). mi hermano quería estudiar Letras y yo Artes.
Mi papá tiene dos hermanos, y la Karen en cuestión es su hermana. Karen vivía en la ciudad donde podíamos estudiar nuestro sueño y nos ofreció irnos a vivir con ella, no tendríamos que preocuparnos por comida ni renta, ni nada mas que nuestros propios estudios, habló con nuestros padres y quedó decidido. Presentamos exámen y mi hermano si quedó en la uni pero yo no, asi que el se fue y a mi me ofrecieron irme para tomar cursos de pintura, ya que en mi carrera debes presentar un examen de habilidad ademas del examen de ingreso. Total que no me fui por pasar mas tiempo con un novio que tenia que de todas formas terminé con él un mes después de iniciar los cursos. Lo sé, mis decisiones a esa edad (ya 18) fueron muy malas. Me fui a inicios del año siguiente y tome un curso de 4 meses para volver a presentar el examen (sería en Mayo). Recuerdo que mi relación con mis padres nunca había sido buena y al irme no mejoró. Cuando llegué al depa donde vivia mi tía, mi hermano ya llevaba un semestre cursado y se lo veía bien a mi parecer, pero el infierno comenzó al día siguiente de llegar. Por alguna razón mi hermano se echó un desodorante que a la Karen (asmática) le hacía mal. y me empezó a regañar a mi (mas que regañar, hablar con gritos, reclamos) sin saber si había sido yo.
Mis cursos eran martes y miercoles, asi que el resto de la semana no hacía mucho. Mi hermano tenía clases todos los dias, lo normal. Karen decidió que teníamos que ir a "ayudarla" al trabajo todos los dias sin importar que quisieramos hacer otras actividades. Nosotros nunca lo dudamos, nos convenció de que al ayudarla ella nos ayudabamos nosotros a tener una mejor calidad de vida o alguna mierda por el estilo. Todos los dias, todo el día en mi caso. Había dias que por "ayudarla" salía tarde a mis cursos y llegaba con el tiempo al límite, se lo hacía saber pero me culpaba por no apurarme en el trabajo. Cabe recalcar que era una Godín (trabajadora burocratica) y esa "ayuda" era hacerle todo, desde pasarle impresiones de la copiadora de la oficina, escribirle los oficios, hacerle TODO. Nuestra "paga" era basicamente vivir comodamente, lo que nos había ofrecido hacia meses.
Nosotros nunca nos atrevíamos a decir nuestras inconformidades por dos razones:
Toda nuestra vida sufrimos abuso emocional y psicologico por parte de nuestros padres y físico por parte de nuestro padre. Asi que para poner límites, aprender a decir que no, defendernos y en general ser humanos funcionales, no servíamos.
La otra razon es que si le decíamos a mi tía que algo no nos gustaba nos culpaba por ello, en vez de aceptar que no queríamos ir todos los dias al trabajo como ella nos habia manipulado para creer que era una obligacion, decia que ya que eramos 3 habia que ayudarnos entre todos. Pero esa ayuda entre todos era solo para las cosas que le convenian, o sea, beneficios propios como el trabajo o la casa. Eramos sus sirvientes, si ella quería una hamburguesa a la 1 de la madrugada teníamos que salir a esa hora a algún local abierto y comprarsela, pero para esto nos preguntaba primero si teníamos hambre, y aún si no teníamos tanta teníamos que salir a comprarle. viviamos en una zona algo cara y concurrida de locales de comida y comerciales en general. Tambien barríamos, lavábamos los trastes y, aqui se pone la cosa mas turbia, teníamos que dormirnos a la hora que ella se dormía porque habia una sola cama. Como digo, la zona era cara pero donde rentaba era casa de otra tía que le cobraba barato, y el lugar era muy pequeño. Entonces teníamos que darle masaje TODAS LAS NOCHES para que ella se durmiera, o cantarle, o cosas por el estilo para que la Reina Malvada se sintiera amada, porque era un ser tan vil y asqueroso que todas las personas que se acercaban terminaban alejandose porque no la soportaban, y esto lo viviriamos tiempo después.
Una de esas noches, ella creyó que yo estaba dormido y paso su mano por mi área genital. Yo nunca dije nada. Tiempo despues me enteraría que a mi hermano le hizo lo mismo.

tratare de ser breve desde ahora porque si no me alargaré mucho, solo queria dar una introduccion a cómo era su dinámica de abuso y manipulación.

Mi abuelo murió poco antes de que yo entrara a la Uni en Agosto, y esto hizo estallar la relación de por sí poco estable que tenía Karen con mi papá. Pues un dinero del seguro de vida de mi abuelito que estaba a nombre de Karen mi padre lo tomó con ayuda de mi abuelita para arreglarle su dentadura, que no es nada barato, ésto hizo entrar en colera a la maldita Karen e hizo todo lo posible para hacer quedar mal a mi padre frente a la familia. Mi abuelita se había quedado practicamente sola y, aprovechando que para esas fechas ya nos habiamos mudado a un lugar mas amplio, Karen decidió llevarse a mi abuelita a nuestro nuevo "hogar". Esto significó una nueva etapa en el infierno que era vivir con la idiota. Si bien habiamos accedido a ayudarla con el cuidado de mi abuela, nunca nos imaginamos que nos iba a dejar a cargo tambien de sus citas con el médico, lo cual era un lío porque el proceso de cambio de hospital estaba complicandose por falta de documentos. Tambien me hizo a mi responsable de retirar su pensión, lo cual tambien era un proceso porque ese dinero era de la pensión de mi abuelito y para autenticar su identidad necesitaba registrar sus huellas en el banco, y para colmo sus huellas casi no se leían, asi que para ese entonces yo me encargaba de lo siguiente:
Hacer el café de la mañana, darle un aperitivo previo el desayuno a mi abuelita, poner la mesa, barrer, sacar la basura, calentar el desayuno a mi abuelita, tender la cama de Karen, ayudarla a escoger su vestuario para su nuevo trabajo (ahora ganaba mas pues era subdirectora de otra institución pública), llamarle a su chofer (el cual no era su chofer, era conductor de la institución) para que viniera por ella cada mañana, lavar los trastes de la comida, de la cena, atenderla cuando llegaba del trabajo, hacerle junto a mi hermano sus trabajos, ayudarla en los eventos públicos que hubiera por parte de su trabajo (cargar cosas, participar, ponernos de tapete). Se preguntarán cómo manejaba mis tiempos para cumplirle sus caprichos y cumplir con mi universidad. No lo hacía, mis calificaciones están del asco porque descuide mis estudios y en general mi persona por cumplirle a ella. Mi horario era super random, de que algunos días entraba hasta las 12 y otros ni siquiera tenía clases, por eso podía disponer mas de mí y menos de mi hermano, que tenía un horario estricto de 8 a 2 o 3 de la tarde. No podía hacer actividades por mi cuenta porque la Gorda Malvada necesitaba "mas ayuda" en su nuevo trabajo. Y los masajes obligatorios que cada vez eran menos seguido.
Otro detalle que se me olvidó mencionar fue que ella fumaba marihuana. Mucho, y yo me dejé arrastrar por ese gusto que se convirtió en adicción.
Mi vida era un asco, me veía mal, me sentía mal, mis niveles de ansiedad y depresión estaban al tope, no cumplia con la escuela y me estaba atrasando. En tercer semestre de la carrera reprobé casi todas mis materias, nunca le dije. Sumado a eso el estado mental de la Karen estaba mal, ella siempre fue inestable y nos gritaba, nos decía obscenidades, ofendía a mis padres ahora sus nuevos enemigos cada que podía, a mi hermano le recriminaba haber entrado a un club de teatro porque así tenía menos tiempo para cumplirle sus caprichos. Nos decía que mis padres nunca podrían pagarnos un departamento por lo pobres que son y que cómo podiamos ser tan malagradecidos con la unica persona que nos ayudaba y "amaba" A mi abuela también la trataba así, y lo sigue haciendo. Un día ibamos a ir al cine temprano y nos dijo que la despertaramos, así que nos levantamos muy temprano a dejar la casa limpia, hicimos un poco de ruido aunque tratamos de no hacerlo para respetar su sueño y se levantó hecha un diablo a regañarnos por haberla despertado. Otro día se enojó por no despertarla temprano porque al parecer tenía unas cosas que hacer en la mañana. Cada que se enojaba nos decía que estaría mejor sola, que eramos lo peor de lo peor y que ahora entendía por qué nuestros padres nos trataban así.
Ella sabía del abuso que viviamos con nuestros padres y se aprovechó de nuestra "nobleza" (incapacidad de decir que no) para tenernos de sirvientes. Yo lloraba casi todo el tiempo porque sentía que estaba solo en el mundo, le llamaba a mi mamá por teléfono cada tanto solo para llorar con ella. Me escudaba en la marihuana para olvidarme de esos problemas, pero para los que fuman marihuana saben que estar en un estado mental así y fumar marihuana solo resulta en malas experiencias.
La situación en general era muy mala, llegó un punto en que no sabía si hacer o no algo de cierta forma por miedo a que se enojara. Esa era mi vida, miedo, ansiedad, odio interno, y mucha ira, ansiedad por las bajas calificaciones y sentirme tan mal por no poder mejorar... Estaba mal. Mi hermano tampoco estaba mejor, pero al menos su horario le permitia irse de la casa temprano e inventar cualquier excusa para llegar mas tarde. Nuestro cuarto era un asco, un verdadero asco, que no le deseo a nadie, ni siquiera teníamos camas, dormíamos encima de cojines de sillón cubiertos de sábanas, la Karen nos prometía cada tanto que pronto nos compraría camas, pero nunca lo hacía. Y eso que además del alto sueldo que recibía, se lo habían aumentado.
Ni siquiera teníamos el valor de decirle a mis padres todo esto porque también nos había manipulado para creer que las cosas que sucedían en la casa se quedaban en la casa.
Todo acabó cuando yo tuve el valor, no se de dónde salió, un día simplemente dije "es suficiente" y decidí salirme de ahí, hablé con mi hermano, luego hablamos con nuestros padres, con quienes ya nos habíamos arreglado un poco, y decidieron que podían destinar cierto dinero a un lugar mas o menos bien para vivir, así que sólo faltaba encontrar sitio. Esto fue un problema nuevo, pues no encontrabamos el valor para decirle a la Karen que nos íbamos. Cuando se lo dijimos, hubo discusión y yo solté la sopa, le dije que era una abusiva y nosotros habiamos ido a estudiar, no a ser sus sirvientes. Nos dijo que no podíamos agarrar agua ni comida del refrigerador. Al siguiente día tomé todas mis cosas y me fui a casa de una amiga que me había ofrecido asilo.
A principios de este año conseguimos un nuevo depa, donde viviamos solo nosotros dos, y aunque ha sido un proceso horrible el dejar esos traumas, sobrellevar el PTSD y la adicción a la marihuana y arreglar la relación con nuestros padre, puedo decir que soy muy feliz, por la situación de la pandemia estamos en casa de nuestros padres y las cosas van bien, arreglamos un espacio para tomar clases y hacer tarea, mi gata tuvo gatitos y mi Chochita (asi le digo a mi gatita, es que está rechoncha) me hace la vida muy alegre con sus travesuras y amor, el semestre acaba de iniciar y estoy mas que listo para mejorar mis notas y desempeñarme bien en lo que hago. Tengo el amor de mis padres y mi hermano, mis amigos y no puedo pedir mas. Al final creo que, aunque fue un golpe terriblemente duro, necesitaba pasar por todo eso para ser la persona quien soy ahora, y quien estoy trabajando por ser. Recientemente salí del closet como no binarie y mis padres me apoyan, cosa que nunca habría podido hacer viviendo con Karen pues es una lgbtfóbica de lo peor, diciendo que apoya y es de mente abierta pero teniendo comentarios bien desinformados e ignorantes.
No se que clase de monstruo tuvo que traumatizar a esa asquerosa basura humana para resultar así, pero los traumas solo se superan con voluntad y/o yendo a terapia. Uno mismo se permite situaciones desagradables, y es muy importante aprender a discernir entre lo que quieres en tu vida y lo que no. Espero que nadie pase por nada así, y si lo hacen, que pronto salgan de esa situación porque las personas con derecho son horribles, tenía tiempo viendo videos de Voz de Reddit en Youtube y no había caído en la cuenta de que también fui victima de una persona con derecho.
submitted by Sespez to padresconderecho [link] [comments]


2020.09.16 16:25 Ok_Smile Só eu tenho a impressão de que Schopenhauer não recebe o devido reconhecimento no meio acadêmico brasileiro?

Recentemente tenho me aprofundado nos estudos de Schopenhauer, sou completamente autodidata, comecei a ler os recortes de Parerga e Paralipomena ainda na adolescência, aliás acredito que esses recortes da obra completa em partes tem participação nesse fator, pegar uma obra extremamente importante na vida de Schopenhauer, pois foi essa a responsável por lhe dar o reconhecimento inicial que tanto buscava, e não traduzir ela de maneira íntegra, mas sim pequenos fragmentos em livros que à primeira vista parecem soar como livros baratos de autoajuda em alguns casos como: "A metafísica do amor", "Sobre a morte", "A arte de ter razão", "Aforismos para sabedoria de vida", etc. Sinceramente, por mais que eu entenda o motivo das editoras terem feito isso (lucrar mais, obviamente), não ter surgido uma tradução da obra completa através de um esforço acadêmico é algo que não entendo e ainda tenho esperança que um dia aconteça, poder ter um exemplar de Parerga e Paralipomena completo na minha estante, traduzido para o português.
Não achei NENHUMA aula sobre a obra introdutória de Schopenhauer ao seu sistema filosófico: "Sobre a Quadrúplice Raiz do Princípio de Razão Suficiente", inclusive para achar esse livro pra comprar foi relativamente difícil, e a leitura autodidata do mesmo mais ainda, o caminho para entender tudo por conta própria foi tortuoso, tendo em vista que acredito ser necessário um bom repertório de Kant, Spinoza, Hume, Leibniz e até mesmo Hegel para entender o livro em toda sua magnitude, fui me dando conta disso no decorrer da leitura e ia procurar os autores frequentemente citados e suas ideias muitas vezes utilizadas como ponto de partida para o desenvolver do pensamento Schopenhauriano, entre leituras e releituras das obras dos pensadores citados, diversas anotações, diversos vídeos disponíveis ao excesso sobre os mesmos, ao contrário de Schopenhauer, reflexões comigo mesmo, finalmente consegui digerir a obra que acredito que seria um processo muito mais simples, caso houvesse mais conteúdo na internet tanto em português quanto em inglês sobre a mesma. Porém a sensação que você sente ao terminar ela é muito gratificante, como se uma luz surgisse na sua mente, e esse fenômeno se repetiu diversas vezes até agora nos meus estudos, e não tinha sentido isso de forma tão intensa ainda, não é possível que essa sensação emane só de mim, portanto tenho a impressão que existe um certo desinteresse geral para se aprofundar nesse pensador. É extremamente fácil encontrar guias de leitura para Nietzsche, aos montes, para Schopenhauer já é bem mais raro.
Me parece que tudo gira em torno de sua obra magna, "O Mundo Como Vontade e Representação", inclusive sendo até perigoso esbarrar em recortes da mesma em forma de livros "completos", sendo que todas as suas obras que constituem seu corpo filosófico são maravilhosas ao meu ver, "Sobre a visão e as Cores" traz à tona um excelente complemento para a "Teoria das Cores" de Goethe por exemplo, enfim, sempre que os chamados "filósofos de massa" citam Schopenhauer, é ou para remeter a ideia de pessimismo associada a ele ou para usa-lo de ponte para Nietzsche por exemplo, realmente não entendo o porquê, em algum momento, não direcionar os holofotes para esse homem genial.
submitted by Ok_Smile to Filosofia [link] [comments]


2020.09.12 06:00 aniballayoto Frases de felicidad

Frases de felicidad
Las frases de felicidad son aquellas que dan consejos e ideas para aprender a vivir, adquirir una gran sabiduría, elevar el estado de ánimo y alcanzar la felicidad. Existe una enorme diversidad de proyectos en la vida, todos representan algo importante, pero la felicidad debe ocupar un lugar de honor, ya que aquellos que encuentran su fórmula son personas muy dichosas.
https://preview.redd.it/dujxvhooq3f51.jpg?width=960&format=pjpg&auto=webp&s=6489f6146be35e04a70b7c654cd51c6265330138
Cualquiera puede tomar la felicidad y encadenarla a su vida.
La oportunidad de SER FELIZ es uno de los privilegios más grandes que el ser humano posee, hay que aprovechar esa oportunidad, algunas frases que lo enfatizan son las siguientes:
  • "La felicidad se alcanza cuando, lo que uno piensa, lo que uno dice y lo que uno hace están en armonía". Gandhi
Reflexión:
Lograr una gran armonía entre pensamientos, acciones y palabras es una tarea muy exigente. Se puede detectar la incoherencia de las palabras con los actos, alguien dice: “es importante respetar a los demás”, “hay que alimentarse sanamente”, “la disciplina es fundamental para triunfar”, etc. Pero a la hora de revisar las acciones de esa persona se observa la contradicción, algo similar ocurre con el pensamiento, se quieren buenas cosas en la vida, pero hay muchos pensamientos negativos. Este mensaje de Gandhi tiene una gran sabiduría, hay que evaluar constantemente pensamientos, acciones y palabras para buscar una perfecta alineación, una vez que eso sucede se es feliz, porque se tiene autodominio y es posible lograr cualquier meta. A través del SOFTWARE SUBLIMINAL lograrás una autosugestión excelente que te lleve a disfrutar al máximo cada día y encontrar el camino de la felicidad. Esta herramienta funciona con el poder de las afirmaciones, donde puedes usar una enorme cantidad de frases de felicidad personalizadas y acompañarlas de buenas imágenes, así como audios que te llevarán a construir una mente positiva. Las afirmaciones han ayudado a transformar miles de vidas alrededor del mundo y son una forma de comprobar el poder mental.
  • “la felicidad consiste en buscarla” Jules Renard
Reflexión:
¿La felicidad está en un lugar? Sí, está en el corazón de cada persona y es necesario buscarla día a día, ir quitando escombros de las conductas inadecuadas que la están cubriendo. Para alcanzar la felicidad antes hay que aprender a vivir, madurar, comprender las buenas y malas circunstancias, saber CONTROLAR LAS EMOCIONES, etc. Se puede elegir ser feliz desde este preciso momento, pero lograr que esa decisión cobre fuerza necesita de paciencia día a día, hasta conseguir ese equilibrio donde se es feliz sin importar lo que suceda alrededor.
  • El éxito consiste en obtener lo que se desea. La felicidad en disfrutar lo que se obtiene. Ralph Waldo Emerson
Reflexión:
Cualquiera se considera exitoso cuando obtiene lo que desea, el proceso del éxito va arrojando diferentes resultados, hay que aprender a ser feliz todo el tiempo, porque la estabilidad emocional conduce mucho más rápido a los mejores resultados y una vez que se obtienen hay que disfrutarlos al máximo, en el siguiente video se muestran los 9 secretos de la felicidad, vale la pena analizarlos:
  • “la felicidad yace en la realización del espíritu a través del cuerpo” Cyril Connolly
Reflexión:
La felicidad solo puede venir del espíritu, a veces se cree que son las condiciones externas son las que producen la felicidad, pero es el equilibrio entre creencias y deseos lo que produce la felicidad. Andrew Corentt ha venido a dar un nuevo enfoque a la concepción de la espiritualidad en su libro YO SOY FELIZ, YO SOY RICO, porque ha sepultado el mito que las riquezas materiales son un obstáculo para el crecimiento espiritual, más bien en este libro se resalta como los triunfos personales son un medio para usar la voluntad y entender que se puede ejercer el control de la propia vida. Esta información esclarece muchos conceptos y abre las puertas a experimentar una gran libertad, donde ya nunca más volverá el miedo y se podrá ser completamente feliz.
  • “He encontrado la paradoja de que si amo hasta que duela, ya no hay dolor, sino solo más amor” Madre Teresa de Calcuta
Reflexión:
El amor imperfecto es condicionado, por eso cuando una persona da mucho, está esperando recibir en similar proporción, si eso no sucede, quizás se sienta algún dolor emocional, porque no hay correspondencia. Pero cuando se rebasa los límites del dolor, se llega al amor perfecto, a la propia esencia de la vida, en ese caso ya no existe el dolor, sino que la alegría de dar lo más que se pueda.
  • “La vida es una sola, así que vamos a sacar ese niño que llevamos por dentro y ser felices” Anónimo
Reflexión:
Cuando se comienza a vivir con libertad, sin complejos de ningún tipo y disfrutando cada instante, es como si hubiera un retroceso en el tiempo y se volviera a ser niño, donde no hay preocupaciones y reina una enorme imaginación para vivir los sueños. Cuando dejas volar tu creatividad, las mejores experiencias llegarán a tu vida, esto lo puedes comprobar con los audios para una MÁGICA VISUALIZACIÓN, donde frecuencias de sonidos especiales te llevarán a tu mente profunda y cuando piensas que eres completamente feliz y que has cumplido todos tus sueños y te aferras a esas ideas, entonces la manifestación de los milagros ocurirá en tu vida. Usa estos audios como estrategia infalible para ser feliz.
Frases adicionales de felicidad:
  • “La felicidad es interior, no exterior; por lo tanto, no depende de lo que tenemos, sino de lo que somos” Henry Van Dike
  • “Los hombres olvidan siempre que la felicidad humana es una disposición de la mente y no una condición de las circunstancias” John Locke
  • “La felicidad que se vive deriva del amor que se da” Isabel Allende
  • “La verdadera felicidad consiste en hacer el bien” Aristóteles
  • “La felicidad es un artículo maravilloso: cuanto más se da, más le queda a uno” Blaise Pascal
  • “Casi todas las personas son tan felices como deciden serlo” Abraham Lincoln
  • “Si tu felicidad depende de lo que hagan los demás, supongo que estarás en aprietos” Richard Bach
  • “Solo el que es feliz, puede repartir felicidad” Paulo Coelho
submitted by aniballayoto to DesarrolloPersonal [link] [comments]


Como encontrar o amor para um relacionamento sério! Tenha ... HIPNOSE PARA ATRAIR O AMOR - YouTube Como Encontrar um Amor Verdadeiro _ Parte 1 - YouTube Mantra para atrair o verdadeiro amor. - YouTube MANTRA PODEROSO PARA ATRAER EL AMOR - MANTRA FOR LOVE ... FAÇA este HO'OPONOPONO para atrair o VERDADEIRO AMOR Afirmação para Encontrar o Amor - SOLTEIROS, VIÚVOS ... Mantra para atrair o verdadeiro amor. - YouTube MANTRA PODEROSO PARA ATRAER EL AMOR. MANTRA FOR LOVE - YouTube Poderoso Mantra Para Atrair o Amor - YouTube

5 dicas para encontrar o amor online - Blog dos Encontros ...

  1. Como encontrar o amor para um relacionamento sério! Tenha ...
  2. HIPNOSE PARA ATRAIR O AMOR - YouTube
  3. Como Encontrar um Amor Verdadeiro _ Parte 1 - YouTube
  4. Mantra para atrair o verdadeiro amor. - YouTube
  5. MANTRA PODEROSO PARA ATRAER EL AMOR - MANTRA FOR LOVE ...
  6. FAÇA este HO'OPONOPONO para atrair o VERDADEIRO AMOR
  7. Afirmação para Encontrar o Amor - SOLTEIROS, VIÚVOS ...
  8. Mantra para atrair o verdadeiro amor. - YouTube
  9. MANTRA PODEROSO PARA ATRAER EL AMOR. MANTRA FOR LOVE - YouTube
  10. Poderoso Mantra Para Atrair o Amor - YouTube

Encontrar um verdadeiro amor não é assim tão complicado, porque a verdade é que não é você que o encontra, é ele quem encontra você. Para saber mais sobre co... Olá! Nesse vídeo eu falo como você pode aprender a se amar e como você pode atrair ou manifestar o verdadeiro amor na sua vida através da prática poderosa do Ho'oponopono. Os mantras são equações matemáticas muito específicas para o corpo energético ao redor do ser humano. Cada letra sânscrito corresponde a um número e quando v... Jaya Radha Madhava Jaya Kuñja Bihari Jaya Gopi Jana Vallabha Jaya Giri Vara Dhari El mantra para atraer amor.Escuchar y repetir 21 dia Pronunciando este mant... Hipnose para atrair o amor, desenvolver um relacionamento ideal.COLOQUE SEUS FONES E APROVEITE. QUER PARTICIPAR DE NOSSO GRUPO DA LEI DA ATRAÇÃO NO WHATSAPP?... Uma simpatia bem simples para atrair o amor. Para meditar você deve procurar um local silencioso, arejado e limpo. Depois você precisa ficar em uma posição c... Este mantra atrai o amor verdadeiro e sublime. Cantar e meditar nele limpa sua aura , melhora sua saúde espiritual e emocional, Ajuda encontrar o amor verdad... Jai Radha Madhav, Jai Kunj Bihari Jai Gopi Jan Vallabh, Jai Girivaradhari Yashoda Nandan, Brij Jan Ranjan Jamuna Teer Ban Chari Murli Manohar Karuna Sagar Ma... (Comentários ofensivos e correntes serão EXCLUÍDOS) Email para CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS: [email protected] Se você está livre e desempedido faça essa podero... Quer arrumar um namorado! Quer conhecer alguém especial! Quer ter um relacionamento sério! Aqui está uma ótima ajuda pra quem cansou de ficar sozinho e quer ...